Barbieri barra medalhões e indica Fla com novo esquema tático

Enquanto não há a contratação de um novo treinador, Mauricio Barbieri, que está como interino, segue trabalhando no sentido de montar o time para a estreia no Campeonato Brasileiro, que se inicia no próximo sábado, às 19h, em Salvador. Na manhã desta quarta-feira (10), Barbieri comandou a equipe e apresentou três mudanças significativas na escalação: dois jogadores considerados medalhões foram barrados e o esquema tático foi alterado.

O técnico tirou Rodinei da escalação e colocou Pará, que teve boa fase no começo do último ano mas caiu de produção ao decorrer dos campeonatos, e barrou o camisa sete, Everton Ribeiro, para a entrada de Willian Arão. Com isso, a escalação foi mudada de 4-5-1, com dois meias de criação e um volante apenas para 4-4-2, com dois homens de proteção.

Dessa maneira, o time que trabalhou nesta terça-feira teve: Diego Alves, Pará, Juan, Réver e René; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Diego e Everton; Henrique Dourado. Durante a atividade Juan foi preservado e Léo Duarte assumiu o time titular. O que chamou atenção na atividade foi a presença de uma mesa tática, levada pelo treinador para explicar para os atletas algumas questões envolvendo posicionamento.

Ainda sobre a questão do novo treinador, o clube já recebeu não de Cuca, de Abel Braga e de Renato Gaúcho. Também sondou sem sucesso Luiz Felipe Scolari. Ao longo da semana podem surgir outras possibilidades, porém, a pressa que parecia existir na semana passada foi reduzida consideravelmente por conta das dificuldades encontradas no mercado. Um nome estrangeiro também está fora de cogitação no momento.

294 Comentários
Carregando comentários...