Flamengo doutrinador

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Que jogo, meus amigos! Que partida memorável e digna de ovação em pé! Dois times muito qualificados, dois ataques sensacionais. Dois gols, um pra cada lado. Seria uma injustiça tremenda se não tivéssemos, pelo menos, arrancado um empate com o Grêmio em Porto Alegre na noite de ontem.

O Flamengo foi doutrinador no segundo tempo! Simples assim. Amassamos o Grêmio em seu campo defensivo na segunda etapa. Mesmo que nossa pressão não tenha sido traduzida em chances de gol, devido às más escolhas de jogadas e excelente atuação defensiva do tricolor gaúcho, podemos sair com a sensação de que esse time nos reserva muitas coisas boas.

O primeiro tempo começou com o adversário pressionando nossa saída, exercendo marcação alta e mostrando muita disposição nos primeiros quinze minutos. O jogo equilibrou-se com os ajustes realizados pelo Barbieri à beira do gramado no desenrolar da partida.

Sofremos o gol aos trinta e sete da primeira etapa. Foi como um golpe no queixo. Dali em diante, nos perdemos no restante da primeira etapa. Mesmo que nosso time tenha tido bons momentos, o Grêmio foi ligeiramente superior nos primeiros quarenta e cinco minutos, foi como enxerguei a primeira metade da contenda.

Aí o monstro acordou, cortaram as amarras do Godzilla rubro-negro! Quando o Flamengo voltou para a segunda etapa, dominou completamente a equipe adversária, os caras simplesmente não chutaram ao gol de Diego Alves, zero finalizações, isso mesmo: zero! O Mengão sodomizou os gaúchos e relegou-os ao campo defensivo. Raramente cruzaram a linha média.

Literalmente encurralamos os caras! Doutrinamos, passamos o carro. Mas, no final das contas, mesmo exercendo domínio absoluto, pecamos na criação. Faltaram triangulações, jogadas de infiltração, mais um pouco de aproximação das linhas. Também erramos demasiadamente no último passe, como tem sido a tônica deste time. Agregado a isso, torna-se urgente a contratação de dois laterais, de preferência incontestáveis. Seríamos utopicamente imbatíveis.

Cada vez mais acertado e consciente de suas obrigações, nosso time tem se mostrado muito qualificado. Gostei das entrevistas do Barbieri tanto antes como depois do jogo. Muita lucidez e visão da partida, muito embasamento técnico e noção de espaços, de ações a serem realizadas no decorrer dos jogos. Destaco, principalmente, sua afirmação de querer brigar nas três frentes. Isso é excelente, nos mostra que mesmo com pouco tempo no clube já tem a noção do que representa dirigir o mais clube de futebol do planeta.

Em suma, o resultado foi bom, não digo excelente, mas podemos ficar orgulhosamente satisfeitos com a forma de nossa equipe atuar na partida. Esse elenco está encorpando, isso é fato. Todo jogador que entra sabe qual o papel a desempenhar tanto defensiva quanto ofensivamente. Esse é o Flamengo que gostaríamos de ver há muito tempo.

Ontem o Mais Querido deu uma demonstração de força cuja qual já pedíamos há algum tempo. Saímos com a cabeça erguida pela forma de atuarmos durante os noventa minutos e poderemos ter a certeza absoluta de que os frutos já estão no pé, em processo de maturação, e teremos uma colheita farta e abundante num futuro bem próximo, disso podemos estar certos. Rumo às vitórias e títulos, nossos sorrisos de hoje tornar-se-ão gargalhadas amanhã! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!
 Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular