Identidade amarelada

Foi lamentável, na reestreia do Júlio César, o Flamengo ter usado esse terceiro uniforme amarelo de gosto bastante duvidoso. Estão começando a forçar a barra, já deu!

O retorno do Júlio César aos gramados, em seu clube de formação e coração, no pré-encerramento de sua carreira, foi notícia em vários países do mundo, e lá estava o Flamengo nas fotos dessas notícias, descaracterizado, fugindo de sua verdadeira identidade.

Veja bem, não sou contra um uniforme alternativo, isso faz bem ao marketing, eu sei… Mas estão empurrando goela abaixo do torcedor em demasiados jogos esse uniforme. Nessa ultima partida, em si, o (anti) marketing do clube foi pagar de diferentão e deu um baita tiro no pé!

Gosto da ideia de um uniforme diferente, sim, mas não precisa jogar à paisana. Apesar de o amarelo e o azul fazerem parte da nossa historia nos primórdios, não precisamos fugir do vermelho e preto da nossa natureza para abusar de vender camisas.

De Cobra-coral à Papagaio-de-vintém, vestiu rubro-negro não tem pra ninguém! Ao invés de camisa azul, amarela, ou Cor-de-Abóbora, a Adidas poderia  criar camisas alternativas com criatividade no layout rubro-negro como já tivemos outrora.

A Nike fez isso muito bem em 2008, por exemplo. Na internet a galera sempre abusa da criatividade criando novos uniformes, por quê não fazer uma votação na internet para eleger? Uma torcida organizada do Flamengo usa uma camisa camuflada rubro-negra bem bacana.

Enfim, o que não pode é o retrato que vai se revelando da torcida do Flamengo moderna. Os pontinhos coloridos espalhados pelas arquibancadas(cada vez mais desfalcadas) deixam a Nação Rubro-Negra meio ‘Arco-Irizada’, até as selfies tão ficando estranhas.

BANDO DE MONGOLÓIDE

Qual a necessidade de vaiar o Arão no banco? Qual a necessidade de gritar Guerrero em detrimento ao Dourado? A torcida do Flamengo não perde a oportunidade de jogar contra, ultimamente.

Não sejam burros, vocês gritam aos quatro ventos que o Carioca é uma pré-temporada, que deveria jogar com sub-15, mas na primeira oportunidade usam a competição para criar inferninho por causa de nada. Como vocês são burros!

O MARAVILHOSO RENÊ DO LUIZ ROBERTO DE MÚCIO

Foi impagável ouvir que ‘O Renê é claramente talentoso, e habilidoso com a bola no pé’ , e que ‘nos treinamentos ele é o rei das embaixadas’. De acordo com o narrador ‘O Renê tinha que subir mais ao ataque, pois só lhe-falta confiança’. De onde o Luiz Roberto tirou isso?

Tá de sacanagem? Sabe de quem tu ta falando?!

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!’

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

25 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular