Flamengo aciona Paolo Guerrero na justiça

Paolo Guerrero, agora  jogador do Internacional de Porto Alegre, parece ainda não ter se desligado totalmente do Flamengo. O time da Gávea entrou com uma ação contra o atacante pelo tempo que ele esteve fora do clube suspenso pela Fifa por doping quando defendia a Seleção Peruana. Entenda: O Fla alega que o camisa 9 deve ao clube o valor referente as luvas e que caso ele não cumpra esse tempo, seis meses no caso, terá que devolver a importância em dinheiro. O Rubro-Negro pagou R$ 16 milhões em luvas por três anos de contrato, a alegação da diretoria do Mengão é que só recebeu serviços do jogador por dois anos e meio. Ou seja, teria de ser devolvido o valor de um sexto das luvas, pouco mais de R$ 2,5 milhões.

Guerrero é agenciado pela empresa OTB Sports, a mesma que gerencia a carreira de Zeca e Gustavo Scarpa — jogadores que tiveram problemas com os seus ex-clubes. A lei no qual Paulo Vinicius citou é de 2011 e ainda não foi usada. Com isso, o Urubu pensa em utilizá-la para prolongar o vínculo do peruano e tê-lo até dezembro de 2018.


Compre capinhas oficiais do Mengão para teu celular! São diversos modelos diferentes para todos os gostos. Basta clicar aqui para ser redirecionado


Vale  lembrar que Paolo chegou ao Mais Querido após uma longa e desgastante negociação de renovação com o Corinthians, clube no qual era ídolo. Em seu primeiro ano de Fla, participou de 18 jogos e fizera quatro gols. Em 2016, jogou 43 vezes e balançou as redes em 18 oportunidades.

Agora, em 2017, temporada no qual foi pego em doping pelas eliminatórias da Copa do Mundo, foram 44 partidas e 20 tentos assinalados. Neste ano, sete jogos e uma bola na rede. Ao todo, foram 112 cotejos disputados e 43 gols marcados, com média aproximada de 0,3 gol por pelejas disputadas.

20 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular