Home Colunas Ô Abre Alas, que eu quero passar

Ô Abre Alas, que eu quero passar

1339
22
SHARE

Durante a Copinha, os Garotos do Ninho mostraram o que a torcida tanto quer ver no time: raça e vontade.

Mesmo tendo perdido boa parte da equipe para o elenco profissional e ainda ter que se dividir entre jogos do Carioca e, no dia seguinte, jogos da Copinha, os meninos conseguiram um feito incrível e levaram o título para casa. Ser campeão não é o principal objetivo dessa competição, mas um título ressalta sempre um bom trabalho feito.

O primeiro clássico do ano foi também o primeiro jogo de alguns jogadores titulares ano passado, e com eles também veio a sonolência que tanto vimos em 2017. Ainda é a primeira partida deles na temporada, isso é verdade, em um campeonato que ninguém parece se importar mais, porém, quem melhor se apresentou e mais mostrou serviço dentro de campo? Com certeza os Garotos de Ninho, que estão pedindo a cada dia mais passagem diante dos medalhões que custaram milhões.

Logicamente eles não são a salvação de tudo, nem a imediata, precisam evoluir, ser lapidados e ganhar experiência (não queremos novos Neguebas né?). Mas, o Carioca está aí para isso, tem que servir para alguma coisa afinal de contas. Talvez o maior desafio este ano será não cair na primeira fase da Libertadores, possibilidade que na atual situação do time dentro e fora dele, parece ser bem real.

Muita coisa ainda parece estar obscura dentro do Flamengo. Vamos torcer agora para que muitos desses garotos, que começaram a temporada tão bem, possam dar bons frutos para nosso futuro.

Sigam-me os bons! Twitter: Siga também o FlamengoCast no Twitter: Matheus Gonzaga. SRN!

Comentarios

comentário