Flamengo: “Sub-16 empata com a Portuguesa pelo Torneio Guilherme Embry”

A equipe Sub-16 do Flamengo, comandada pelo treinador Ramon Lima, visitou o lendário estádio da Rua Figueira de Melo na manhã desta terça-feira (15). Em partida válida pela segunda rodada do Torneio Guilherme Embry, o Campeonato Estadual da categoria, os Garotos do Ninho tiveram muitas dificuldades para conseguir impor seu toque de bola no péssimo gramado  e empataram com a Portuguesa da Ilha por 1 (5) x1 (3) (Gabriel dos Santos). A vitória por 5×3 nas cobranças de pênaltis deu o ponto de bonificação para o Mais Querido, que agora soma cinco pontos em dois jogos na competição. Na próxima rodada, o Rubro-Negro receberá o Vasco, na Gávea. O clássico está marcado para o dia 23, às 9 horas da manhã.
Aos seis minutos de bola rolando, Peçanha fez grande jogada individual. O camisa 10 partiu para cima da defesa adversária, driblou três marcadores e bateu cruzado. A bola foi na direção de Lázaro, que por centímetros não alcançou para abrir o placar para os Garotos do Ninho. A Lusa Carioca chegou aos 16. Robert bateu forte e Bernardo, bem colocado, espalmou para escanteio. Aos 20 minutos, Jean Carlos escorou para Lázaro. O artilheiro invadiu a área e bateu rasteiro para defesa segura de Lucas Godoy.
O Rubro-Negro quase abriu o placar aos 29 minutos. Lázaro cruzou para Jean Carlos, que cabeceou na entrada da pequena área para grande defesa de Lucas Godoy. Na cobrança de escanteio, Lázaro raspou de cabeça e Hugo não conseguiu o domínio na frente do gol.  Aos 36, Mayquinho cobrou falta para mais uma defesa de Lucas Godoy, que se destacava na partida e foi o maior responsável pelo zero a zero no placar da primeira etapa.
O segundo tempo começou equilibrado, mas a Portuguesa abriu o marcador aos 13 minutos, em cabeçada de Matheus China após cobrança de escanteio. Aos 19, o Mais Querido quase empatou com Mayquinho. Os Garotos do Ninho desperdiçaram excelente chance de empatar o jogo aos 21 minutos. Gabriel dos Santos, que havia acabado de entrar no lugar de Jean Carlos, fez boa jogada e iniciou a triangulação que passou por Samuel antes de Peçanha receber livre dentro da área. A finalização, porém, saiu fraca e nas mãos do goleiro.
No minuto seguinte, Peçanha acertou o calibre e soltou uma bomba de fora da área para mais uma grande defesa de Lucas Godoy. O empate veio aos 32 minutos. Mayquinho cobrou falta com muita qualidade, Gabriel Santos subiu mais alto que a zaga e tocou de cabeça para encobrir o goleiro e deixar tudo igual no placar. A virada quase veio aos 40 minutos. Rykelmo deu lindo passe nas costas da marcação para Marcos Felipe. O lateral direito invadiu a área e tocou na saída do goleiro, mas caprichosamente a bola tirou tinta da trave e passou à esquerda do gol da Portuguesa.
Na disputa das penalidades, o Mais Querido foi perfeito e acertou as cinco cobranças. Bernardo defendeu a batida de Hugo Fernandes, e o Flamengo saiu da Figueira de Melo com o ponto bônus, somando agora cinco pontos na tabela de classificação, após dois jogos.
Flamengo: Bernardo, Marcos Felipe, Vinicius, Hugo, Caio; Rykelmo, Mayquinho, Peçanha; Samuel, Jean Carlos (Gabriel dos Santos) e Lázaro. Treinador: Ramon Lima.
Reprodução: Flamengo