Everton Ribeiro é o atleta do Fla que mais atuou na última temporada

A última temporada foi uma verdadeira maratona para o Flamengo. Com 83 partidas, mais do que qualquer outra equipe do mundo, o rubro-negro sentiu o desgaste físico. Dentre os atletas que foram prejudicados por este fator, está o meia Everton Ribeiro.

É certo que, pelo Mais Querido, o camisa 7 entrou em campo em apenas 40 oportunidades. Apesar disso, o jogador chegou na metade do ano, logo após ter encerrado a temporada árabe, pelo Al Ahli. Pela equipe anterior, Ribeiro já havia disputado 39 jogos, logo, foram 79 participações em 2017.

Como comparativo, pode se observar o volante Willian Arão, atleta que mais fez partidas pelo Fla: ao todo, foram 67, 12 a menos que Everton Ribeiro. O internauta RockFla foi o responsável por destacar o fato.

Na temporada de 2018, o rubro-negro espera realizar um maior revezamento com seus jogadores, a partir da inserção de mais jovens da base no time principal. A ideia já vem sendo aplicada, como se pôde ver nas duas primeiras partidas do Campeonato Carioca, nas quais os times foram formados, sobretudo, por Garotos do Ninho.

  • Lucas Paquetá

    Caraca… é muito jogo!

    • RONY MORAES

      Sim. E como disse o RC Lima corretamente diga-se de passagem o Everton Ribeiro emendou temporadas sem descanso ou férias….

  • Edson Leal

    Pode ser um dos “reforços” se conseguir mostrar futebol. Espero que as férias e a pré-temporada deem as condições ideais ao Everton Ribeiro.

  • Leonardo Cocentino LeoAmnesia

    Esse fato é mt importante pois pode explicar mt coisa… Principalmente sua queda de rendimento no final da temporada…

    • RcLima

      Exatamente. Fora o fato de ele não ter tido férias, pois ele veio no fim da temporada de lá e já começou a jogar aqui.

  • acmpet@gmail.com

    Estranho!! Até estes dias falavam na mídia quê era o Arão que mais tinha atuado!!

    • Make Flamengo Great Again

      Arão é o que mais atuou pelo Flamengo sim; porém do Everton Ribeiro estão somando os jogos pelo Flamengo e o clube antigo dele.

      • acmpet@gmail.com

        A sim!! Entendi!! Valeu!

  • lucasrf8

    Se o Carpegiani conseguir encaixar e extrair o melhor do Éverton Ribeiro, Paquetá e do Diego, o Flamengo tem boas chances de conquistar títulos esse ano. São três jogadores de alto nível.

    • Victor Ferreira

      Vi o Clássico Boca x River, ontem. É melhor a gente se preocupar, digo logo que o River é favorito aqui e lá.

      O River vem de uma trabalho de mais de 3 anos. O time ta muito bem encaixado.
      Os jogadores dominam o ”ataque posicional”, se posicionam muito bem em campo e se movimentam muito, facilitando a enfiada de bolas entre os zagueiros adversários. Isso somado ao entrosamento do time deles com tabelas, vai nos dar muita dor de cabeça com nossa zaga lenta e laterais burros.

      E nós estamos começando um trabalho. Vamos com humildade na Libertadores, mas com muita garra.

      • Vinícius Quintanilha

        Excelente análise.

        Acrescento mais uma coisa: o trabalho deles começou aos poucos. Quando o time foi rebaixado pra série B, os dirigentes do River viram que tinha muita coisa pra mudar.

        • Victor Ferreira

          Obrigado! 😀

      • kingDavid

        Temos meias, mas faltam zagueiros jovens, com mais velocidade e vigor físico. Até os laterais melhorariam ao lado de zagueiros que aguentem fazer a cobertura.

        • Glauco

          Sim, nossos zagueiros ou são “velhos” ou jovens demais (os da base), precisamos de mais um pelo menos.

        • joão victor mendes ferro

          A média de idade da defesa titular no início deste ano é de 32 anos. Por conseguinte não é só de um zagueiro novo que o time precisa, mas de outro lateral direito com a capacidade de desenvolver as suas funções (atacar e defender) sem deixar brechas que são sempre exploradas pelos treinadores adversarios. São 20 times na série A e se compararmos os 29 laterais direitos adversarios com Pará, dificilmente ele ganha de alguém. Então é questão de pesquisar um nome que não precisa ser medalhão , porem que tenha condições mínimas para acabar com o “elo” fraco que se transformou o bravo integrante do bonde da Stella , o glorioso Pará.

          • kingDavid

            Concordo. Por mim traria 2 zagueiros jovens, e 2 laterais melhores. Mas pelo visto não teremos nem metade disso ai.

      • lucasrf8

        Concordo contigo. Esse time do River Plate é muito bom e olha que eles jogaram sem o Pratto e o Armani. Se o Flamengo mantiver jogando a bolinha de 2017, teremos muito trabalho cá e lá.

  • Make Flamengo Great Again

    Isso explica muita coisa, principalmente dele ter começado bem e ter caído de produção.

  • Eduardo Sacramento

    Minha preocupação nem é o Everton Ribeiro e sim o fato do time, no setor ofensivo, não ter se achado. A dificuldade de se fazer gols é imensa e vem de alguns anos. Se o Everton Ribeiro voltar a jogar aquela bola que sabemos que tem capacidade, será ele o homem do passe final para um ataque que vem sendo previsível? É um somatório de coisas.

  • kingDavid

    Esse ai eu tenho fé que vai crescer muito apos as merecidas férias e uma boa temporada. Um jogador que foi eleito o melhor do Brasileirão, não pode ter esquecido como jogar futebol. Já outros que já estavam encostados em seus times, e portanto não chegaram desgastados como ER7, não acredito que a pre-temporada vai fazer qualquer diferença.

    • Vinícius Quintanilha

      Outro que pode melhorar é Geovânio. Não é possível que ele tenha deixado seu bom futebol no Santos.

      • kingDavid

        Também espero assim Vinícius. Mas queria saber se ele vinha jogando como ER7. Se continuava em alto nível, ou se teve problema de adaptação. ER7 sabemos que era titular absoluto, e seu time nem tinha tanto interesse em libera-lo. Voce saberia informar qual a real situação de Geuvanio? Porque o seu time aceitou empresta-lo, ainda assumindo metade dos vencimentos? Ele se machucou em algum momento? Seria o limite no número de extrangeiros? Porque seu clube parece ter perdido o interesse? Se puder esclarecer, nos ajude ai por favor. Abs

        • Vinícius Quintanilha

          Geovânio estava na segunda divisão chinesa. Na última temporada ficou no banco e mal teve sequência. Resultado: Chegou no Flamengo sem ritmo e acima do peso. Caso ele tenha se cuidado nas férias e faça uma boa pré temporada, pode ser que seu futebol medíocre fique pra trás.

          • kingDavid

            Valeu Vinicius, como pensei, um caso bem diferente do ER7. Vamos torcer que se recupere, mas vale como alerta. Abraços.

  • Johann Schreiber

    Espero que não só volte a jogar bem, mas que também seja centralizado, não tá sendo muito eficiente jogando pela direita e cortando pro meio, pois além de não ser muito veloz, raramente chuta bem na direção do gol de fora da área (única ocasião que me vem à mente foi o golaço contra o Santos no primeiro turno), não tem características de marcação pra ajudar o lateral quando o time não está com a bola (o que é algo extremamente necessário quando se leva em consideração que nenhum dos laterais jogando por ali sabem marcar, e a cobertura do Arão é algo praticamente inexistente) e não cria muitas jogadas pelo lado por não conseguir chegar ao fundo, por isso, todas as jogadas que ele cria vêm do meio, se for assim, por que não colocá-lo por ali em definitivo? Ele tem característica de passe curto rápido (exatamente o oposto do Diego, que segura muito a bola e atrasa o jogo), o que na minha visão ajudaria o meio-campo a fluir melhor, tem muito mais criatividade que o Diego na hora da criação e enfia a bola quando necessário (me vêm à mente agora os lances da Sulamericana de quando ele foi pro meio, como a assistência pro Vizeu contra o Flu e a bola que ele enfiou pro Everton que o deixou na cara do gol do Independiente logo após a saída do Diego). Por mim ele iria pro meio, o Paquetá pra um dos lados (ou recuado no lugar do Arão) e o Diego pro banco.

    • joão victor mendes ferro

      Perfeito!!! Mas não acredito que Carpegiani tenha peito para barrar Diego e manter Lucas Paquetá no time.