Jerônimo Jr: Diego Alves, o mito!

2017… O Flamengo sofre com seus goleiros, Muralha e Thiago não transmitem confiança quando exigidos, cenário de incerteza, insegurança, preocupação por parte da torcida rubro-negra… o telefone toca. Rodrigo Caetano atende, do outro lado da linha: Só um dos melhores goleiros brasileiros em ação na atualidade. Começa aí uma nova história no gol do Flamengo, começa aí a história de Diego Alves no Flamengo.

57 jogos depois e com um ano de casa, o goleiro mostra que foi um tiro certeiro. Combinando todas as características de um excelente goleiro com a personalidade e a liderança de um grande capitão, Diego Alves mostra a cada dia que era realmente a peça que faltava no quebra-cabeças rubro-negro.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Ano passado já escrevi sobre ele (Clique aqui), falando sobre a fase que vinha vivendo e sua importância desde que tinha assumido a posição de goleiro do Flamengo. Quase um ano depois, o que vemos é a consolidação de um nome, que fez de tudo para estar aqui e começa a ganhar status de ídolo da torcida Rubro-negra.

Diego Alves tem a cara do que o torcedor rubro-negro pede em campo, é experiente, habilidoso, malandro e um líder nato. Não gosta de perder e não se vangloria pelos seus feitos, antes prefere exaltar o trabalho em grupo e o resultado da equipe. É o tipo do cara que carrega no sangue as características do DNA rubro-negro.

Depois de Bruno, é o goleiro que não teve questionamentos sobre sua capacidade, que não sentiu o peso da camisa, que assusta os adversários. É aquele que diz que vai pegar o pênalti e pega, é aquele que grita, que motiva, que briga, que vibra.

Não obstante ter se esforçado para vir jogar aqui tendo um vasto mercado na Europa, Diego parece ter estudado bem a cartilha de como se tornar um ídolo da torcida rubro-negra, e cada dia que passa parece ser mais unânime entre os torcedores rubro-negros.

É a partir dele que parte a esperança de títulos, já que um grande time começa por um grande goleiro, e depois de muito tempo, nós podemos dizer que temos um. Sua presença na equipe do Flamengo é imprescindível, hoje é o capitão natural do time, sem braçadeira, mas com liderança clara e comprovada.

Que fique mais anos e anos aqui, escreva o seu nome na história rubro-negra com títulos e mais títulos, mostrando que é o símbolo de uma nova era do Flamengo, o símbolo de uma era vencedora.

Vida longa Diego Alves!

SRN!

Jerônimo Simeão Júnior

Comente no Twitter usando a #ColunaDoJJConcorda ou Discorda? Comente, cornete e se gostar: Divulgue! Ah! e se quiser saber mais sobre o Mengão segue lá no Twitter @JeronimoSJunior! É Mengão 24 horas por dia!

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular