Gestão de Bandeira é marcada por trocas constantes de treinadores e Carpegiani pode ser novo exemplo

A gestão de Eduardo Bandeira de Mello vem sendo marcada por trocas constantes nos treinadores do clube. Desde o começo, em 2013, o gerente encontrou uma grande dificuldade de manter o técnico da equipe. Foram quatro nomes apenas naquele ano e, com a saída recente de Rueda e a entrada de Carpegiani, fica evidente que pouca coisa mudou.

Essa última troca no cargo não demonstrou muita firmeza da diretoria. Paulo César Carpegiani foi anunciado logo após a renúncia de Reinaldo Rueda na segunda-feira (08), contudo a rapidez não necessariamente demonstra convicção. Na apresentação do novo comandante, ele deixou claro que estava cogitado ao cargo de coordenador. Além disso, foi dito que Carpegiani não vê problema na diretoria achar um novo nome para ser o treinador do clube para que ele assuma o posto inicialmente planejado.

Essas declarações deixaram a Nação Rubro-Negra confusa sobre o novo técnico da equipe. Alguns torcedores entenderam que ele estava ali apenas para “tampar um buraco” provisoriamente, enquanto a diretoria do Mais Querido não encontra um nome mais convincente.

Um fato é que a gestão de Bandeira apresenta uma grande rotatividade de treinadores, mas nem sempre por desejo do mesmo. Mano Menezes em 2013, Muricy Ramalho em 2016 e Reinaldo Rueda em 2018 são exemplos de treinadores que deixaram o cargo por conta própria.

Porém, a lista de técnicos nesses últimos anos é inegavelmente extensa. Agora, Carpegiani parece estar no mesmo caminho da maioria desses nomes que estiveram no comando. Uma caminhada curta, sem muita projeção e planejamento. Resta ao torcedor aguardar para saber se tudo vai continuar como o esperado ou se o novo treinador será capaz de tirar uma carta das mangas e comandar o Flamengo com êxito.

  • Mais Querido

    E qual é o time brasileiro que não troca de técnicos igual trocam de roupas? Mas falar de Flamengo dá mais visibilidade…

    • Daniel Silva

      são os mesmo que pediram a saida do Zé Ricardo; bando de babaca

      • Mais Querido

        Exatamente Daniel Silva!

      • Maykon Santos

        Então o Zé Ricardo depois da eliminação na libertadores e fracasso perdendo até pro vitoria em casa tinha que ser mantido no cargo de treinador do Flamengo

        • Daniel Silva

          certeza veja o que ele fez com bem menos, no Vasco, o que ocorreu foi uma grande pressão da mídia; contudo eu era a favor de um técnico do nível do Rueda com a saída do Zé; mas não o Rueda;

          • Carlos Bronberg Rodrigues

            _ Pressão da mídia e da TORCIDA!

  • Daniel Silva

    só pode ser um anti mesmo; gestão bandeira oras…. qual é o clube exceto o corithians que têm mantido o treinador por muito tempo, de 2016 a 2018 o palmeiras mudou 6 vezes; o flamengo mudou duas e você vem fazer uma matéria dessas? pois duas mudanças foram por necessidades o Muricy enfermo e o Rueda seleção sem contar, que o Zé foi alvo de uma fervorosa investida de colunistas como você e da torcida que caiu na desgraça de ser marionete, movida pela mídia a torcida pediu a saída do técnico que acabara de ter seu primeiro ano como profissional; deveria ter vergonha na cara ao escrever algo assim, seja lucido, estude os casos antes de falar tanta besteira

    • Ancelio Rodrigues

      Concordo!

  • TH

    Essa não é uma realidade da gestão do Bandeira. Essa é uma realidade do futebol brasileiro. Nos últimos tempos, inclusive, essa rotatividade tem se tornado constante até na Europa. Particularmente acho que qualquer treinador deve ser cobrado a médio ou longo prazo. Infelizmente, é assim que a banda toca.

    • Daniel Silva

      por isso que falo que esses colunistas aqui são pau mandados de algum grupo político, é so ver as oportunidades que ex presidentes têm espaço aqui; pessoas que nunca ajudaram!

      • Nedson Hiller

        Eu tbm acho, tudo eles falam do EBM, pra mim o culpado de tanto fracasso se chama RC.

  • guilherme prates

    vai por na conta do bandeira a saida do muricy q quse morreu e rueda e mano q pediram para sair?? materia de merda!!

  • Nedson Hiller

    Marlos Moreno tá no Rio, porque não recontratam o Negueba então, pra mim esse é o Negueba da colombia. joga nada.

  • Hymerfla

    Famosa materia repetida para encher linguiça! Pelos menos 2 veiculos de grande abrangencia ja escreveram sobre isso recentemente. O que percebo é que muitos desses metidos a jornalistas ou blogueiros que sonham em ser comentaristas, esperam os verdadeiros jornalistalistas escreverem as materias e suas opnioes para plagea-los com outras palavras e “redizer” o que já foi dito e informado! Beira até o ridiculo! E muitas dessas materias nao tem a assinatura de quem fez! No Brasil,trocar de treinador, é mais comum que cagar sentado!

  • Emerson Martins

    Sei não! Um técnico que já entra dizendo que não ver problema em ser substituído, pior ainda é ele saber que mesmo não fazendo um trabalho bem feito como técnico vai estar garantido como coordenador, ou seja, vem merda por ae!

  • Iago Santos

    É só a gestão do bandeira que troca de técnicos, tá serto.
    O cara segurou o Zé Ricardo até onde pode, e o Rueda só saiu porque quis, é muito sem noção essa matéria.

  • Joel S. de Sousa

    Hum rum pois é!!!

  • Jonathan Lamonica

    Matéria um pouco tendenciosa, coisa de oposição! Além dos três técnicos citados, mais três podemos citar: Dorival Jr. (redução de custo) ; Jaime e Zé Ricardo (eram interinos). Num universal de 12 técnicos, quase metade a diretoria não tem culpa, podemos sim cobrar quando falamos de Jorginho, Ney Franco, Vanderlei Luxemburgo, Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira.

  • kingDavid

    O Flamengo se tornou uma fritadeira de técnico. Não a toa, a desculpa dos bandeiretes é que a culpa dos vexames é inteiramente dos técnicos. Interressante que os 3 que pediram para sair (Mano, Murici e Rueda), são técnicos experientes e conhecidos por ficar bastante tempo em seus times. Seria coincidência?

    • Herbert Alisson

      Mano é arregao, abandonou o Fla e fez a msm coisa na 1 passagem pelo Cruzeiro, Muricy tu já sabe que foi por problema de saúde e o Rueda tinha apoio irrestrito da diretoria, pois foi pedido pela torcida, mas com a mãe doente, preferiu o Chile, pois não se classificaram para a copa, e assim ele terá muito tempo vago para estar próximo de sua família.

  • Roberto

    kkkk … qual gestão no futebol brasileiro que mantém técnico?
    Piada essa matéria…

  • Thiago pereira dos santos

    Nao falou nehuma mentira. mas isso nao é so um problema somente da Gestao Bandeira,é um problema de todos os times brasileiros,tirando o Corinthians que aida tem uma politica de segurar mais os seus tecnicos,do resto é a grande realidade do futebol brasileiro!

  • Manhaes01

    Sou extremamente critico a gestão do Boca Mole, mas reclamar de troca de treinador frequente no futebol brasileiro é uma babaquice. Isso é parte da cultura do pais, e não vai mudar, os times grandes apostam muito no inicio dos campeonatos e quando as coisas não vão bem não tem como trocar 20 jogadores e trocam o treinador. Sem contar os casos em que os proprios treinadores trocam de clube atras de mais dinheiro ou visibilidade.

  • Ciro Martins

    Justiça seja feita nos dois últimos anos a diretoria tentou segurar o que pode os treinadores realmente queria um trabalho de longo prazo mas eles abandonaram o barco e o Zé foi mandado por sua teimosia em querer morrer abraçado com Márcio Araújo nessa ai não tinha muito o que fazer e acertou, nem sempre eles são culpados e nem sempre tem errado só por querer.