Abatido, Guerrero embarca para o Peru

Depois que teve sua pena por doping  ampliada pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), Paolo Guerrero não fez questão de esconder a tristeza e a decepção. Na manhã desta terça-feira (15), o jogador embarcou para o Peru em companhia da namorada. Uma equipe de reportagem da Fox Sports estava no local e conseguiu apenas uma pequena declaração do atleta.

– Nada… Tentando resolver… -, disse Guerrero nitidamente abatido.

O pesadelo do camisa 9 do Flamengo começou no ano passado, quando tomou um chá que continha substância proibida. Paolo estava representando a Seleção Peruana nas eliminatórias da Copa da Rússia.

O jogador tentou todos os meios legais para comprovar sua inocência e chegou a retornar aos gramados quando a pena inicial de seis meses se encerrou. A torcida Rubro-Negra fez uma grande festa e um Maracanã lotado comemorou a volta de Guerrero. O centroavante marcou um gol, contra a Chapecoense, na primeira partida que entrou como titular no Campeonato Brasileiro e se preparava para enfrentar o Emelec pela Libertadores.

Apesar de admitir que o jogador não é usuário da droga, o TAS acusou-o de negligência e ampliou sua pena para 14 meses. Guerrero só poderá voltar a exercer sua profissão em janeiro de 2019. Com a decisão, Paolo pode ter vestido a camisa do Fla pela última vez, já que seu contrato está prestes a acabar.