VP do Fla afirma que clube suspendeu contrato de Guerrero

O doping do atacante Paolo Guerrero causou furor entre os torcedores rubro-negros, tanto por desfalcar o Flamengo em jogos decisivos, quanto pelo tempo de suspensão e pelo quanto o jogador recebe, sendo o salário mais caro do elenco. Neste sábado, em entrevista ao Blog ser Flamengo no youtube, o vice presidente jurídico do clube, Flávio Willeman, abriu o jogo sobre a situação do peruano.

Ao ser questionado sobre o envolvimento jurídico no caso, o VP afirmou que o Fla está inteiramente a par da situação, dizendo também que Guerrero contratou seus advogados e se defendeu muito bem.

– Envolvimento total. Não em relação ao atleta com a FIFA, isso aí é um problema pessoal e o atleta contratou os advogados e se defendeu, acho que se defendeu muito bem. Por tudo que eu acompanhei, o atleta pode ter sido induzido a tomar um chá, que pode ter sido uma contaminação mínima, mas uso de drogas jamais. 

Flávio Willeman, ao ser questionado sobre o contrato, afirmou ainda que o mesmo está suspenso, alegando que o Mais Querido está respaldado pela legislação brasileira. Concluiu ainda dizendo que o atleta recebeu da melhor forma possível a suspensão contratual.

– O Flamengo nada mais fez que cumprir o contrato, cumpri-se o contrato. O contrato está suspenso, está previsto na legislação, está previsto no contrato. Enquanto o contrato está suspenso, ele não recebe do clube e foi muito bem recebido por ele (Guerrero), porque é justo, está no contrato e na legislação.

O atacante e seus advogados acreditam que em fevereiro irão conseguir reduzir para três meses ou até mesmo a anulação da pena. Guerrero recorreu ao CAS (Corte Arbitral do Esporte) e está aguardando o julgamento. Enquanto isso, a equipe rubro-negra se reapresenta neste sábado (13), sem o peruano, e se prepara para o Campeonato Carioca e para a Copa Libertadores.

200 Comentários
Carregando comentários...