Prontos para a guerra

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Ontem pegamos mais uma galinha morta e fizemos nosso dever de casa. Ganhamos com autoridade da equipe do Sport no Maraca lotado (a Nação é linda demais!) e considero esta uma das últimas partidas menos complicadas neste competitivo campeonato brasileiro.

O São Paulo está na nossa cola, o Internacional, o Grêmio e o Atlético Mineiro correm por fora, mas não podemos deixar de lado o Corinthians sempre consistente, mesmo perdendo peças. O campeonato vai se desenhando, separando o joio do trigo e as equipes mais qualificadas vão avançando, continuando a perseguição ao Mais Querido.

Agora, meus amigos, o buraco é mais embaixo! Esse mês de agosto definirá o que realmente iremos almejar; precipuamente denotará o que alcançaremos nesta reta final das três competições que estamos disputando.

Será imensamente difícil sermos competitivos nas três frentes. Percebam, não disse impossível, mas as coisas tendem a ser complicadas se decidirmos tentar ir além e disputarmos os três títulos. Não que eu ache que tenhamos de abdicar a alguma competição, longe disso, mas se quisermos ir adiante em todas, teremos que revezar demais os jogadores. O CEP terá papel preponderante nessa empreitada.

Acredito piamente que a qualificação do elenco mostrar-se-á preponderante para conquistarmos nossas aspirações. Isso pode e deve ser feito. A chegada do Vitinho é extremamente benéfica para encorpar o elenco, agregada à evolução de Marlos Moreno creio que podemos dar como resolvido o problema do ataque do Flamengo, pois teremos opções suficientes para um rodízio qualificado.

Ainda faltam peças no meio de campo, como um substituto à altura de Cuéllar, mais um zagueiro forte e, principalmente, dois laterais. Isso mesmo, não precisamos de um, mas de dois laterais e para serem titulares. Acredito ser esse o calcanhar de aquiles desse elenco.

Fazendo dessa forma, teríamos um time utopicamente forte e competitivo ao extremo. Assim, poderíamos brigar, conforme desejo de toda a Nação, literalmente, por todas as competições disputadas.

Antes disso, temos que saber usar o elenco como ele se apresenta no momento e temo que não tenhamos força suficiente para sermos competitivos nas três frentes. Pegaremos adversários fortes nos mata-matas: Cruzeiro e Grêmio, aí poderemos saber como lidaremos com as situações a partir do que acontecer ao longo dos jogos.

Mas é assim mesmo que devemos proceder, lidando caso a caso, um jogo de cada vez. Tenham em mente uma certeza: todas as partidas serão como finais, devemos nos doar e entregar todo e qualquer futebol possível para avançarmos e tenho certeza, a mais absoluta de todas, de que nossos atletas estão imbuídos nessa premissa.

Fazendo assim, entrando com força total em todos os jogos a partir de agora sairemos desse mês de agosto satisfeitos. O resultado das partidas ou alguma eliminação será o que menos importará, preponderantemente a satisfação da Nação será aferida pela postura apresentada pela equipe, e estou certo de que não faltará garra e determinação.

Quanto a isso, estou tranquilo. Este time tem sede de vitória, algo que eu já não observava no time do Flamengo há alguns anos. Essa sede vem sendo semeada especificamente por um nome: Diego Alves. Nosso arqueiro tem DNA vencedor, espírito guerreiro e coração de campeão. Isso contagia, inflama os demais atletas, faz mudar o patamar de qualquer equipe.

E esse patamar mudou, da água pro vinho. Sinto que agora temos um time física, técnica e mentalmente forte para encararmos qualquer adversário frente a frente com muito respeito, mas sem temeridades e sabedores de que, se jogarmos forte e mais inteligentemente do que eles, poderemos sair vencedores de qualquer disputa. Estamos prontos para a guerra, mais do que nunca! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!
 Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

0 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular