Qual foi o maior erro do Flamengo na temporada de 2017?

Na noite deste sábado (16), perguntamos no nosso perfil oficial do Twitter qual foi o maior erro do Flamengo em 2017.

As respostas foram variadas, alguns citaram nomes de jogadores como Conca, Trauco, Rômulo, já outros falaram sobre as contratações em geral. Citaram também o departamento de futebol, Eduardo Bandeira de Mello como Vice-presidente da área, Rodrigo Caetano, Mozer entre outros.

Comentaram sobre a demora para contratar um goleiro, insistência em jogadores contestados e também os preços do ingressos.

Contudo, teve uma resposta que foi repetida diversas vezes e, sem dúvida, foi a maior crítica da Nação sobre 2017: a demora para demitir o ex-técnico do clube, Zé Ricardo.

Vários torcedores explicaram que o Fla deveria ter demitido o treinador logo após a eliminação trágica na Libertadores e que o grande erro do ano custou caro lá na frente.

Você concorda com os comentários da publicação? Qual sua opinião?

  • Vitor Prado

    Na minha opinião foi insistir em dar titularidade à jogadores, cujas falhas individuais nos custaram caro.

  • Anderson

    Na minha opinião o nosso maior erro há muito tempo é a insistência em laterais inoperantes.
    Já era ruim com Jorge que falhava na marcação ,imaginem agora com o Trauco…
    Os dois treinadores , Zé e Rueda, são obrigados a jogar com auxiliares de lateral , chamo de “babá de lateral”
    Um exemplo; O Paquetá está rendendo bem mas poderia render melhor se não tivesse que cobrir o Pará , penso que ; lateral que não marca , não é lateral!!!
    Tanto no 4-3-3 , 4-4-2 , 4-2-3-1, 4-1-4-1 o esquema desmorona com laterais fracos
    SRN em qualquer situação!!!

    • Douglas Reis

      Verdade 4 laterais horrorosos, dos 4 só o Trauco serve pra compor elenco mas não pra ser titular. Mas nossa zaga também é deficiente, não da pra ter Juan e Rever, muito lentos.

      • Anderson

        Então Douglas, realmente a zaga com Juan é Rever é lenta, deveria jogar um desses e um zagueiro mais jovem, aliás em todos os setores deveríamos mesclar juventude com experiência, isso sim dá certo.
        Mas o problema principal do time não é zaga , são os laterais ! Esses laterais se fossem bons , digo; se marcassem bem e tivessem um mínimo de habilidade iriam proteger a zaga liberando para o jogo os jogadores de lado de campo; Paquetá , Vinícius Júnior
        Com esses laterais não vamos conseguir montar um time.

  • GIBÃO

    Eu acho que estamos a tanto tempo sem ganhar nada importante, que o ano até que foi bom!!!

  • GIBÃO

    Quando algum vascaino encher o saco, lembre que ficamos na frente deles e dos outros cariocas no Brasileirão!!!

    Não vão ter resposta!!!

    • manoel martins

      VASCÚ ? REBAIXADO 03 VEZES?

  • Pepe Anjos

    Pra mim foi de não ter trocado de técnico no início do ano. Sempre achei o ZR fraco mesmo fazendo boa campanha no Brasileirão 2016. Demorava a fazer substituições , mexia mal , apesar de ter dado um padrão tático pra equipe , não tinha variações , não tinha um plano B , acabou se tornando um esquema manjado. Não vou nem entrar no mérito de jogadores pq cada técnico tem os seus preferidos de acordo com suas convicções.

  • Paollo

    Foram tantos. Começar o ano sem nenhum zagueiro rápido, vender o melhor lateral esquerdo do país por uma merreca, pra improvisar um meia na posição, se iludir com um goleiro fraco que já tinha falhado em vários jogos, demorar pra demitir técnico apaixonado por perebas, presidente colocar esses perebas acima do clube

  • Léo Faria

    O maior erro foi ter permitido que Ze Ruela Ricardo iniciasse o ano como técnico e tivesse participado da montagem do elenco.
    O resto ( esquema tático único e previsível, falta de jogadas ensaiadas, falta de jogadores com características diferentes, não utilização da base, espírito perdedor,….) foi só consequência.

    • Roberto rubro negro

      Bem por aí mesmo!! O Rueda conseguiu levar um elenco desmotivado e com jogadores rendendo abaixo do esperado a duas finais! A demora em trocar de técnico atrasou demais a retomada do time após a eliminação da libertadores!!!

