Jerônimo Jr.: “11 jogos, 3 cenários e 1 final”

FOTO: REPRODUÇÃO

Dorival tem pela frente 11 jogos que podem fazê-lo ir aos céus, ou condenar todo um elenco ao “inferno”. Na teoria, o Flamengo está na briga, mas será que na prática alguém acredita que o Flamengo possa surpreender e faturar o tão sonhado hepta? Existem alguns cenários possíveis, mas você arriscaria dizer qual é o que estaremos vivendo em dezembro?


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Não é segredo para ninguém que o Flamengo hoje é o time mais arame liso do campeonato, aquele que cerca, cerca, cerca, mas não fura ninguém, mas será que existe alguma coisa que desconhecemos e que pode nos dar alguma sobrevida na luta pelo título?

Baseado na tabela, eu, que não tenho nenhuma bola de cristal, mas estou aqui — como você —, tentando decifrar o que o Flamengo vai fazer nesses próximos 11 embates, tentei imaginar alguns cenários possíveis, para eu já me preparar para o meu mês de dezembro.

A sequência é essa:

Pensei em 3 cenários possíveis para essa sequência:

Otimista: Flamengo crava 6 vitórias e 4 empates, chega aos 71 pontos e briga pelo título brasileiro até a última rodada, onde enfrenta o Atlético Paranaense com 70 mil pessoas presentes no Maracanã para empurrar o time rumo ao hepta. Com a força de São Judas Tadeu, a benção do Galinho Zico e com um gol de Paquetá, o Maraca explode e comemora o título Brasileiro. Dorival é aclamado pela torcida, Bandeira manda uma banana para os “falsos rubro-negros” e diz que ano que vem vai buscar o Bi mundial! No meio da euforia, Lomba diz que vai trazer um jogador de renome mundial para o ano que vem e pede o apoio dos sócios para manter o trabalho que ele julga como vitorioso. Landim já anuncia que Renato Gaúcho será o técnico para 2019, se vencer as eleições, e que Dorival fica para compor a comissão técnica. Enquanto isso, o Rio passa a ter apenas 3 representantes no Brasileiro do ano que vem, já que mais uma vez vamos ter um “rival” na série B.

Provável: Campanha regular, com 4 vitórias e 5 empates, classificação para a Pré-Libertadores. Dorival Celebra a vaga, parabeniza o time pela superação. É provável que ainda vejamos Bandeira comemorando em campo o sexto lugar, que garante alguns bônus financeiros para a direção do futebol. Jogadores dão entrevistas dizendo que o time lutou e que merecia uma melhor sorte, e que o trabalho continua com a certeza de que ano que vem será o tão sonhado ano mágico. A torcida fica na expectativa do resultado das eleições para que possa sonhar com algo melhor para o ano que vem, enquanto isso a briga de egos entre as chapas vai fazendo o torcedor torcer para 2018 acabar logo. Nem o rebaixamento dos outros times é motivo para nenhum tipo de manifestação de alegria para o torcedor do Flamengo.

Pessimista: Com 2 vitórias e 5 empates, resta torcer contra os adversários para se manter no G6. A classificação até pode vir, mas depende de muitos tropeços dos adversários. O cenário é de reformulação total do elenco ao final do campeonato, a média de público despenca, e mais um ano a frustração toma conta da torcida. Bandeira parabeniza a equipe pela entrega, ataca a CBF pelas arbitragens e diz que entregou tudo o que prometeu, fala do Centro de Treinamento, das finanças e frisa que agora o Flamengo briga nas cabeças. O contrato de Dorival termina, o treinador para o ano que vem é uma incógnita. Lomba já aceita a derrota nas urnas. O torcedor do Flamengo tem apenas o rebaixamento de um rival para poder zoar no dia seguinte.

E aí? Em qual desses cenários você apostaria? Vai na fé ou na razão?

Vote aqui:

SRN!

Jerônimo Simeão Júnior

Comente no Twitter usando a #ColunaDoJJConcorda ou Discorda? Comente, cornete e se gostar: Divulgue! Ah! e se quiser saber mais sobre o Mengão segue lá no Twitter @JeronimoSJunior! É Mengão 24 horas por dia!

4 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular