Olivinha prega respeito ao Vasco mesmo com mau momento do rival: “É batalha”

As oito posições que separam Flamengo e Vasco na tabela do NBB não iludem Olivinha. Para o ala-pivô rubro-negro, o clássico deste sábado tem tudo para ser uma verdadeira “batalha”, mesmo com os momentos distintos das duas equipes. Terceiro colocado no Novo Basquete Brasil, com cinco vitórias e duas derrotas, o Flamengo recebe o Vasco (11º lugar, com três vitórias e seis derrotas) às 14h (de Brasília), na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico. O SporTV transmite ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

– Amanhã é batalha, um clássico contra o nosso maior rival. Ganhando a partida, a gente pega mais confiança para o campeonato e tem um bom final de ano também. A gente vai entrar com total concentração para sair daqui com a vitória que vai ser muito importante. Se você olhar para a tabela talvez tenha um favoritismo nosso, mas são equipes bem parelhas – disse Olivinha.

Líder em rebotes na equipe rubro-negra (média de 7,9 por partida) no NBB 10, o ala-pivô diz estar ansioso para o duelo deste sábado. Acostumado a jogar clássicos, ele espera conduzir o Flamengo a mais uma vitória na temporada.

– A expectativa está muito grande. É um jogo que todo o jogador gosta, e jogar contra o nosso maior rival é melhor ainda. Queremos sair daqui com uma vitória amanhã, mas sabemos que não será uma partida fácil, mesmo sabendo que a equipe do Vasco não está vivendo um bom momento no campeonato – destacou.

Para Olivinha, a atenção será fundamental em busca de um bom resultado no ginásio do Parque Olímpico do Rio de Janeiro. O ala-pivô destacou que a falta de concentração atrapalhou o Rubro-Negro na última partida do campeonato, quando perdeu do Franca por 100 a 82.

– Entrar concentrado será o primordial. No último jogo, a nossa equipe entrou totalmente desligada, o adversário abriu logo 20 pontos e depois a gente teve correr atrás o jogo todo e foi bastante complicado. Não deu para sair com a vitória. Mas a gente sabe que se entrar concentrado amanhã, teremos grandes chances de fazer um bom jogo, sair com a vitória, e o fator torcedor também vai nos empurrar do início até o fim, o que vai nos ajudar bastante também – analisou.

+ Nezinho diz que vitória sobre o Fla pode mudar rumo do Vasco no NBB: “Em dívida”

O ala-pivô lamentou o fato de o duelo ter torcida única do Flamengo, mas espera que o público atue como sexto jogador em quadra. No momento, foram vendidos 1.500 ingressos, além dos 950 de cortesia. A capacidade da Arena Carioca 1 é de 4.500 pessoas.

– Eu gostaria de ter as duas torcidas. Eu acho que deixa o clássico mais bonito, mais atraente. Infelizmente, não temos segurança para ter as duas torcidas dentro do ginásio, isso é uma coisa que nenhum jogador de ambas as equipes gosta. Com as duas torcidas ficaria bem melhor e mais bonito – acrescentou.

Reprodução: Globoesporte.com

  • Vitor Hugo

    Infelizmente tem que pregar respeito mesmo, vcs conseguiram perder mais de 50% das partidas para eles ano passado, os caras não formavam um time a mais de 20 anos, não era possível isso acontecer, ainda mais o patamar que temos no basquete.

    • PAULOFLA

      Concordo.

  • PAULOFLA

    Mas o Eurico disse :
    O Vasco não perde para o Flamengo.