Flamengo bate o São Paulo e é tetracampeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior

Na grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, contra o São Paulo, o Flamengo iniciou a partida com alguns desfalques como Vitor Gabriel e Ramon, ambos suspensos. A equipe titular foi escalada pelo técnico Maurício Souza: Yago Darub; Bernardo, Dantas, Patrick e Pablo; Theo, Hugo Moura e Pepê; Bill, Lucas Silva e Wendel.

O Mais Querido começou avassalador! Após cruzamento de Lucas Silva, o Fla ganhou escanteio e Pepê foi cobrar. Aos 2 minutos do primeiro tempo, uma belíssima cobrança morreu na cabeça de Wendel, que subiu mais alto que a defesa são-paulina e empurrou para o fundo das redes! O jogador, que vinha sendo contestado durante o torneio, mostrou sua habilidade no cabeceio e o Fla abriu o placar logo cedo no Pacaembu.

O Flamengo, que só saiu atrás do placar uma vez na Copinha, contra a Portuguesa-SP, novamente começou na frente. Contudo, o São Paulo não se abalou. Muita pressão da equipe tricolor. Aos 5 minutos, Liziero bateu falta com capricho e tirou tinta da trave. Logo depois, aos 8 minutos, Toró aproveitou a sobra na área e assustou os corações rubro-negros. Uma excelente batida tirando o goleiro Yago Darub da jogada, mas caprichosamente batendo na trave esquerda e saindo para linha de fundo. Quase o gol do time paulista.

Antes da parada técnica, aos 25 do primeiro tempo, o jogo ficou num ritmo mais cadenciado. Apesar das equipes estarem com muita disposição, nenhuma grande chance foi criada como nos 10 primeiros minutos. Flamengo jogando bem fechado e o São Paulo pressionando.

O tricolor encontrou maior facilidade para atacar pelo lado direito. Muita pressão do SPFC, Helinho deu trabalho para a torcida rubro-negra. No contra ataque, o Fla foi rápido, mas pouco efetivo. Quem trabalhou a bola melhor e tentou criar jogadas durante todo o primeiro tempo, foi a equipe paulista.

O jogo recomeça no segundo tempo sem mudanças na equipe rubro-negra. O que também não mudou foi o protagonismo do São Paulo. Logo aos 2 minutos levaram muito perigo com Rodrigo subindo sozinho na área e cabeceando muito perto do gol. Um calor imenso incendeia a partida junto com duas torcidas inflamadas.

Enquanto a equipe do Mais Querido não cria grandes chances na frente, a dupla de zaga Patrick e Matheus Dantas foi muito pressionada. Ambos muito bem na partida, ganharam praticamente todos os lances. Aos 15 minutos, mais pressão. Toró faz boa jogada, cruza na área, Dantas desvia e Yago fica com ela.

O técnico Maurício Souza, aos 17 do segundo tempo, tenta mexer na partida com algumas substituições. Entram Michael e Luiz Henrique, saem Pablo e Wendel. Jogo perde em qualidade técnica. Muita correria, desespero do São Paulo para empatar, desespero do Flamengo para defender.

Aos 28, novas alterações no Fla. Saem Bernardo e Pepê, entram Aderlan e Patrick Valverde. Os novos jogadores não tiveram tempo nem de participar, quando aos 29, em excelente jogada do tricolor pela esquerda, a bola é alçada na área, Gabriel cabeceia e Yago opera um milagre para salvar o Mais Querido.

Parada técnica aos 30 minutos não esfria a partida. No retorno, o clube paulista segue pressionando forte. Ótima jogada de Anthony pela direita até ser derrubado por Theo. Amarelo para o jogador do Fla. Na cobrança da falta Gabriel isola. Aos 39, última mudança de Maurício, sai Bill entra Yuri.

O goleiro do Rubro-Negro segue operando milagres! Aos 42 minutos, Rodrigo cabeceia firme, Yago se estica muito e joga para escanteio. O árbitro assinalou oito minutos e o jogo parecia que não ia acabar nunca. Aos 52, nova oportunidade do SPFC, Liziero cabeceia e bola passa muito perto do gol do Fla.

Após muita pressão e excelente atuação do sistemo defensivo rubro-negro, o juiz apita o final da partida e o Flamengo é tetracampeão da Copinha! Quatro finais, quatro títulos – 1990, 2011, 2016, 2018. Vamos MENGÃO! #ABaseVemForte

Local: estádio do Pacaembu (São Paulo)
Data: 25 de janeiro de 2018
Horário: 10h00 (de Brasília)
Árbitro: Lucas Canetto Bellotte
Assistentes: Paulo de Souza Amaral e Enderson Emanoel Turbiani da Silva
Cartão amarelo: Theo, Pepê, Hugo Moura, Yago (Flamengo)
Cartão vermelho: não houve

GolFlamengo: Wendel, aos 2 minutos do primeiro tempo;

Público pagante: 30.794
Renda: R$ 829.760,00

FLAMENGO: Yago Darub; Bernardo (Aderlan), Dantas, Patrick e Pablo (Michael); Theo, Hugo Moura e Pepê (Patrick Valverde); Bill (Yuri), Lucas Silva e Wendel (Luiz Henrique).
Técnico: Maurício Souza

SÃO PAULO: Júnior; Tuta, Walace, Rodrigo e Bruno Dip (Gabriel Novaes); Luan, Liziero e Gabriel Sara (Fabinho); Igor, Toró (Oliveira) e Helinho(Antony)
Técnico: André Jardine

106 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com