Nixon chora ao relembrar grave lesão e comemora sequência: “Um milagre”

Titular do América-MG nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro, o atacante Nixon está animado com a sequência de jogos que vem tendo depois de se recuperar de uma grave lesão no joelho. Em entrevista ao programa Bem, Amigos nesta segunda-feira à noite, logo após a vitória sobre o Internacional por 1 a 0, o atleta de 24 anos se emocionou e chorou ao relembrar da contusão e do período de quase um ano e meio que ficou longe dos gramados.

– Eu fico até emocionado, porque dias atrás eu estava com os meus pais, relatando os momentos difíceis que passei, a cirurgia. Tive uma volta muito difícil, passei por muitas outras coisas emocionais, mas tive o apoio da minha família, de amigos, da minha noiva. Logo na minha volta, tive a oportunidade de ir em dois jogos pelo Flamengo. Sempre serei grato ao clube que me deu a oportunidade para que eu pudesse voltar bem. Hoje sei que a minha volta é um milagre de Deus. Sou muito grato a todas as pessoas que me incentivaram, também ao presidente do América, ao professor Enderson (Moreira), todos no América me receberam muito bem – disse o atacante, que não conseguiu segurar as lágrimas.

Nixon América-MG Bem, Amigos (Foto: Reprodução SporTV)
O atacante Nixon chorou durante o Bem, Amigos (Foto: Reprodução SporTV)
Nixon passou por cirurgia em julho de 2015 após romper o tendão patelar do joelho esquerdo durante treinamento no Flamengo. Quatro meses antes disso, ele já tinha sido operado por problema congênito na mesma região. Ele voltou a treinar no clube carioca no fim de janeiro para fevereiro de 2016 e chegou a ser relacionado para duas partidas, em maio e junho, mas não entrou em campo.

Em julho deste ano, Nixon foi emprestado ao América-MG, em contrato que vai até dezembro. Ele estreou pela equipe mineira no dia 28 de julho, na vitória sobre Fortaleza, por 4 a 1, pela Copa do Brasil. A última partida oficial que tinha disputado foi no dia 22 de fevereiro de 2015. Depois da estreia, entrou em campo mais quatro vezes, contra Cruzeiro, Ponte Preta, Figueirense e Inter, as três últimas como titular.

Nixon ainda não balançou as redes pelo América-MG, mas tem ganhado a confiança do técnico Enderson Moreira. Apesar da situação delicada do time no Brasileirão, último colocado com apenas 18 pontos, a vitória deste segunda sobre o Internacional, no Independência, deixou o jogador confiante. O primeiro time fora da zona do rebaixamento, o Vitória, tem 11 pontos a mais do que os mineiros.

– Enquanto der para fazer ponto a gente vai acreditar. Algumas rodadas atrás a gente estava com oito pontos, hoje fomos a 18 pontos. Sabemos que é uma diferença grande para o primeiro time fora da zona de rebaixamento, mas estamos acreditando. Temos que trabalhar o máximo para sair dessa situação. Enquanto houver chances vamos dar o nosso melhor para tirar o América dessa situação – afirmou.

Fonte: Sportv

5 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com