Flamengo anuncia pacote de reforços para elenco feminino

O futebol feminino do Flamengo recebeu boas notícias na madrugada desta terça-feira: reforços. O Fla anunciou quatro contratações de peso para a temporada de 2018. O clube divulgou primeiramente a contratação da goleira Kemelli Trugilho, depois informou sobre as irmãs gêmeas Andressa e Stefane, zagueira e goleira, respectivamente, e por fim anunciou a lateral-esquerda Raquel Maisa Julião.

A Raquel tem 22 anos, é lateral pelo lado esquerdo, e tem passagens por Francana e Ferroviária. Já a goleira Stefane tem 18 anos, passou por Team Chicago Brasil e Vitória das Tabocas, mesmos clubes de sua irmã Andressa, também de 18 anos. A outra goleira contratada, Kemelli Trugilho, é um ano mais velha que as gêmeas, tem 19 anos, e com passagens por Iranduba e 3B da Amazônia.

Goleira Kemelli Trugilho foi destaque no último Sul Americano sub-20 (Foto: Reprodução/CBF)

Sobre as contratadas, com exceção de Raquel, todas jogaram pela Seleção Brasileira sub-20 no último Sul Americano da categoria e conquistaram o título da competição. Kemmelli foi a goleira titular, enquanto Stefane foi sua reserva imediata.

A primeira competição prevista para as Meninas da Gávea é o Campeonato Brasileiro Série A1, que tem início marcado para o dia 25 de abril. O time do técnico Ricardo Abrantes vem se preparando para os torneios desta temporada, que promete ser ainda mais disputada que a anterior.

Raquel Maisa, lateral esquerda, enfrentando o Flamengo na última temporada
  • Shaka de Viking

    Tirando essa LE que marca mais que o trauco, faltou uma volante e uma atacante pra disputar vaga com Rômulo e Dourado respectivamente.

    • will

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkklkkklkllkkk……. Comentário do Dia!

  • Gladston F. Nogueira

    Podiam mandar umas 3 a 5 para time masculino, com certeza vão jogar mais que muitos rs…

  • Wagner Alves

    Time feminino joga mais que o masculino, e já tem tempo…

  • Acho engraçado, em tudo quanto é esporte, o Flamengo contrata os destaques, os melhores, os mais bem cotados, tipo no Judô, na natação, no basquete e agora no futebol feminino. Só no futebol masculino que o Flamengo contrata os refugos, os cansados, os já em fim de carreira ou os machucados.

    Sorte que os outros esportes não têm um diretor como o Rodrigo Caetano.