Por manutenção no poder, aliados de Bandeira temem que Fla não conquiste título de expressão

O ano de 2018 é eleitoral para o Flamengo, e as chapas já começaram a se movimentar em prol da eleição para presidente. E de acordo com reportagem da ESPN, um dos maiores temores dos aliados da atual gestão, que é comandada por Eduardo Bandeira de Mello, é de que o clube não conquiste um título de peso na temporada.

Apesar de ter reduzido a dívida e conquistado avanços significativos em relação ao patamar do clube, a diretoria atual, claramente, deixou a desejar no que diz respeito a conquista de troféus de expressão. Afinal, desde que assumiram (em 2013), apenas um campeonato de proporção nacional foi conquistado: a Copa do Brasil de 2013.

Vale destacar que o jejum de títulos foi justamente um dos pontos mais destacados no lançamento oficial da Chapa Verde, que é a oposição ao grupo de Bandeira. Marcio Braga, ex-presidente do clube da Gávea, chegou a dizer que apoiava Rodolfo Landim porque “está cansado de perder” [CONFIRA DECLARAÇÃO].

Para mandar embora a fama de “pé frio”, Bandeira ainda tem três oportunidades vivas na temporada: Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. Atualmente, o Fla está na segunda colocação da competição por pontos corridos e é considerado um dos principais candidatos ao título. No mata-mata nacional, está na fase de quartas de finais e precisa vencer o Grêmio no Maracanã para se classificar às semis. Na competição sul-americana, o cenário é bem mais complicado: após perder por 2 a 0 para o Cruzeiro jogando no Maracanã, o Rubro-Negro precisa reverter o placar no Mineirão para seguir na disputa do torneio.

10 Comentários
Carregando comentários...