PVC: “A noite dos rejeitados”

Éverton Ribeiro fez de tudo no Maracanã. Deu chapéu, desarmou, construiu jogadas, marcou o gol da vitória. Da classificação. Depois de oito anos, o Flamengo está de novo nas oitavas-de-final da Libertadores. Foi em 21 de abril de 2010 a última vez em que o Flamengo conquistou a vaga nas oitavas, antes das eliminações de 2012, 2014 e 2017.

Borja fez de tudo no Allianz Parque. Ou melhor, não precisava fazer tudo, porque marcou três vezes. Numa única partida, foi sua primeira vez assim. Para se ter uma ideia da importância de seu feito, ano passado inteiro foram 10 gols. Agora, ele já tem 14, goleador do Palmeiras no ano.

Sim, é claro. Assim com o Atlético Mineiro dirigido por Roger Machado em 2017, o Palmeiras também pode ter confirmado a melhor campanha na fase de grupos para depois ser eliminado no mata-mata. Mas a comparação do Palmeiras com o Palmeiras é mais forte. Ano passado, também com investimento forte, foi apenas a quinta melhor campanha.

Classificar-se para as oitavas-de-final está distante de ser o objetivo definitivo. Mas é preciso entender as etapas. Ninguém será campeão da Libertadores em maio. A eliminação do Flamengo para o Botafogo, as três derrotas para o Corinthians no ano, no caso do Palmeiras… Tudo isso tem peso, exige trabalho para consertar.

Mas não significa que se tenha que destruir tudo.

Nem mandar Borja embora.

Nem abrir mão de Éverton Ribeiro, o melhor em campo no jogo da classificação para as oitavas-de-final.

Quarta-feira, 16/maio/2018
FLAMENGO 1 x 0 EMELEC – 21h45

Local: Maracanã (Rio de Janeiro); Juiz: Diego Haro (Peru); Renda: R$ 2.779.990; Público: 36.754 (40.390); Gols: Éverton Ribeiro 3, Éverton Ribeiro (falta) 47 do 2º; Cartão amarelo: Preciado (33’)
FLAMENGO: 1. Diego Alves (6,5), 2. Rodinei (6), 15. Réver (6), 4. Juan (5,5) (23. Léo Duarte 46 do 1º (6)) e 6. Renê (6,5); 8. Cuellar (8); 7. Éverton Ribeiro (8), 10. Diego (6) (14. Jonas 42 do 2º (sem nota)), 11. Lucas Paquetá (7) e 20. Vinícius Júnior (6,5); 19. Henrique Dourado (6) (17. Marlos Moreno 36 do 2º (sem nota)). Técnico: Maurício Barbiéri
Banco: 12. César, 26. Léo Duarte, 13. Trauco, 14. Jonas, 23. Geuvânio, 17. Marlos Moreno, 29. Lincoln
EMELEC: 12. Dreer (5,5), 14. Juan Carlos Paredes (5,5), 26. Mejía (6), 28. Jordan Jaime (5) e 16. Bagui (5); 11. João Rojas (6) (7. Jefferson Montero 8 do 2º (5,5)), 5. Dixon Arroyo (5,5) (Burbano 44 do 2º (sem nota)), 30. Lastra (6) e 18. Preciado (5); 13. Orejuela (4) e 10. Matamoros (4) (22. Luna 7 do 2º (5)). Técnico: Alfredo Arias

Reprodução: Blog do PVC | Uol Esporte

  • Osvando Altobelli

    FLAMENGO 1 x 0 EMELEC – 21h45 pode corrigir??????????????????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • acmpet@gmail.com

    Quando comentei da derrota do time reserva do Fla para Chape, que eu via até com certa naturalidade devido a falta de entrosamento, enquanto a Chape jogava com seu time titular e que ja joga junto desde a reconstrução, vieram me torrar o saco aqui!! Ontem a Chape bateu e iliminou nada mais que o time titular do Atlético MG. da copa do Brasil.

    • Boris D’Paula

      Chape é time pequeno, mas a galera não entende que eles sabem jogar, Chape é nova mas têm jogadores que dão trabalho.

      • acmpet@gmail.com

        Sim Boris, São todos jogadores rodados, enclusive passagem por times grandes!!

    • Maurício Torres

      E quem ressuscitou a chapé foi o flamengo. Porque esse time da chapecoense é muito, muito ruim.
      E para falar a verdade essa vaga tinha que ser disputada no cara e coroa, pois são dois times horrorosos.

      • acmpet@gmail.com

        É aquele time ruim imprevisível, pois ja havia empatado com o Corinthians la na casa deles é com o Atlético MG. lá também!!

  • Serginho

    Espero ver um rejeitado no banco de reservas.
    Diego Enceradeira. Nossa como ele tem jogado mal ontem levou uma bronca federal do Vinícius Jr. Será que ele agora acorda?

    • Marcelo Santos

      Kkkkkkkk, as vezes me pego rindo de alguns comentários. Pior seria aturar o Geuvanio.

      • Serginho

        Gostou da piada? Pois é cara queria ver essas piadas longe do Flamengo, Arão, Pará, Rômulo, Gêovanio.
        E o Diego ta chegando bem perto dessa barca!

  • – Ryan –

    Agora que teremos uma certa “paz” até a copa, tem que organizar melhor esse time. Depois que o flamengo fez o gol não atacou mais, errou passes demais no meio campo, a carga nervosa dos caras estava lá em cima. Valeu pela classificação, ufa!! Mata Mata é outro campeonato. Agora é machucar o vasco no sábado e manter a liderança.

    • Fernandel Walker

      Companheiro, escreve o que estou dizendo. Se for mal contra o Vasco no sábado, e perder ou empatar com um time que se acostumou a tomar chineladas de 4×0 pra cima, de todo mundo, não vai sobrar um tijolo inteiro na Gávea. Tem que aproveitar o momento e ganhar bem do Vasco, e sacramentar a boa fase. Pode ser de uns 5×0 mesmo, que já está bem razoável… A paz só vem com bons resultados. SRN

  • Alessandro Pussente

    PVC escreveu o texto antes do jogo terminar.

  • kingDavid

    Diego está destoando do time, já está repetitivo. Precisa se re-inventar ou pegar um pouco de banco, e se recondicionar melhor. Talvez a parada da Copa ajude.

    Outro é Juan, não dá mais pra enganar, a idade pesa…

    Fora isso o time está competitivo. Mas tem que chegar outro pivô que saiba fazer gols.

    • Boris D’Paula

      Depois do Imperador, não sei mais quem.

      • Rogerio Vieira

        Que tal o Wagner Love?

        • Fabio

          É um bom atacante, mas não faz função de pivô.

  • ricardo alexander

    O q jogou o Cuellar ontem com certeza garantiu sua vaga entre o 23 da Colômbia pra Copa da Rússia ,Anota aí

    • João Silvester

      Cuellar está caminhando a passos largos para a idolatria no Flamengo.