Sem criatividade

Saudações, galerinha do mal… Aqui quem fala é Nick Marques e “polêmica”.

Quando temos um título tão autoexplicativo, fica até difícil discorrer algo além, falta criatividade, faltam cobranças, o discurso perde o sentido e no fim a meritocracia só ocorre até a página 02.

Acreditamos que teríamos uma mudança nesse panorama quando vimos Carpegiani tentando implementar um novo esquema de jogo, uma nova tática, mas percebemos principalmente no jogo da Libertadores, que faltou criatividade e vontade, de ser Flamengo e manter a postura ofensiva.

Falta criatividade, autenticidade, pra bancar quem pleiteia um lugar ao sol no time do Flamengo, pulso firme pra colocar Klebinho, Ronaldo, pra testar um esquema diferente, sem laterais, talvez com três zagueiros, dando oportunidade para Patrick, Matheus Dantas, Dener.

Arão, Rômulo, saídas fáceis, saídas iguais, Marcio Araújo, Gabriel, qual a diferença dessas escolhas fáceis? Falta de criatividade; adoramos ver o Paquetá em campo, falta a criatividade e a audácia para testar aqueles que vão nos proporcionar ver onze Paquetás dentro de campo.

Hoje falta criatividade, no futuro faltará mais e mais se não mudarmos isso, precisamos mudar isso, o que falta então?

Sigam-me os bons: @RadioETumulto.

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular