Goleiro e técnico do Sport em 87, Emerson Leão retoma polêmica e dispara: “O Flamengo tem direito de chorar”

Mesmo 31 anos depois do encerramento do campeonato, a polêmica sobre o título do Brasileirão de 1987 segue rendendo. Nesta terça-feira (06), o blog JC Onlinedo portal Uol, publicou entrevista com o goleiro e técnico do clube pernambucano naquele ano, Emerson Leão.

Peça chave da equipe na disputa da competição, Leão não poupou palavras para defender a tese de que o título foi conquistado pelo rubro-negro nordestino. O treinador ainda fez questão de alfinetar o Flamengo durante sua afirmação, dizendo que o Mais Querido ‘tem o direito de chorar’.

– Essa questão de justiça é só um reconhecimento do erro deles (Flamengo e Internacional). Eles se achavam superiores ao regulamento, mas acabou provado A mais B que não eram. Foi cumprido o regulamento, o que eles não esperavam. Na época, falaram pra mim que não teria jogo com Flamengo e Inter. Que poderia ir embora pra minha cidade (Recife). E fui. Realmente não teve jogo. Mas o título cou conosco. O Flamengo tem direito de reclamar e chorar. Quem não sabe ler da nisso. Basta ler o regulamento pra saber que foi o campeão.

Atualmente, o Sport é considerado pela CBF como único campeão Brasileiro de 1987, após decisão do Superior Tribunal Federal, em abril de 2017. Entretanto, no meio futebolístico, até mesmo dirigentes rivais creditam a conquista ao Flamengo, uma vez que o clube da Gávea foi o melhor entre os grandes, batendo o Internacional na final da Copa União.

75 Comentários
Carregando comentários...