Fábio Monken: “Alerta ligado!”

Salve, Salve Nação Mais Linda do Mundo!

Ontem vencemos. Como eu disse um pouco antes da partida, nas expectativas dos colunistas deste site, clássico não se joga, ganha! Dois times grandes. Maracanã lotado. Jogo quente. Seria um resultado normal, se não fossem as circunstâncias acerca da partida.

Primeiro a diferença de investimentos entre Fla e Flu, latente, abissal, monstruosa! Segundo a disparidade na qualidade dos elencos e em terceiro lugar o Fluminense com o time praticamente reserva.

Algumas ponderações devem ser salientadas como a urgência urgentíssima da contratação de laterais. Nosso time é extremamente vulnerável, pois as laterais são inúteis. Temos que subir o sarrafo, senão os títulos não virão. E mais, não podemos dar o mole que demos ao abrir dois gols de vantagem. Como diriam os antigos: fez três a zero? Acabou o jogo, pô!

Analisando os laterias que possuímos, chegamos à conclusão de que eles estão no limite de suas atuações. Explico: como eles são (na minha humilde opinião) de medianos pra ruins, jogam sempre nos seus máximos rendimentos e quando atuam na sua média, como foi o caso de ambos ontem à tarde, ficamos totalmente sem ação e suscetíveis às falhas de ambos nos dois gols que levamos dos flores.

Isso deve cessar! Aliás, essa lacuna já deveria ter sido preenchida. Em relação ao time, vejo alguma evolução apesar do pragmatismo do Abel. Confesso que não gosto dele como treinador, pois o acho retrógrado, defensivo e totalmente aquém, taticamente falando, mas ressalto que continuo torcendo a favor do Flamengo sempre, apesar de discordar dos nomes ou de escalações de alguns jogadores.

Inclusive quero deixar aqui registrado o meu total repúdio a quem não o faz e torce contra o Fla simplesmente por não gostar de A ou B. Isso é inadmissível! Dito isso, devemos ligar o alerta. Abrimos três gols de vantagem, como deveria ser sempre em relação a qualquer equipe carioca, haja vista a nossa superioridade técnica e quase levamos o empate.

Isso aconteceu porque relaxamos, já após o segundo gol. Lembrem-se que o terceiro tento foi um presente da defesa tricolor. Esse relaxamento não pode voltar a acontecer.

Devemos entrar e sair do jogo cem por cento ligados. Confesso que os gols tricolores podem ser atribuídos às falhas de ambos os laterais, mas também acho que poderiam ter sido evitados se essa cobertura a eles tivesse sido feita a contento. A ausência do Cuellar no jogo, devido à convocação pela data FIFA, que faz esse trabalho com excelência, foi bastante sentida por mim e pelo time como um todo.

Outra melhora que percebi foi na consistência da finalização, onde foram necessários menos arremates para matar o jogo e marcar os gols. Ponto para a equipe e comissão técnica.

De resto, é aguardar o desenrolar dos dias e esperar mais um embate com o time do pó-de-arroz pela semifinal da Taça Rio. Devemos ir pra cima dos caras e amassá-los novamente. É isso o que deve ser feito. Ponto pacífico. Simples assim.

Vou deixar registrada mais uma vez minha indignação com a diretoria: atenção Marcos Braz!!! Precisamos de laterais!!! Laterais, no plural mesmo! Enquanto não tivermos dois jogadores titulares absolutos e confiáveis, vamos continuar no quase! Ah, e vê se traz um treinador decente pro Mengão! Pense fora da caixa! Tem muita gente boa no mercado e os conceitos do futebol modernos já deveriam ter sido implantados no Mais Querido há muito tempo! Acorda, maluco! E tenho dito! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!!!

Saudações Rubro Negras a todos!

 

Fabio Monken

Follow @fabio_monken

Sugestões? Críticas? Elogios?

Deixe seu comentário e faça-o com educação e respeito.

O Debate SEMPRE é salutar, mas a ignorância e a falta de educação são os combustíveis dos fracassados!

8 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com