Dever cumprido!

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Ontem presenciamos mais um bom resultado do Mengão no Campeonato Brasileiro 2018. Com o Maraca lotadaço, fizemos nosso dever de casa e amealhamos mais três pontos, continuando a puxar a fila da classificação. Foi como sempre deveria ser.

Jogando em casa e com o apoio da magnética, as vitórias devem ser conquistadas de qualquer maneira, haja o que houver. E é o que tem acontecido. Ainda não estamos apresentando um excelente futebol, mas as vitórias estão vindo. Isso é fundamental e nos dá a tranquilidade necessária para continuarmos trabalhando.

Alguns pontos a serem destacados são: a liderança técnica de Lucas Paquetá, cada vez mais líder do time, a melhora de Éverton Ribeiro e a maior consistência de Vinícius Jr. Afora isso, podemos destacar como ponto negativo a insistência de Barbieri com Geuvânio.

Mesmo após diversas oportunidades, nosso atacante não vem rendendo bem. Muito aquém do que sabemos que pode apresentar, vem destoando do resto da equipe. Não dá sequência às jogadas, parece sem ritmo de jogo e está desligado das partidas, totalmente fora de sintonia com os demais companheiros, uma pena.

Já passou da hora de nosso treinador começar a dar mais oportunidade a outros atletas como Marlos Moreno ou ainda Jean Lucas. Este último tem entrado muito bem nos jogos e vem mostrando uma personalidade de jogador experiente, apesar da pouca idade. De certo, sabemos que nossa base é muito mais forte do que a diretoria pensava. E acho que agora eles estão começando a ter essa consciência.

As coisas estão caminhando bem, o time vem se mostrando mais entrosado e taticamente mais arrumado com o passar dos jogos. Mas devo destacar aqui uma característica fundamental que estava esquecida há tempos neste Flamengo: a vontade de ganhar!

Ontem presenciamos essa vontade. O Mengão encurralou o Internacional desde o início, exercendo marcação alta e impondo seu jogo mais ofensivo, fazendo com que o adversário ficasse completamente acuado e apenas conseguisse sair em contra golpes.

Nossa cobertura melhorou bastante, Cuéllar exerce muito bem o papel de proteção e recomposição defensiva, além disso Paquetá, ER e VJR também estão ajudando demais na recomposição. Está dando gosto de ver!

Um ponto negativo é a nossa defesa, principalmente no jogo de ontem. Estamos dando mole principalmente nas bolas aéreas. Leandro Damião ganhou diversas vezes nas bolas cruzadas em nossa área. Além dele, os zagueiros do Inter também levaram vantagem sobre nossa zaga na maioria das disputas aéreas, obrigando a Diego Alves realizar defesas muito importantes e difíceis.

Aliás, devemos dar muito crédito ao nosso goleiro pelos três pontos conquistados ontem. O cara foi sensacional, fez defesas impossíveis e impediu os atacantes colorados de vazar nossa meta. Nossa zaga é mais um setor que devemos reforçar. Precisamos de um zagueiro mais novo e rápido.

Além disso, precisamos urgentemente de dois laterais titulares. Pra ontem! A lateral esquerda é fraca ofensivamente e ainda apresenta algumas falhas defensivas. Na direita, Rodinei vem jogando um futebol aceitável, mas todos sabemos que ele não possui condição de ser titular da posição.

Um ponto importantíssimo a ser destacado é a raça e a disposição com que o Flamengo vem se apresentando. Ontem a vontade dos jogadores saltou aos olhos. A bola dividida era sempre nossa e estávamos numericamente superiores em quase todas as disputas de bola.

Muito há de ser melhorado, mas essa disposição em ajudar os companheiros, que faltava ultimamente, é o estopim para que a cooperação mútua e o espírito de equipe sobressaiam às vaidades individuais. Esse é o caminho. Se continuarmos a mostrar essa disposição e, principalmente essa proatividade, estaremos pavimentando desde já nosso caminho para alcançarmos o protagonismo tão sonhado num futuro breve.

Mas não nos desesperemos. A liderança do campeonato não pode nos cegar e esconder os erros que sabemos que possuímos. Nossa condição de liderança apenas deve nos dar a tranquilidade necessária para continuarmos nossa evolução esportiva.

A melhora deve ser constante, é um trabalho árduo e diário. Exige disposição, vontade e muito treinamento de repetição. Para buscarmos a excelência esportiva muita coisa ainda deve ser melhorada, mas esse é o caminho que devemos seguir. Para que esse elenco comece a nos dar as alegrias que esperamos há tanto tempo.

Tenho absoluta certeza de que essas alegrias virão, mais cedo ou mais tarde, de um jeito ou de outro. Mas que elas sejam plenas em regozijo e excelência esportiva. Que sejamos protagonistas, condição que nunca deveríamos ter abandonado ao longo de décadas perdidas devido à má gestão.

O temporal está passando, o Urubu começa a subir para voar mais alto do que os outros adversários. Neste céu de brigadeiro que são as finanças ajustadas, a comissão técnica tem a calmaria necessária para afinar a orquestra e executar a sinfonia com perfeição. É chegada a hora. Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!

Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken

Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!

Deixe seus comentários, interaja!

O Debate sempre será salutar!

Pontos de vista divergentes são essenciais à nossa evolução a à formação de nosso caráter.

Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!

A intolerância e a falta de argumentos são combustíveis para o fracasso!

17 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular