Fabio Monken: “Dos males o menor, mas devemos adotar outra estratégia”

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Salve, Salve Nação Mais Linda do Mundo!

Isso mesmo, vocês leram o título com correção: dos males, o menor. Digo isso baseado apenas na vitória do jogo de ontem à noite. Traduzindo: ganhamos, mas não levamos. Simples assim.

E não nos classificamos por alguns motivos muito óbvios e que são já observados por nós (inclusive criticados) há algum tempo, mas parece que o “centro de inteligência” e os apontamentos estatísticos do Flamengo não conseguem detectá-los.

Ontem claramente fomos neutralizados pelo Cruzeiro no Mineirão. Taticamente fomos inferiores e deixamos de fazer o que deveríamos ter feito, como fizemos contra o Grêmio há duas semanas atrás, amassá-los até conseguir a classificação.

Parecia que o time azul era o Flamengo: marcação alta e agressividade para a retomada da bola. Eles nos entregavam a posse de bola e nos fechavam os espaços, mesmo porque são sabedores (apenas o Flamengo não é) de que nossos laterais são inócuos e não oferecem perigo algum.

Há algum tempo nós, meros torcedores, já sabemos dessa carência em nosso elenco e na mesma proporção não observamos o clube se mexer para corrigir esse problema. Na contramão da razoabilidade, o contrato do Rodinei foi renovado até o final de 2022, como anunciado (leia aqui) em 17 de julho.

Com essa frugalidade técnica de nossos laterais o esquema escolhido pelo Barbieri fica absolutamente comprometido, pois a condição técnica mínima necessária para realizarmos as triangulações necessárias mostram-se praticamente inexistentes.

Jogar contra nós, atualmente, é bastante fácil: é só nos entregar a bola e fazer marcação forte. Tática extremamente simplória para anular um clube com tamanho investimento na montagem deste elenco tão milionário quanto desequilibrado.

Barbieri deveria tentar algumas variações táticas de fato para minimizar essas deficiências e tentar compensá-las de outra forma, mas não é o que temos identificado. Indo de encontro à plausabilidade, nosso treinador insiste num esquema com três meias em que nossos laterais são patéticos.

A previsibilidade ofensiva do Flamengo é anulada com alguma eficiência bastando apenas uma marcação mais cerrada. Outro ponto fundamental é nossa incapacidade defensiva nos contragolpes, onde Cuéllar está ficando extremamente sobrecarregado. Falta apoio dos meias e dos atacantes.

Nosso deslocamento de área a área não acontece a contento e nossas linhas são espaçadas em demasia. Ontem pudemos observar um Cruzeiro soltíssimo quando tinha a posse de bola. Nossa marcação é frouxa, espaçada e oferece espaço suficiente para que soframos, ao menos, um ou dois gols por jogo. Noite passada não tomamos gol porque Deus não quis, foram várias chances desperdiçadas pelo adversário.

Isso já deveria ter acabado, mas está demorando demais! Devemos ter consciência de que podemos ir um pouco mais além nos campeonatos neste final de temporada, mas devemos ter a certeza de que necessitamos de reforço em nossas laterais e que contratemos pelo menos um zagueiro de qualidade para o próximo ano.

Além disso tudo, devemos contratar um técnico a altura do elenco. Barbieri não tem estofo suficiente para lidar com situações adversas e tem se mostrado um péssimo leitor da tática implantada pelos adversários. Ele demora demais para reagir e mudar o time. O jogo contra o Atlético-PR foi o exemplo perfeito dessa máxima.

Mais uma coisa necessária: livrarmo-nos sumariamente dos perebas do elenco, isso deveria ser o ponto de partida. Fazendo assim nosso futuro ainda será mais lindo do que o presente que tão lindo é. Flamengo, Flamengo, tua glória é lutar! Flamengo, Flamengo, campeão de terra e mar! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!
 Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular