Identidade rubro-negra

Os grandes clubes internacionais têm evoluído no sentido de apresentar um padrão de jogo característico da agremiação, uma “identidade”.

Não por acaso, quando se imagina o Barcelona jogando, é esperado do time muita posse de bola, um alto percentual de passes certos e a procura incessante pelo gol.

O Bayern de Munique há um bom tempo, tem apresentado uma equipe com apurado empenho físico, jogadores que usam muito os flancos do campo e um centroavante mortal.

As perspectivas para o futebol já estão determinadas, de modo que a escolha dos treinadores, passa sem dúvida pelo entendimento do que é treinar estas equipes e o que é esperado para o time. Observem que “entra jogador e sai jogador”, mas, a proposta tem sido basicamente a mesma. Inclusive as divisões de base destes clubes adotam ideias semelhantes, assim quando um atleta vai ao profissional, já está aclimatado com a visão geral do treinador.

É logico que nada é completamente engessado, vão ocorrer adaptações associadas às determinações do técnicas e também as características do plantel constituído para a temporada.

No Brasil, quem mais se aproxima de possuir uma identidade é o Corinthians pelo que tem apresentando nos últimos dez anos. É notório um esquema tático com uma defesa bastante sólida, bem protegida pelo meio-campo optam, em geral, por uma marcação já no campo do adversário, atacam muitas vezes em bloco e usam bem os contra-ataques. Assim tem superado inclusive a carência financeira para investir em atletas de alto nível.

Diante do cenário exposto, qual a identidade do Flamengo? Penso que um time aguerrido, que procura manter a posse de bola, pressionar o adversário exaustivamente e muito agressivo no ataque. Essa identidade ficou na década de 80, infelizmente não superou aquela geração, mas, é esse perfil que ficou na memória do torcedor e ele procura a cada temporada.

Acredito que a escolha do Carpegiani foi bastante acertada, temos bons jogadores no elenco e estes carecem de entender o que é jogar no Flamengo. Espero que atletas como Diego, Everton Ribeiro, Arão, Guerrero, dentre outros tenham a cobrança merecida para que possam render o esperado diante da qualidade que possuem.

Seja bem-vindo Carpegiani, SRN!

Maurício Dias

20 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular