Comentarista rebate declaração de Réver sobre Guerrero: “Que tristeza é essa?”

O contrato de Paolo Guerrero com o Flamengo terminou nesta sexta-feira (10). A diretoria rubro-negra desejava a renovação, porém a alta pedida do peruano acabou travando as negociações. Em coletiva, o zagueiro Réver revelou a tristeza de seu companheiro com a saída do Mais Querido. Para o jornalista Bruno Vicari, o sentimento do camisa 9 acaba não fazendo sentido, uma vez que o próprio não aceitou os termos para permanecer no plantel.

Durante o programa ‘Bate Bola Debate’, da ESPN, o repórter mostrou insatisfação com a situação de Paolo. Segundo ele, o atacante não demonstrou tristeza quando fez exigências ao clube da Gávea, sobretudo quando ainda negociava a sua permanência na equipe.

Ele pode estar triste, mas na hora de negociar ele não mostrou tristeza nenhuma. Na hora de pedir salário retroativo, na hora de dar entrevista na Argentina falando que vai pra lá caso fizessem proposta, ele não demonstra tristeza. Só tem tristeza agora. Que tristeza é essa? Porque na hora de falar com os dirigentes não existia –, ressaltou.

Nos últimos dias, o centroavante era dado como certo no Internacional, de Porto Alegre. No entanto, o seu futuro parace ainda estar incerto. Tudo isso porque aparentemente, segundo o portal Uol, alguns clubes podem estar atravessando a negociação dos gaúchos. O principal time envolvido seria um clube árabe, ainda sem nome divulgado.

No Mengão, Paolo Guerrero entrou em campo 112 vezes e balançou as redes adversárias em 43 oportunidades, com média aproximada de 0,3 gol por jogos disputados. Com apenas seis partidas no Campeonato Brasileiro, o atacante pode se transferir para qualquer clube do Brasil.

8 Comentários
Carregando comentários...