Pedro Sampaio: “Nomes ideais? Veja sugestões de contratações para o Flamengo em 2019”

É inegável que o Flamengo conta com bons jogadores em seu plantel. No entanto, isso não quer dizer que o “Mais Querido” dispõe de um elenco equilibrado. Para que, na temporada 2019, tenhamos um desempenho mais confiável, há certas lacunas que precisam ser preenchidas. Sim, eu sei que, no futebol brasileiro, é muito raro apontar casos de um time que teve grande êxito na construção de seu elenco. Em sua grande maioria, mesmos os clubes que se sagram campeões do Brasileirão demonstram fraquezas em determinados setores. No entanto, já passou da hora da gestão do futebol rubro-negro alcançar o nível de qualidade que os demais setores do clube apresentaram nos últimos anos. Para tanto, um dos principais pontos é repensarmos a formação do nosso elenco. Nesta coluna, vamos abordar cada um dos setores e opinar sobre o que eu acredito que precisa ser alterado para o próximo ano.

Goleiros

É provável que esta seja a posição com a qual o Flamengo menos precisa se preocupar. Além de termos um goleiro sólido, confiável e com liderança, como o Diego Alves, César é um goleiro de com nível adequado para ocupar a vaga de reserva imediato. Além disso, também contamos com duas das maiores promessas nacionais para a posição: Gabriel Batista, 20 anos, e Hugo Souza, 19 anos. Salvo algum acontecimento imprevisível, não devemos ter com o que nos preocuparmos nesta posição nos próximos anos.

Zagueiros

Eu reformularia parte da nossa zaga. Juan, após belos serviços prestados ao futebol, está se aposentando. Réver, na minha opinião, também deveria ser liberado. Não acredito mais nele. Muito lento, seus melhores anos já passaram e agora vive apenas da sua capacidade ofensiva – é um excelente cabeceador. Logo, deveríamos ir atrás de dois zagueiros para completar o nosso elenco. Um nome indiscutível que chegue e assuma a vaga de titular e outro apenas para compor o elenco.

Sugestão:

Miranda (Inter de Milão).

Término do contrato: 30/06/19.

Valor de mercado: 8M euros.

Laterais

Precisamos de dois laterais titulares. Simples assim. No futebol atual, o principal atributo do lateral é a marcação.  E, por isso, para a esquerda, eu manteria o Renê como reserva e não o Trauco. Na direita, confesso que não sei o que fazer. Seria um sonho trazer dois laterais para disputar esta vaga. No entanto, como o orçamento é limitado e temos que saber onde investir, teríamos que ficar com o Pará ou com o Rodinei. Como os dois têm mais ou menos o mesmo nível, creio que se deve optar por aquele que traga menos custos para a folha do clube.

Sugestão (esquerda):

Samir (Udinese)

Término do contrato: 30/06/2021.

Valor de mercado: 5,5M euros.

Sugestão (direita):

Facundo Sánchez (Estudiantes)

Término do contrato: 30/06/2020.

Valor de mercado: 2,5M euros.

Meio-campo

Temos bons valores nesse setor, porém, em algumas posições, não temos peças para suprir a ausência de nossos titulares. Dos nossos volantes, apenas Cuéllar e Piris da Motta devem ter futuro no time. A dupla Rômulo e Arão já está fazendo hora extra no clube e precisa ser negociada o quanto antes, abrindo espaço na folha salarial para novos jogadores. É importante trazer um jogador que consiga atuar como “segundo-volante/meia” para que, quando Paquetá ou Diego não estiverem aptos a jogar, não tenhamos que deslocar o E. Ribeiro para o centro, tendo que, obrigatoriamente, alterar a nossa forma de jogar.

Sugestão 1:

Patrick (Internacional – empréstimo)

Término do contrato: 31/12/2019.

Valor de mercado: 3M euros.

Sugestão 2:

Enzo Pérez (River Plate)

Término do contrato: 30/06/2020.

Valor de mercado: 2,5M euros.

Ataque

Com o fim do contrato de empréstimo de Marlos Moreno e Geuvânio (amém!), ficaremos apenas com Vitinho, Berrío e M. Sávio para jogar de ponta. Éverton Ribeiro é muito mais um meia aberto pela direita do que um atacante de lado de campo. Por isso, precisaremos contratar um jogador que saiba atuar pelas beiradas ofensivas. Para centro-avante, eu tentaria, ao máximo, negociar o Henrique Dourado e trazer outro jogador para disputar a posição com o Uribe, que ainda está em fase de adaptação ao futebol brasileiro, e com a jovem promessa Lincoln.

Sugestão (ponta):

Bruno Henrique (Santos)

Término do contrato: 31/01/2021.

Valor de mercado: 4M euros.

Sugestão (centro-avante):

Jonas (Benfica)

Término do contrato: 30/06/2019.

Valor de mercado: 5M euros.

Observação: todas as sugestões foram pensadas dentro da realidade do Flamengo. As informações de cada jogador sugerido foram retiradas do site Transfermarkt.

SRN,

Pedro Sampaio

Siga Pedro Sampaio, colunista do site e comentarista do canal TV Coluna do Flamengo, no twitter:

@pedro10sampaio

19 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular