Bandeira sobre permanência de Paquetá até o fim do ano: “Diziam que era impossível”

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Enquanto uns, principalmente da torcida, lamentam a saída de Lucas Paquetá do Flamengo. Em dado momento da entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (17) pela diretoria rubro-negra, Eduardo Bandeira de Mello, presidente do clube, preferiu enxergar o lado positivo. Ele lembrou do esforço feito para permanência do atleta até o fim da temporada e lembrou da tentativa de renovação contratual.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


— Vocês (jornalistas) diziam que era impossível segurar o Paquetá. Tivemos a parceria do jogador e do seu agente. O objetivo sempre foi prorrogar o contrato, mas não deu. Dar um aumento substancial e aumentar a multa. Temos que entender que o jogador tem um sonho de jogar na Europa. Ele não quis. Não quis abrir mão de ser protagonista em uma transação milionária no futebol mundial —, contou.

Os valores da negociação não foram revelados por questões acordadas com o próprio Milan, destino de Paquetá. Porém, como pôde apurar a equipe de reportagem do Coluna do Flamengo, a equipe rossonera irá desembolsar cerca de 35 milhões de euros pelo atletas, com cerca de 25 milhões de euros indo para os cofres do Fla, que detém 70% dos direitos federativos do jogador.

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular