Diego fala sobre alívio da classificação e comenta sobre arbitragem: “Ultimamente tem mais nos prejudicado”

O Flamengo afastou o fantasma da desclassificação na fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores. A vitória sobre o Emelec, do Equador, por 2 a 0, aliviou o elenco, comissão técnica e diretoria, afinal, foram três eliminações seguidas nesta fase da competição internacional: 2012, 2014 e 2017. Quem falou sobre o assunto foi o meio-campista Diego Ribas, na zona mista pós-jogo.

O jogador afirmou que passar de fase era um objetivo, pois a última vez que isso aconteceu fora há oito anos, em 2010. Na visão do meia-atacante, o trabalho tem que ser valorizado e vem sendo feito de forma positiva. Contudo, a equipe deve seguir em frente, tendo em vista que sábado (19) tem o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, e na próxima quarta-feira (23) tem o River Plate, da Argentina, no Monumental de Núñez, para disputar a liderança do torneio eliminatório.

Era um objetivo. Caso eu não esteja enganado, a última classificação foi em 2010. São oito anos. O trabalho vem sendo feito de forma positiva e isso deve ser valorizado. Mas temos muitos objetivos ainda pela frente, esse era um dos… Como eu disse, sábado defendemos a liderança do Campeonato Brasileiro. Quarta-feira, contra o River, vamos brigar pela primeira colocação do grupo. Pouco a pouco os objetivos tem sido alcançados parcialmente. Sem dúvida nenhuma, isso nos dá uma satisfação, uma alegria e motivação para seguir trabalhando —, afirmou o meia.

O camisa 10 ainda foi perguntado sobre a arbitragem do peruano Diego Haro que, além de expulsar o técnico Mauricio Barbieri, discutiu bastante com o atleta durante a partida. Na visão de Ribas, o time tem que estar preparado para encarar os adversários e também os erros da arbitragem, contudo, aproveitou para ponderar que, ultimamente, os erros vêm acontecendo contra o Mais Querido.

Nós temos que estar preparados para os erros de arbitragem. Não sou a melhor pessoa para falar ou ficar contestando o árbitro, até porque eu não acredito que eles ajam de má fé. Mas estão sujeitos a erros, às vezes os erros vão nos prejudicar e às vezes possa ser que nos favoreçam. Ultimamente tem mais nos prejudicados, como vocês têm visto nos jogos. A Libertadores é um exemplo disso. Mas temos que superar todas as dificuldades, senão vamos ficar aqui arrumando desculpas e não vamos progredir. Então em alguns momentos acredito que ele errou, mas temos que superar tanto os adversários, quanto os erros de arbitragem —, finalizou Diego Ribas.

A equipe volta a campo no próximo sábado (19) e terá pela frente o Clássico dos Milhões, contra o Vasco. A partida é válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e terá início às 19h, horário de Brasília. O embate será no Estádio Jornalista Mário Filho e você acompanha a narração e os comentários, ao vivo, na TV Coluna do Flamengo.

  • Paulo Jose

    Erros absolutamente contestaveis contra o
    flamengo.

    • Rodrigo – FlaCuritiba

      Vc quis dizer erros contestáveis (ou seja, talvez não tenham sido erros) ou incontestáveis (erros com certeza)?

  • Cassio De Faria

    Valeu a classificação ontem mais o time do Flamengo joga sem inteligência nenhuma muito desorganizado. Ontem mesmo em um jogo onde poderia se 5 ou 6 passamos sufoco sem nescessnece.

  • Cassio De Faria

    Acho que a efetivação do Barbieri seria um erro hj nao tem tantos nomes a disposição mais eu assim mesmo tentaria um técnico para organizar este time em campo.

    • Pietra Cavalcante

      Talvez um Marcelo Oliveira seria uma boa…