Home Colunas A saída dos mitos! Mas, ainda é pouco!

A saída dos mitos! Mas, ainda é pouco!

1813
0
SHARE
'

Salve, salve, Nação! Escrevo hoje à primeira coluna do ano, desejando melhores dias para nós neste 2018. Nada melhor do que começar lendo sobre a saída de dois MITOS (sqn): Márcio Araújo e Victor Hugo.

É inegável que o ex-camisa 8 se tornou um dos símbolos do decepcionante 2017. Deve-se a isso a insistência do ex-treinador Zé Ricardo de em escalá-lo, mesmo com as críticas dos torcedores. A implicância aumentou ainda mais quando Cuéllar entrou e “comeu a bola”.

Não tenho conhecimentos suficientes para analisar o trabalho técnico de um preparador de goleiros. Porém, não dá para achar normal um clube com os investimentos do Mais Querido, passar um ano inteiro com problemas no gol. Chegar ao fim da temporada usando o quarto goleiro, que não atuava à dois anos, é um puro sinal de amadorismo, que o futebol de hoje não permite. As críticas, claro, caem em cima do profissional especializado na área.

De toda forma, acredito na teoria de que quando as críticas começam a atingir o lado pessoal, é necessário uma mudança. A saída da dupla Márcio Araújo e Victor Hugo também os preservam. Agora, podem relaxar e tentar a sorte em outro clube, onde podem ter sucesso.

O anúncio da rescisão do preparador e da ida do volante à Chapecoense não é boa apenas pelo o que citei acima. Mostra que, minimamente, o Departamento de Futebol está trabalhando. Passamos os últimos dias de 2017 reclamando da inércia. Não contratava, mas não fazia a barca. Foi desanimador virar o ano com essa sensação de impotência. Mas, queremos mais. Precisamos negociar outros atletas e contratar peças em posições consideradas carentes. Eu e vários colegas colunistas, assim como membros da imprensa nacional, já destacamos isso. No entanto, precisamos sempre reafirmar a necessidades de novas chegadas para aprimorar o elenco. Na esteira disso, há essa história bizarra do Reinaldo Rueda, que a cada dia, fica mais estranha.

Aliviado de saber que o Departamento de Futebol fez alguma coisa, mas, precisamos de mais, para termos a esperança de um ano melhor que 2017!

Matheus Brum

Gostou? Comente! Não gostou? Comente mais ainda! Mas, por favor, vamos manter o diálogo sem xingamentos ou palavras de baixo calão. O bom diálogo engrandece o homem e nos faz aprender, diariamente!

Comentarios

comentário