Fla se solidariza por time de futebol preso em caverna da Tailândia: “Grandes vitórias também acontecem fora do campo”

Os últimos 18 dias foram angustiantes para todos, mas, principalmente, para os 12 garotos e o treinador que ficaram presos em uma caverna no complexo de Tham Luang, na Tailândia. Após este período, todos os integrantes do time de futebol ‘Javali Selvagens‘ foram resgatados com vida e estão seguros em hospitais do país. Por meio de suas redes sociais, o Flamengo se solidarizou pelo time amador.

Grandes vitórias também acontecem fora do campo. E essa dos Javalis Selvagens foi a maior de todas. Toda nossa solidariedade e força para a equipe, familiares e o povo tailandês por momentos tão difíceis. #CRF“, colocou o perfil oficial do clube. Veja na imagem abaixo:

A HISTÓRIA:
O time de futebol amador explorava a caverna em 23 de junho quando foi surpreendido por uma forte chuva que inundou o local, impedindo-o de sair. Em 2 de julho, o grupo foi encontrado por mergulhadores britânicos, famintos e amontoados na escuridão em um banco de lama em uma câmara parcialmente inundada a vários quilômetros da entrada do complexo.

Desde então, cerca de mil pessoas, entre tailandeses e estrangeiros, boa parte voluntariamente, trabalharam na tentativa de resgatá-los. Foram 13 dias de estudos e mapeamento do local até o início dos resgates. Os últimos quatro meninos e o técnico foram retirados nesta terça-feira (10).

3 Comentários
Carregando comentários...