  • Almir Ribeiro

    Escolhas, planejamento e postura. Não dá para dizer o erro. Tudo começa no DF, que se mostrou incompetente, composto por pessoas, que não entendem nada do riscado. Mozer, Luz, BM (vice de futebol), Caetano (falta de atitude e é muito omisso ficando na dele). Junta tudo e chegamos ao cerne da questão: GESTÃO. As contratações foram até muito boas: Everton Ribeiro, Geuvânio, Diego Alves, Rhodolfo. Bons nomes, ai não vi erro. POSTURA: BM simplesmente não agiu de maneira profissional. Defendendo jogadores ruins, tratando mal o torcedor, se metendo aonde não devia. Só fez caca. Mozer????Luz????O que entendem de gestão esportiva? Até hoje me pergunto o que fazem do DF…bom, já ficou claro o motivo, pelo qual fracassos acumulados vem se sucedendo.
    Perdemos o nosso DNA vencedor. hoje no CRF estão pessoas sem postura de vencedor, de visão derrotista, acomodados e que se contentam com derrotas, se limitando a dar desculpinhas esfarrapadas, jogadores se m a menor identidade com o clube. Não é só trazer bons nomes, mas nomes que de fato saibam o que é Flamengo, que joguem com raça, vontade e que saibam o que é Flamengo. ESSA EMPATIA COM A TORCIDA INEXISTE NA ATUAL GESTÃO NO FUTEBOL. Sem isso não tem como as coisas mudarem…O Flamengo tem que votar a ser FLAMENGO.

    • Júnior Morais

      E a insistência com o Zé panela que insistia com sua panela de perebas que eram Marcio Araújo, Vaz, Furalha, Gabriel. Com Cuellar, Juan, Cesar/Tiago, VJr no banco. O erro de não ter contratado um goleiro no inicio do ano tbm foi grotesco! Muralha já demostrava falhas bisonhas e Tiago era muito inexperiente. Depois que firam a cagada que fizeram trouxeram o Diego alves depois da metade do ano. Com zagueiros tbm tivemos esse problemas. Foram varias cagadas dessa diretoria burra com o assunto futebol.

  • Rodrigo Andrade

    O maior erro foi se iludir com o desempenho de certos jogadores em 2016, e apostar neles como titulares em 2017, acredite ou não, mas a diretoria apostou em Vaz, Muralha e Pará como titulares esse ano, pois no início do ano não veio ninguém pra essas posições, sequer foi considerado buscar alguém pra esses setores.

  • Murilo Sousa

    Vejo que o erro principal partiu da diretoria. O time tem no mínimo 10 nomes contestados, que são tratados como filhos dentro do clube. Digo isso porque tem jogadores que deveriam ter sido liberados faz tempo, caso do Pará, Guerrero, M.A e etc, isso fez com que o time fosse nivelado por baixo e formar um grupo acomodado, já que as más atuações não eram cobradas pela diretoria.
    Hoje o elenco do Flamengo pede uma reformulação geral, uma renovação, são basicamente uns 10 nomes que devem ( ou deveriam) deixar o clube.

  • Dênis De Souza Pereira

    Uma coisa eu fico indignado, jogador q sai do Brasil e vai pra Europa aprende a marcar a se colocar taticamente no campo, e no mengão esse ano tínhamos Mozer e Jaime, e nenhum deles pegou o Trauco e fez um intensivão pra passar como se marca, onde um lateral fica, q não pode dar espaço! Aliás as mesmas dificuldades do Jorge quando saiu e q agora já melhorou muito a marcação jogando no Mônaco. O q acontece lá, será q ninguém vê isso, será q ninguém vê q o Guerrero precisa treinar finalização específico, q o Muralha precisava treinar específico pênalti, o q falta pro Fla montar um esquema onde de vez em quando se especializa cada setor do time?! Isso já existe na Europa a anos, tem clubes q tem treinador de defesas q são auxiliar do técnico principal, já pensaram um Athirson ensinando nossos laterais como bater na bola, a tomar decisões de chegar a linha de fundo, a marcar ponta do time adversário !
    Falta profissionalizar as funções, em uma empresa temos cada vez mais especialistas na funções de base, todos assessoram os seus chefes e a engrenagem trabalha bem melhor!

    • Edinho Coriolano

      O que mais atrapalha os laterais da gente é a escalação que foi adotada, as glórias do Flamengo sempre foram num 4-4-2, com 3 volantes que sabiam jogar um meia armador um segundo atacante que parte pra cima e um goleador

      • Confesso que não sou fã do 4-4-2 (se não estiver bem disposto taticamente, é facilmente envolvido em triangulações). Mas com 3 volantes ao invés de 2, ele pode realmente ficar interessante (mais preso na marcação, menos posse de bola, mais sólido defensivamente)… &;-D

    • RcLima

      Perfeito comentário, Dênis. É a exata visão que tenho. Se o seu atleta tem uma deficiência técnica, deve se ter um tempo para trabalhar especificamente isso. Deve ser feito com todos os jogadores.

  • Vitor Prado

    E ai Nação, depois desse ano de vexames e fracassos nós não vamos fazer nada?
    Temos que pressionar a diretoria para que ela dispense os jogadores ruins do Flamengo. Nós somos a maior torcida do Brasil, temos força de sobra para realizar melhoras no nosso time.

  • Dênis De Souza Pereira

    Pouca gente falou, mais a fisiologia e preparação do time caiu muito, vários jogadores fadigados e nitidamente com as pernas pesadas nos finais das partidas. Arrisco a falar q graças a Deus o auxiliar do Rueda veio, pq no meio do ano os caras estavam mortos já, e só ver o time com o Zé, sem força nenhuma no final dos jogos, o Diego mesmo depois de se recuperar não rendendo, isso tudo vem desde do começo do ano!

  • Saulo Araujo

    Manutenção de jogadores medíocres. Com certeza essa foi a pior. Além de terem custo, não contribuíram em nada para o time.

  • Anthony Souza

    Fora W Arao enganador!

  • Murilo Sousa

    Quem é que tá vendo os comentários do Pernambucano? A cada 3 palavras ele faz uma referência ao Flamengo ou da alguma inderetinha! É um retardado!

  • Edinho Coriolano

    Não acho Trauco um erro, tenham paciência que foi ano de adaptação, o cara começou no Union Comercio do Peru, foi bem no Universitário e a mudança de ares foi pro Flamengo, vejam a dimensão, ele alternou bons e maus momentos, bons no ataque e maus na defesa, o sistema de jogo que o Flamengo insiste com 3 atacantes não faz bem aos laterais que ficam sobrecarregados e sem cobertura, vejam o exemplo de Cuellar que começou aprendendo a língua, treinando sem reclamar e esperando as oportunidades hoje conquistou seu espaço, vejo muito jogador gringo que atua 2 anos aqui e nem aprendem o português

  • manoel martins

    A ESCALAÇÃO DE MURALHA NOS JOGOS CONTRA CRUZEIRO NA COPA BR E CONTRA O SANTOS PELO BRASILEIRÃO! PERDEMOS A COPA DO BRASIL E QUASE FICAMOS DE FORA DA LIBERTA!(CULPA DO RUEDA)

  • manoel martins

    BEM, NÃO ADIANTA CHORAR O LEITE DERRAMADO!
    2018 ESTÁ AI, QUE NÃO REPITAMOS ERROS GROTESCOS OCORRIDOS EM 2017 !!

  • kingDavid

    O maior erro foi o planejamento do elenco. Muitos jogadores medianos, sendo super-valorizados como craques, casos de Berrio, Arão, Everton, Rever…

    ZR foi apenas um profissional, a culpa é de quem bancou ele. Como não tinha muita experiência, não podia ser responsável maior por montar elenco, e não indicou nenhum jogador. Na época que devia estar trabalhando nisso, ele estava tomando curso de técnico na CBF.

    Nos livros de História, quem perde ou ganha batalha é o General! Não é sargento nem soldado. Portanto o principal culpado é EBM, como presidente. E RC como executivo responsavel pelo futebol. Casos como o de Cirino, Muralha, Conca e Guerrero mostram que o Flamengo está sendo lesado, caindo no “conto do empresário”.

  • “Vários torcedores explicaram que o Fla deveria ter demitido o treinador logo após a eliminação trágica na Libertadores e que o grande erro do ano custou caro lá na frente.” — Era só o que faltava… &;-D

  • Paulo Eduardo

    Excesso de oportunidades dadas (principalmente pelo ZR) a caras como Mureta, Vaz, MA, Gabriel…

  • O que dizer de um time que fez um bom investimento para o ano, ganhou uma competição local no seu estado de forma invicta, teve um bom desempenho numa competição internacional (apesar de ter se desclassificado em vista de uma improvável combinação de resultados)? Alternou bom e maus momentos na principal competição nacional e ainda assim, conquistou o 6o. lugar na classificação geral. Por fim, chegou à final de duas competições de peso (outra nacional e outra internacional) e que por “meros detalhes”, não conseguiu conquistar nenhuma das duas.

    Avaliem este time como se fosse qualquer clube brasileiro de grande porte, mas que não fosse o Flamengo e me diga: a campanha dele no ano foi realmente ruim? É como dizem no popular: “a grama do vizinho é sempre mais verde”… &;-D

  • O maior erro continua sendo a manutenção do Sr Taxinha.

