Defensoria Geral fala sobre indenizações a serem pagas pelo Flamengo: “Valores serão debatidos a partir de amanhã”

Por: Higor Neves e Venê Casagrande

O Flamengo se movimenta para resolver as questões relacionadas ao incêndio no Ninho do Urubu, que ocasionou a morte de dez atletas da base do clube. Nesta segunda (11), representantes do clube foram ao Ministério Público para reunião e, após o encontro, alguns envolvidos concederam entrevista. Rodrigo Pacheco, representante da Defensoria Pública do Estado, falou sobre as indenizações que serão pagas pelo Rubro-Negro.

– Não foi debatido isso (sobre vistorias anteriores). Até porque a Defensoria Pública não cumpre o papel de órgão de fiscalização. Esse tema, para fins de indenização, é irrelevante. Porque a responsabilidade do Flamengo independe de culpa. O Flamengo, por acolher aqueles atletas, tem o dever de guarda.

Em seguida, quando questionado sobre a forma de pagamento das indenizações, Rodrigo afirmou que os detalhes ainda não estão definidos. Entretanto, o representante também deixou claro que tais questões passarão a ser discutidas nesta terça-feira (12).

– Isso vai ser debatido no Flamengo, mas a indenização, nos acordos que nós fizemos, elas são pagas em pouquíssimo tempo. As tratativas para os valores, que têm cláusula de sigilo, começam amanhã e podem abranger uma indenização com um montante inicial, acompanhada com uma pensão, até por causa da idade das vítimas. Todos os detalhes vão ser debatidos a partir de amanhã.

0 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com