Líder em casa e com bom começo na Libertadores, Emelec aguarda o Fla

O Flamengo partiu na tarde da última segunda-feira (12) para Guaiaquil e encara os donos da casa pela segunda rodada da Libertadores da América. Diferente do Fla que viajou com muita pressão na bagagem, o Emelec passa por um excelente momento. Líderes do campeonato local com 100% de aproveitamento o time equatoriano também estreou com empate, 1×1 contra o Independiente de Santa Fé, da Colômbia, mas ao contrário do Mais Querido, para o Emelec o resultado foi bom, porque a partida foi fora de casa.

— Temos uma excelente equipe. Um grupo de 30 jogadores em que todos podem ser titulares. Somos a melhor equipe do Equador, mas precisamos de um título internacional. Vamos em busca dele na Libertadores. Começamos a competição com o pé direito e agora vamos em busca da primeira vitória. Vamos pressionar o Flamengo desde o início e tentaremos sair com os três pontos — disse Quiñónez, meio campo do rival.

O Emelec foi o único time que o Rubro-Negro derrotou fora de casa na edição passada da Libertadores. O histórico privilegia o time da Gávea, são sete jogos e cinco vitórias em cima do próximo adversário. Mas é bom ficar de olho nos atacantes do time, principalmente o prata da casa, Brayan Angulo que já tem gol marcado na competição, é vice-artilheiro do campeonato equatoriano e conhecido pela velocidade. O Flamengo enfrenta o Emelec na próxima quarta-feira (14), às 21h45 (horário de Brasília). O jogo é válido pela segunda rodada da segunda fase da Copa Libertadores da América.

  • Marty Mcfly

    Se formos eliminados na fase de grupos EBM vai “proteger” o Carpegiani

    • Fabio

      Carpegianni começou animando, mas já dá mostras de que não vai muito longe. É difícil acreditar e torcer por essa equipe. O time não é ruim, mas parece que os jogadores jogam muito “confortáveis” em campo. Isso aconteceu desde que foi implantado o estilo de jogo com posse de bola. Confundem o estilo com falta de objetividade. Não sou treinador de futebol, mas acompanho e estudo, posso afirmar: o Barça era ofensivo com um Puyol e Rafa Sanchez pesados na zaga, mas os laterais tem que participar sempre da construção, e os passes em diagonais para facilitar as infiltrações e o “toco y me voy”. A ideia é repetir o estilo de jogo, mas é praticado totalmente equivocado, o que vemos é uma preguiça e toques pro lado, é manter a posse de bola apenas pela posse, sem objetivo nenhum, por isso tem tanta dificuldade de fazer gol.

      • Marty Mcfly

        Temos que agradecer ao Muricy por querer imitar os europeus, até hoje não nos livramos do 4-3-3 dele

      • Ibsen Perdigao

        animar contra bangu, volta redonda, olaria é uma coisa.
        Infelizmente é soh isso que o flamengo vem conseguindo

  • jorge azeredo

    Que bom começo é esse do Emelec, se ele empatou igual aos outros

  • Arthur Nogueira

    Pessimismo da colunista hein? Só porque o Emelec empatou fora de casa já começaram bem? Se o Fla empatar com o Emelec quero ver a mesma colunista dizer que foi um bom resultado….

  • Bruno Mattos

    Irmaos e irmãs rubro negros, venho convidar a vcs a fazerem parte de nossa família flazapp, grupo de whatsapp familiar, com enquetes, curiosidades, resenha esportiva e bolão, ambiente para se descontrair e se atualizar sobre as novidades do Mengão, é um bom bate papo. Através desses número:
    (12) 98168-4800
    (21) 98387-2942
    (21) 98599-3259
    (22) 99836-7207
    (24) 98846-7179
    (95) 99151-0274