Jerônimo Jr: “Flamengo, o ‘Malvadão’ do mercado”

Confesso que sempre esperei por esse momento, depois de 6 anos o Flamengo  enfim mostrar ao mercado que todo esse tempo de austeridade traria ao futebol brasileiro um novo “Malvadão”. Você rubro-negro também deve estar se divertindo com essa artilharia pesada na busca por reforços que o Flamengo imprime nessa janela.

Ainda é possível ver “jornalistas” que parecem ter ficado longe das notícias esportivas e econômicas nesses anos, levantando suspeitas acerca do poder econômico de um clube que vem sendo premiado constantemente por sua transparência, ou por um irresponsável  desconhecimento, ou simplesmente por mal-caratismo. Enquanto os olhares e bancadas ficam perplexos com perguntas vazias e rasas sobre a origem do dinheiro do Flamengo e a seriedade da gestão, nós respiramos aliviados com a iminente contratação de nomes de acordo com a altura do Flamengo.

Outros tem a  desfaçatez de falar em união, falta de companheirismo e até de falta de senso do Flamengo ao tentar tirar os melhores jogadores de um rival. A realidade é que nunca uma frase fez tanto sentido. Já dizia o ex-presidente do Atlético: “Se o Flamengo se organizar, acabou o futebol brasileiro!”

Acho que esse momento está chegando. Ainda não confirmamos nenhum dos nomes fortemente especulados, mas parecem questão de tempo, e o estrago indubitavelmente está feito. O Flamengo “causou” nesse início  de ano.

A questão é que todo esse momento faz parte de um ciclo virtuoso, e que as conquistas impediram desse ciclo se fortalecer na gestão anterior: dinheiro –> craques –> títulos –> dinheiro… E aí se justifica o temor dos outros times,  que muitas vezes resistem vender seus jogadores com medo de estar alimentando um monstro. E de fato estão! Mas é importante lembrar que para se tornar o Malvadão, antes tivemos que sofrer com doses cavalares de apostas e nomes que não estavam à altura do que é Flamengo.

Assim aconteceu na Alemanha, na Itália,  na Espanha… os times com maiores poderes financeiros foram fortalecendo à medida que iam enfraquecendo seus rivais. Óbvio que a disparidade financeira e técnica aqui é muito menor, mas não impede do Flamengo tirar de um concorrente o seu melhor jogador.

O estrago tende a aumentar. Ao se confirmarem esses nomes, o desespero vai tomar conta e será normal assistirmos debates sobre Fair play financeiro, sobre necessidade de contratação de determinados jogadores, sobre finanças do Flamengo, quanto custa um gol de fulano por mês… Já o Flamengo só tem que manter essa mentalidade agressiva e transformar os anseios em contratações de impacto, e trabalhar para que elas tragam os títulos. Assim o ciclo gira e o suicídio coletivo na imprensa esportiva acontece.

A partir daí, o choro vai aumentar… E o status de Malvadão será mais do que justo, afinal o mercado é para quem tem bala na agulha, e finalmente, depois de anos chorando as oportunidades de mercado, nós temos! Os tempos mudaram…

SRN!

Jerônimo Simeão Júnior

Comente no Twitter usando a #ColunaDoJJConcorda ou Discorda? Comente, cornete e se gostar: Divulgue! Ah! e se quiser saber mais sobre o Mengão segue lá no Twitter @JeronimoSJunior! É Mengão 24 horas por dia!

8 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com