Diego vê como importante a cobrança entre jogadores e diz: “Conseguimos superar um obstáculo grande”

Diego Ribas chegou em meados de 2016 com status de craque. Em uma apresentação pomposa com direito a aeroporto lotado, festa da torcida na Gávea e estreia pelo Flamengo marcando gol, aos poucos as coisas foram mudando. Após a lesão no joelho em 2017, em partida válida pela Copa Conmebol Libertadores, o que era prestígio começou a se tornar cobrança. Os torcedores passaram a exigir mais entrega da equipe como um todo, principalmente do seu camisa 10. Em entrevista para o Esporte Interativo (clique aqui para ler na íntegra), Diego afirmou que é importante cobrar o companheiro em campo, desde que não seja de forma extrapolada.

A cobrança sempre existiu, mas nós temos que tomar o cuidado de não extrapolar. Nós precisamos uns dos outros. As cobranças acontecem internamente. No jogo, tem cobranças que a câmera pega, e outras, não. Nesse jogo, existiram discussões, mas estamos aqui para vencer, e o mais importante é o grupo. Um tem que cobrar o outro, e isso é um sinal de respeito. Você falar o que pensa e querer a melhora do seu companheiro é muito importante, é fundamental para uma equipe vencedora. Até nisso nós temos evoluído, porque jogamos juntos e vamos sabendo a hora de cobrar e a hora de falar outra coisa. Isso aconteceu no último jogo, e ganhamos todos com isso -, disse o meia.

O meio-campista ainda falou sobre a vitória sobre o Emelec na última quarta-feira (14), no Equador. Para Diego, além da confiança que aumenta, o time fica mais forte, pois é importante vencer em um grupo tão difícil quanto o do Mais Querido.

Sem dúvidas. Toda vitória passa muita confiança. Ainda mais uma dessas, fora de casa, em um torneio difícil e uma chave muito difícil, que é a que nós estamos. Conseguimos superar um obstáculo grande, o que nos deixa mais fortes -, concluiu o camisa 10 da Gávea.

  • Wagner Alves

    Blá blá blá!

    Só gritam e dão esporro nos garotos, entre os medalhões é tudo rabo preso.

    • Johann Schreiber

      Verdade, até agora só vi esporro no Vizeu e no Paquetá, nunca vi ninguém chamando a atenção do Dourado ou do Everton Ribeiro.

      • Matheus Miranda

        O Diego errou 4 saídas de bola seguidas contra o Botafogo, gerou exatos 4 contraataques e o que o Rever fez quando encostou no Diego? FEZ UM CAFUNÉ NA CABEÇA. VSF!!

        • Vinicius Pasini

          Cara, namoral, vc é ignorante demais. Esquece que os caras tão no local de trabalho com os companheiros da “empresa” vulgo clube de regatas flamengo. Tu quer que toda hora que vc erra vem um amigo do trabalho te dar um murro? Cada um dentro da equipe sabe o momento de cobrar mas tbm tem a hora de apoiar o companheiro pois acredito que ta mais força para o cara. Mas ccmo vc é um torcedor ignorante, não vai entender issoi

    • Matheus Miranda

      Tinha acabado de dizer isso no tt. Entre si, medalhão é só afago. Em jovem, desce o vareio. Paquetá já tava pilhado, achei perfeitamente natural ele retrucar.

    • Ltom Macêdo

      Rodolfo reclamou com o dourado nesse jogo.

  • Marty Mcfly

    Se existisse cobrança o Rodrigo Caetano diria que é Obrigação Vencer, mas ele nunca diz.

    • Eron Silva

      Flamengo tá parecendo time pequeno faz um gol volta todos para retranca, foi a primeira vez em 3 anos que saiu atrás e virou o jogo, será que vai ter que ser sempre assim?

      • Marty Mcfly

        Vencemos, mas isso não quer dizer que existe cobrança.

  • Newton

    O Paqueta eh excelente jogador, mas precisa se esforcar mais no coletivo… se ele tivesse, em duas bolas que chutou bisonhamente, passado o jogo poderia ser mais facil…

  • Vitor Gabriel

    A fala Diego demonstra claramente que ele e o time vem evoluindo e aprendendo. Total razão quando ele fala que precisa ter cobrança em campo, mas não exageradamente. O Rodolfo da esporro em todo mundo, é um líder em campo. Ele chama a responsabilidade quando o jogo não está favorável para o Mengão, e ele é zagueiro. Paquetá mereceu aquela chamada, Dourado também mereceu os gritos de Rodolfo e vejo que todos contra o emelec lutou muito e se cobrou muito. Temos que ser mais efetivos no ataque para que essa vitória seja conquistada com mais facilidade. Precisamos dessa dedicação e inteligencia em todos os jogos.

    • Vinicius Pasini

      Falou tudo. Agora falta a torcida fazer a parte dela. Torcer mais e criticar menos

    • Leonardo Campos

      O time não foi um espetáculo ainda mas fez tudo direitinho. Se o Dourado tivesse tranquilo poderia ser um jogo para 3 gols sem o VJr nem entrar em campo. Se o VJr não resolve a gente perdia um jogo que jogamos os vencer. Tenho fe no Dourado mas já ta devendo.

  • Jonas

    O que me tira um pouco de sono é saber que o Flamengo começa bem e depois não sabe administrar ou jogar com o regulamento debaixo do braço. É Libertadores, faça o resultado em casa e arme um ferrolho fora. Não tente impor sempre o jogo, se fizer o resultado, não tem mais jogo. O Peñarol quase foi campeão recentemente assim, mesmo com um time sofrível em que só o Martinuccio jogava, ganhava em casa de 1 e empatava fora, só não deu pra levar o caneco porque pegou o Santos do Neymar na final. Fica a dica.