O que não fazer em 2018

Salve, Salve, Nação! Estamos de ressaca! Mas é aquela braba, onde todas as partes do corpo estão doendo. A perda da Copa Sul-Americana foi dolorosa. Não apenas pelo vice, mas pela forma como o time atuou nos dois jogos. Agora é hora de pensar em 2018, para que ele seja bem melhor que 2017. Para isso, é necessário que alguns erros não sejam cometidos novamente.

Planejamento: é inadmissível que o departamento de futebol erre no planejamento para ano que vem. É preciso fazer um estudo do elenco para saber quais posições precisamos de reforços. Não podemos mais perder tempo com “apostas”. Temos que entrar forte no mercado para conseguir jogadores que vão vestir o manto sagrado e jogar um bom futebol.

As contratações deste ano colocam em xeque se de fato nossos dirigentes sabiam como estavam fisicamente e tecnicamente alguns atletas contratados. Conca, Rômulo, Éverton Ribeiro e Rhodolfo, deixaram a desejar ao longo da temporada. Estes erros não podem se repetir!

Entrevistas: pelo amor de Deus, alguém precisa proibir nossos diretores de darem entrevista em 2018! Basta de ler/ouvir tanta asneira!!! Com certeza podemos elencar diversas falas horrendas dos cartolas rubro-negros. Eduardo Bandeira de Mello lidera este quesito, com a entrevista dos protegidos, a que isenta a torcida pela confusão na final da Sula, e a que estava tudo certo depois da eliminação da Libertadores. Ainda tem a exclusiva do Mozer pro Uol e a longa conversa do Fred Luz ao globoesporte.com. Só pérolas.

Hoje em dia, quase todas as grandes empresas e instituições têm assessoria de imprensa. No Flamengo, não é diferente. Não é possível que os profissionais da comunicação não façam um trabalho com os diretores para evitar tanta asneira. É claro que eles não vão soltar todos os problemas internos da equipe ou do elenco, mas há falas que poderiam não terem sido ditas. Num momento que o futebol, carro-chefe do clube, não vai bem, o que o torcedor quer é transparência, não que seu presidente fale que está “protegendo” os atletas mais questionados do plantel.

Transparência no Departamento Médico: ao longo de 2017, senti que muitos problemas médicos dos jogadores flamenguistas foram escondidos da torcida. Por exemplo: alguém sabe, de fato, o que Conca teve? E Rômulo, que há alguns meses estava treinando separado, sem nem estar jogando? E os sucessivos desfalques de Rhodolfo, alguns, inclusive, em jogos importantes?

Os atletas, quando vestem o manto e assinam contrato, passam a ser ativos do clube. E a instituição paga salários, nem um pouco baratos, para que exerçam sua atividade profissional. Quando eles se lesionam, o Mais Querido continua arcando com os vencimentos do jogador. E como o dinheiro para manter as contas em dia vem da torcida (produto final da manutenção de qualquer clube) em sua maioria, é necessário que os funcionários sejam francos com os mesmos.

Até porque, fico imaginando, daqui cinco anos, Conca, por exemplo, já ex-jogador, vai estar em algum programa esportivo e será perguntado sobre seu ano no Flamengo. Com certeza, nesta oportunidade, contará tudo que aconteceu. Mas, já vai ser tarde! Muitos terão esquecido de sua passagem e o clube não vai conseguir recupear a grana investida nele.

Para mim, estes são os três pontos que precisam ser melhorados para o ano que vem. E você? Companheiro (a) flamenguista? Acha que o clube precisa melhorar em mais algum ponto? Deixe aqui nos comentários!

Matheus Brum
Twitter: @MatheusTBrum

Gostou? Comente! Não gostou? Comente mais ainda! Mas, por favor, vamos manter o diálogo sem xingamentos ou palavras de baixo calão. O bom diálogo engrandece o homem e nos faz aprender, diariamente!

  • Flavio

    para começar a não errar no ano que vem, a primeira coisa a se fazer é.
    reformular o departamento de futebol a troca de 3 nomes. Mozer, Fernando (psicologo) e Vitor (treinador de goleiro)…
    A segunda coisa é: parar com a caça as bruxas e com essa mania, só se fala nisso, de barca. Esquece esse papo de barca. Uma barca de no máximo 5 jogadores e olhe lá.
    A Terceira é: definir logo se o Rueda vai ficar ou não e se o Guerrero vai ficar ou nao.

  • José

    O que não fazer em 2018:
    – O presidente achar que é maior que o clube
    – O presidente mandar banana para a torcida
    – Manter o departamento de futebol jurássico
    – Blindar os perebas e descompromissados
    – Contratar jogador velho, bichado e preguiçoso
    – Jogar no Maracanã
    – Ingressos com preços abusivos
    – Aceitar as derrotas e eliminações precoces
    – Ignorar as críticas depois dos vexames
    – Tentar iludir a torcida com falsas promessas
    – Torcida idolatrar cartola
    – Torcida tirar selfie com pereba
    – Disputar o Carioqueta com o time principal
    – Jogar com o uniforme amarelo de banana

    • Maurício Torres

      Perfeito!

  • Mulambo Forever

    o que não fazer em 2018:

    – repetir os erros de 2017, 2016, 2015, 2014, 2013….

    • rodrigues

      E fazer o certo como em 2012, 2011, 2010, 2009, 2008, 2007, até 1990, quando ganhamos vários TÍTULOS protestado.

      • Yan Balduino

        Bandeirete detectada

      • kayo Batista

        Olha aí ,uma bandeirete detectada.

      • Mulambo Forever

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pior né kkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Thiago pereira dos santos

        Bandeirete Detectada!

  • Rodolfo?? Cara Rodolfo já chegou se identificando com clube deu uns murro no viseu no vestiário e o muleki voltou endemoniado pra fazer gol vei Rodolfo jogou mt merece ficar.

  • ZagaItaliana

    Primeiro passe , reformulação do Departamento de futebol . Segundo passe arrumar um time desequilibrado . O time joga em um 4-3-3 com 2 zagueiros lentos e destros , 2 laterais meia boca , 1 segundo volante estático que não faz infiltração com a bola nos pés e que não finaliza de fora da área , com Pontas que só só sabem correr e não finalizam e centroavantes sem Faro de gol . O esquema 4-3-3 adotado pela maioria das equipes e formada por no mínimo 1 zagueiro veloz , 2 laterais de qualidade , 1 volante para marcação e mais 2 meias ( segundo volante ) que marcam e atacam , não jogam com meias armadores ou meia enceradeira ( Diego ) , os pontas são velozes , sabem driblar , finalizar e dar bons passes , e o centroavante e matador ( não um caneludo ) . No time do Flamengo e tudo o contrário do esquema 4-3-3 moderno .

    • Johann Schreiber

      O Flamengo joga em um 4-2-3-1, que é uma variação do 4-5-1, não 4-3-3, porém concordo com todo o resto do que você disse.

  • Vitor Prado

    A primeira coisa que tem que se fazer é contratar um pai de santo, tem muito feitiço em cima do Flamengo!!!

  • Johann Schreiber

    Sobre a questão do departamento médico, quero saber o que de fato aconteceu com o Donatti, que muitas vezes foi inexplicavelmente banco do Vaz, e quando recuperou seu espaço, imediatamente se lesionou e foi negociado com o Tijuana. Tem também o caso do Thiago, que misteriosamente quebrou o punho antes da final da Copa do Brasil e se recuperou coincidentemente quando o Flamengo tava com uma carência de goleiros na Sulamericana. E o caso mais misterioso de todos, o do Ronaldo, que tava bem até um dia antes do jogo contra o Paraná, mas “fraturou a costela” um dia antes e teve o seu lugar tomado pelo Gabriel, porém misteriosamente estava bem cerca de uma semana depois, quando foi negociado por empréstimo ao Atlético GO. São muitas lesões estranhas que coincidem misteriosamente com certos eventos.

    • Rondinelly Alves

      Perfeito! Também gostaria de saber!

    • Matheus Brum

      Ótimas lembranças. De fato, em 2018 é necessário cobrar transparência do departamento médico. Não dá pra engolir algumas histórias criadas neste ano

  • Almir Ribeiro

    Começa mandando dois desses três ai da foto em bora: Mozer e Luz (que não sabe merda nenhuma de futebol). BM mudar a mentalidade conformista e derrotista e parar de ficar acobertando perebas como fez e respeitando a opinião critica; Já seria um belo começo. Metodologia, COBRANÇA: mandar embora jogador sem compromisso com o clube, cobrar desempenho, sumir com: Gabriel, MA, Vaz, Muralha…esses caras não tem condições de estar no CRF e representam uma mentalidade perdedora, que devemos esquecer. Gostaria muito disso acontecer, mas…BM é muito teimoso e arrogante para admitir suas falhas e DUVIDO que vá permitir mudanças profundas.
    Reforços: três para mim: lateral, atacante e Zagueiro. Já dizem que só tem 17 milhões…já desanima, mas quem sabe não surge uma oportunidade boa. Caetano: não acho ele tão culpado…trouxe: Diego Alves, Everton Ribeiro, Diego…só acho ele muito passivo e não cobra.

    • Vitor Prado

      A primeira contratação, tem que ser um pai de santo!

  • Benedito Levino

    Vou falar somentecsivre CONCA. Moro em Cuiabá-MT e antes da vinda do ARGENTINO, já tinha lido várias reportagens que este jogador seria de ALTO RISCO, devido sua condição física. Todo mundo sabia q ele tinha recém passado por DELICADÍSSIMA CIRUGIA la ba China, NUM DOS JOELHOS, não me recordo qual. Tem mais, na projeção do SONSO E SÓ FALA ASNEIRA do EBM, ele queria transformar o MENGÃO num Centro em Excelência em Recuperação de jogadores lesionados, recém operados. Até isso o MENGÃO se transformou. Ganhar Títulos importantes, NADA. Que o diga Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil e Sul Americana.

  • Benedito Levino

    Certo, Johann. Vocês se lembram da BRIGA q houve no Dept° médico, em que sobrou para o chefe do dept° médico, na época o Dr.Tanure, que foi DEMITIDO? E que após essa BRIGA, houveram lesões constantes no depto? Até o prazo de recuperação se tornou maior? Agora essa MÁGICA de se contratar jogador LESIONADO, com cláusula no contrato de começar acreceber após seu 1° jogo, deve se cobrar do GENIAL RODRIGO CAETANO,. Que devia ENCABEÇAR a primeira BARCA a sair do MENGÃO, ja nesse mês. Contratar JOGADOR LESIONADO e este receber normalmente mesmo MACHUCADO, é INÉDITO no mundo, só no Flamengo.

  • Benedito Levino

    E a história recente de que existen pessoas no MENGÃO que receebem comissão de salários de jogadores? ISSO tem que ser apurado

  • matheus

    Todos os jogos possíveis na Ilha do Urubu.

  • Andre_Gotha

    Não entrar na furada Maracanã e constuir seu estádio próprio!

  • Maycon Carvalho

    Não contratar jogadores no meio de temporada, e realizar uma preparação de goleiros mais decente.

  • Gustavo Canto

    Não deixar o futebol na mão de pessoas amadoras. Pessoas que não têm competência para enxergar a utilidade de um grande goleiro como o césar.

  • Gustavo Canto

    Não insistir com Marcio Araújo.

  • Thiago pereira dos santos

    O primeiro passo é: dispensar os perebas,depois dispensar: RC(no que não vai acontecer),mozer,Jayme(a múmia),Vitor hugo (despreparador de goleiros),pois todos eles não entendem de futebol e não passam de um bando de sanguessugas,3°passo:para de passar a mão na cabeça dos jogadores e começar a cobra-los, 4°passo:esquecer essa praga desse maracanã e construir o seu estádio próprio,pois ele nunca será nosso e não é mais o mesmo,além de tá dando um azar enorme ao clube quando joga lá.e o 5°e mais importante passo: a saída desse presidente Banana,incompetente, pé frio e que não entende nada de futebol (mais isso só será possível em 2019,infelizmente!

  • Antonio Carlos Malhano

    Matheus Brum gostei do seu comentário. Principalmente quando disse que diálogo sem xingamentosaber e digo mais sem querer humilhar ninguém principalmente jogador que não está agradando. Desejar que seja feliz para o ele for para que nós também possamos ser felizes com o nosso time. O que plantamos é o iremos colher. Feliz Natal a todos. E um Ano Novo de vitórias. Abraços !!!

  • Fabio

    Falta ainda jogadores nessa lista.
    Rodrigo Caetano é inadmissível sua permanência. Só contrata jogadores sem cara de Flamengo e ainda com dúvidas quanto seu físico. Fora fora fora!

  • Aluisio Alexandre

    Falta adriano