Rueda revela motivo de ter trocado Flamengo por seleção chilena

O Flamengo iniciou a temporada de 2018 com uma incerteza muito grande sobre quem seria o treinador da equipe. Tudo porque haviam rumores, desde dezembro de 2017, de que Reinaldo Rueda, então treinador rubro-negro, estaria acertado com a seleção chilena. No entanto, o comandante afirmava aos dirigentes do Mais Querido de que não estava fechado. Porém, Rueda comunicou o seu desligamento do Mengo no dia 8 de janeiro.

Reinaldo concedeu entrevista nesta quinta-feira (14), em Moscou, e falou sobre a sua saída do Fla. De acordo com o colombiano, foi difícil tomar a decisão, mas o projeto de quatro anos que a Federação do Chile o apresentou fora determinante, pois como é ano de eleição na Gávea, sua continuidade era incerta.

Foi muito difícil. De todas as formas, a oferta de um projeto de quatro anos me fez pensar muito. Não tanto pela parte econômica, mas o projeto esportivo. Saber que no Flamengo sempre é altíssima exigência, o Flamengo tem eleições neste ano. Certas situações me fizeram pensar num projeto mais estável.

Ao ser questionado se a violência que impera no Rio de Janeiro tivera peso em sua decisão, o ex-treinador do clube carioca disse que sim. Aliás, ele ainda lamentou o ocorrido na finalíssima da Copa Sul-Americana, quando torcedores tentaram invadir o Estádio Jornalista Mário Filho, havendo roubos, agressões e muita confusão no entorno da Praça Esportiva.

Sim. Com certeza sim. Foi uma pena tudo isso, para a sociedade, para o mundo do futebol. Nós estávamos no vestiário e não sabíamos tudo o que aconteceu lá fora. Depois, quando os programas de televisão mostraram, vimos toda a violência, a insegurança… É uma pena, porque ninguém merece, nem o Flamengo, nem o Independiente, ninguém.

Reinaldo revelou também que uma criança de dez anos, filho de um amigo pessoal, fora agredido no olho quando estava adentrando à Cancha. Ato, inclusive, que o fez pensar bastante sobre a sua permanência à frente do time.

Sim, me fez pensar bastante. É uma pena que isso aconteça na América Latina e no Brasil. O temor existe sempre, o filho de um amigo meu, de 10 anos, brasileiro, sofreu um golpe no olho na entrada do estádio (no Maracanã).

Por fim, Rueda foi perguntado se mantém contato com alguém do Rubro-Negro e a resposta foi positiva. Segundo o técnico, apesar do tempo curto em que comandou o Mais Querido, os laços construídos foram verdadeiros e fizeram com que ele aprendesse bastante com os atletas.

Sim, sim, naturalmente. Foi um tempo curto, mas que gerou laços de amizade. Há um grupo de jogadores muito profissionais, que me fizeram aprender muito.

O Chile tivera que desembolsar o valor da multa rescisória prevista no contrato do colombiano, que era cerca de 400 mil dólares  — aproximadamente R$ 1,3 milhão. Reinaldo Rueda estreou no Mengão no dia 16 de agosto. No total, dirigiu o Time do Povo em 31 partidas, com 13 vitórias, 10 empates e oito derrotas, tendo 52,6% de aproveitamento. Ele fora vice-campeão da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Um fato marcante do comandante é ter transformado Lucas Paquetá em peça importante para o time.

*Aspas retiradas do site Globoesporte.com

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular