Diretor do Cruzeiro revela acordo para parcelamento de dívida com o Flamengo

Sem espaço no elenco rubro-negro, o argentino Federico Mancuello foi repassado para o Cruzeiro de forma definitiva em janeiro deste ano. O time mineiro se dispôs a pagar US$ 1,8 milhão de dólares (quase R$ 6 milhões na época) por 60% dos direitos econômicos do jogador, mas só depositou R$1,2 mihão e teve que renegociar a dívida. Marcelo Djian, diretor de futebol do clube celeste, revelou que pagou a parcela atrasada e acordou o parcelamento do restante:

Existe um caminho. Já foi feito um acordo, existe uma repactuação. Eu não sei de que maneira foi feito, só sei que nosso departamento financeiro entrou em contato com o Flamengo, o Flamengo aceitou um parcelamento. Até agradecemos eles por isso. Foi acertado entre os dois clubes. Uma parcela, que acredito que estava atrasada, já foi paga.

O Mais Querido chegou a acionar a Câmara Nacional de Resolução de Disputas, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para cobrar as dívidas do Cruzeiro pela aquisição de Mancuello, mas retirou a ação por conta do negócio. Pelo Rubro-Negro, Mancuello atuou em 66 pelejas e marcou 10 gols. Agora, pela raposa, jogou 24 partidas e balançou as redes adversárias em duas oportunidades. O jogador custou cerca de R$ 12 milhões aos cofres do Urubu, quando contratado do Independiente.

Flamengo e Cruzeiro irão voltar a se enfrentar em agosto, em duas partidas decisivas. Os confrontos serão pelas oitavas de final da Copa Conmebol Libertadores, nos dias 8 e 29 do próximo mês. A primeira será no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, enquanto que a segunda será no Mineirão.

9 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular