Jornal francês revela por que Bordeax desistiu de contratar Trauco

Desde antes do início da Copa do Mundo, o interesse do Flamengo em vender o lateral Miguel Trauco já era conhecido. O empresário do jogador chegou a ter conversas com o Bordeaux, da França, mas o negócio não teve sucesso. E o tradicional jornal L’Équipe garante que o fracasso da transação se deu por conta do valor pedido pelo Rubro-Negro.

De acordo com o veículo, o clube da Gávea teria cobrado R$ 26 milhões para a transferência do peruano. Com isso, o clube francês considerou o custo acima do que poderia ser pago pelo atleta, principalmente pelo fato de que a posição que Trauco atua não é tão valorizada no mercado.

Apesar de não ter obtido sucesso no negócio com o Bordeaux, sabe-se que a permanência do defensor no elenco do Flamengo não é tão simples. O próprio jogador deixou claro que deseja mudar de clube, uma vez que está incomodado com o pouco espaço que tem recebido.

Aos 25 anos de idade, Miguel Trauco tem contrato com o Flamengo até o fim de 2019. O atleta chegou ao Mengão em 2017, para substituir Jorge. O início do jogador no Mais Querido foi animador. Contudo, o rendimento caiu no fim da temporada, deixando a desejar principalmente no quesito defensivo.

Na atual temporada, o peruano passou a ser preterido, uma vez que Renê, seu concorrente por vaga, se tornou peça fundamental do esquema de Mauricio Barbieri. Prova do escanteamento do camisa 13 é o fato de que, durante o ano de 2018, ele participou de apenas cinco partidas, no total de 35 realizadas pelo clube.

8 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular