Home Colunas O cenário para 2018, hoje, é terrível!

O cenário para 2018, hoje, é terrível!

3230
0
SHARE
'

Caros (as) amigos (as), vamos chegando ao final de 2017. Não precisamos tecer aqui o quanto o ano foi decepcionante para nós, rubro-negros. No entanto, mesmo após o fim da temporada, continuamos a ver que nada mudou. Terminaremos de forma decepcionante.

Digo isso porque não vemos nenhuma novidade no mercado. Não contratamos nenhum jogador. Não sabemos a real situação de atletas especulados. Zeca, Pablo, Goulart, Rueda, etc. O que é especulação? O que é realidade?

Num momento em que “cavadas” de empresários e jornalistas em busca de manchetes, se torna cada vez maior, fica difícil saber o que nos reserva em termos de contratações. Mas, mesmo diante deste cenário, podemos concluir que estamos aquém, muito aquém.

O mercado em si, está parado. Com exceções de Palmeiras (com dinheiro infinito da Leiloca) e do Atlético-MG, nenhum time brasileiro se movimentou firmemente em termos de contratações. Não podemos ignorar o contexto, mas não podemos nos igualar a outros, pelo status de time com maior receita do futebol nacional.

Não digo que temos que fazer contratações magnânimas, mas precisamos movimentar! Ou alguém acha que com este elenco teremos um 2018 muito diferente de 2017? Assim, duas situações me chamam a atenção, e, mais uma vez, a falta de transparência da diretoria me assusta.

O primeiro caso é o de Reinaldo Rueda! Toda a negociação com a seleção chilena está nebulosa. Ou os jornais dos nossos vizinhos sul-americanos estão totalmente errados, ou estamos sendo feitos de palhaços. Temos um técnico valorizado no continente. Mesmo sem ter conquistado um título na Gávea, o histórico de bons trabalhos em seleções e no Atlético Nacional-COL, chamam a atenção. No entanto, o colombiano tem um contrato com o Flamengo, que precisa ser respeitado. E num momento em que a imprensa chilena crava a contratação, o que a nossa diretoria faz? Nada!

Nenhum posicionamento oficial, nenhuma entrevista, nenhuma notícia de movimentação interna para garantir a permanência de Rueda. Nada! Absolutamente nada! Corremos o risco de entrar em 2018 sem treinador. Isso é trágico para o planejamento. Apesar de todas as críticas ao trabalho do “El Prof”, ele já indicou nomes, conhece o elenco e sabe do objetivo do clube para o próximo ano. A chegada de um novo comandante joga tudo isso no ralo, numa temporada que começará mais cedo, em virtude da Copa do Mundo, e que temos ciência de estar em um dos grupos mais difíceis da Libertadores.

Para piorar a situação, não temos um nome que seja unanimidade no mercado. Cuca é o mais falado, mas que treinador poderá vir para o Ninho do Urubu? Um Cuca focado, com vontade de trabalhar, ou um Cuca preguiçoso como vimos no último trabalho do Palmeiras? Como dizem os mais sábios, “ruim com Rueda, pior sem ele”.

A outra situação que me deixa preocupado é a questão do centroavante. Acabamos de ter a informação de que Fred fechou com o Cruzeiro. Com a redução da pena de Guerrero, temos indícios fortes que a diretoria irá esperar o retorno do peruano. Considero outro erro. Mesmo que seja inocentado no CAS, ele só retornaria às atividades normais (por conta da suspensão, treina em separado) no final de janeiro ou em fevereiro (dependendo do dia do julgamento). Volto a lembrar que estreamos na Liberta contra o River, no final do segundo mês de 2018. Até lá, vamos de Vizeu?

Nada contra o jovem atacante rubro-negro. Mas, há diferença entre ele e Guerrero. O time como um todo precisa mudar sua forma de atuar com a presença de cada centroavante. Aí o time faz toda a pré-temporada com Vizeu, cria uma identidade e entrosamento com o camisa 47. Na hora dos principais desafios, da competição continental, isso é modificado, e o camisa 9 retorna ao time, trazendo um outro estilo. Alguém acha que vai dar certo?


Veja mais:


Tudo isso nos faz pensar que o cenário para 2018 já é bastante complicado. Claro que tudo isso pode mudar. Muitas transações não estão sendo divulgadas pela imprensa. Mas, atualmente, estou bastante preocupado. Principalmente, pela falta de posicionamento da nossa diretoria. O silencio, me incomoda.

No mais, quero desejar a todos (as) os (as) companheiros (as) um excelente Natal. Que a paz do Senhor esteja com cada um (a) de vocês. Saudações Rubro-Negras

Matheus Brum
Jornalista
Twitter: @MatheusTBrum

Gostou? Comente! Não gostou? Comente mais ainda! Mas, por favor, vamos manter o diálogo sem xingamentos ou palavras de baixo calão. O bom diálogo engrandece o homem e nos faz aprender, diariamente!

Comentarios

comentário