  • Mario Campos

    O maior erro foi manter a comissão técnica no inicio do ano. Em cima das (equivocadas) convicções do ZR , fizeram contratações, e conduziram todo o planejamento anual. Deu no que deu. Imaginem se nossa diretoria tivesse revisto seu planejamento logo apos a queda da Libertadores. Teríamos ainda, uma chance de um bom ano.

  • Rodrigo

    Na boa, muito blá blá blá, se tivéssemos ganho a copa do Brasil ou a sulamericana estaria tudo ótimo. Como podem discutir a gestão do bandeira que equacionou o clube financeiramente e ainda continua fazendo melhorias? O futebol não é uma ciência exata, agora não se pode negar que estamos mais perto hj do que a tempos atrás de conseguir conquista importantes. É claro que houveram erros, e isso tem que ser corrigido, agora vamos deixar de falar besteira por que até agora oque estão falando é baseado na frustação do resultado em campo

    • Bras

      Concordo em tudo

    • Vamos Flamengooooo em 2018

      Concordo. Vamos ver o que acontecerá em dezembro de 2018.

  • Renato EPJ

    Pra mim, o maior erro foi o EBM ter mantido o Zé Ricardo em 2017. Ele, com total conhecimento da garotada, preferiu dar força a jogador mediano (pra ruim) como o Vaz, Gabriel e Marcio Araujo, em detrimento de ter dado força pra garotada que estava com muita vontade de jogar, como o Léo Duart, Ronaldo, Cuellar, e Paquetá. Nem falo de VJ e Lincoln porque esses não tinham, ainda, aparecido com tanto destaque no início de 2017…
    O bundão e covarde do ZR preferiu um esquema defensivo e pragmático, mas que lhe desse segurança de levar pelo menos um empate pra casa, em troca de um padrão de jogo mais ofensivo, com um DNA rubro-negro, de mesclar jogadores experientes como o Juan, o Diego e o Guerrero, com jogadores mais jovens, com habilidade, e MUITA vontade.
    E, pra piorar, o EBM, após a desclassificação da Libertadores, ainda veio a público para defender os jogadores medíocres… Ora, tudo bem que não se pode execrar um patrimônio em público, mas se o fez nos bastidores, o fez mal, pois nenhuma mudança de postura foi observada depois… muito pelo contrário, ainda vimos risos de MA e Rômulo em momentos de tristeza.
    Ou seja, quem mais acertou fora de campo (administrativamente) foi quem mais errou na escalação da equipe técnica pra comandar o Gigante Flamengo. Pensamentos e teorias acadêmicas são boas para tratar de números e estratégias financeiras, mas para gerir e administrar a turma do futebol (comissão técnica e jogadores)… o buraco é BEM mais em baixo. Tem que ter estômago, e saber lidar com essa turma. São pessoas, e grupos cheios de egos e mal acostumados. Tem que ter “mão-de-ferro” pra saber alisar e bater, pra dar e cobrar.
    Ficou provado que não basta dar estrutura e pagar em dia. Há muito mais nas estranhas dos bastidores que uma “simples” relação trabalhista, e essa expertise o EBM não tem!!! Ele NÃO poderia ter ficado a frente do futebol por tanto tempo. Ele deveria der delegado essa função (vice de futebol) pra alguém mais cascudo.
    SRN

  • RaphaelM

    Maior erro de 2017 foi quando o EBM começou a confrontar a torcida. A falta de cobrança. A aceitação da derrota. Proteção aos jogadores perebas.

  • Bras

    O Time chegou em 3 finais, sendo 2 de grandes competições, então acredito que a direção está no caminho certo. Houve erros mas também houve mais acertos.
    A direção fez tudo o nescessario tipo, campo para mandar jogos, CT de qualidade para trabalhar, jogadores de alto nivel, salarios e premiações em dia, vários patrocinadores, programa socio torcedor sempre aumentando, valorizando muito bem a base, tirando o clube do buraco das dividas e ganhando créditos, sendo exemplo de gestão enfim, temos muito a agradecer sim. Acredito que ano que vem estes erros serão minimizados e os resultados que esperamos virão.

    • Vamos Flamengooooo em 2018

      O problema é que a “direção” pensa que o Flamengo é um balcão de negócios. Eles esqueceram que os resultados do futebol são extremamente importantes. Estamos há mais de 4 anos sem títulos relevante. Campeonato Carioca? É igual a perder ônibus, sempre tem outro atrás. Acho que as tomadas de decisões como a não escalação de jogadores que podem fazer a diferença desde o começo das partidas decisivas foram cruciais para esse ano fatídico do Flamengo. Queremos títulos relevantes no próximo ano.