Home Contratações Fla apresenta segundo jogador da equipe de League of Legends

Fla apresenta segundo jogador da equipe de League of Legends

949
5
SHARE

O Mengão segue movimentando o mercado, principalmente quando se diz respeito ao esporte eletrônico. Após anunciar seu caçador, SirT, na última segunda-feira, 04, agora foi a vez do suporte: Eidi “esA” Yanagimachi.

O jogador pertencia à keyd Stars e chega ao Flamengo para atuar na mesma função que fazia na equipe. Vale ressaltar que “esA” é, de origem, atirador, mas atua como suporte desde o término do 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) deste ano.

Confira as primeiras palavras e Eidi “esA” Yanagimachi como jogador oficial do Flamengo:

É com muita felicidade que anuncio a vocês o meu novo destino: em 2018 vestirei o manto rubro-negro e atuarei como Suporte na line-up de League of Legends do Flamengo eSports.

Para que saibam, em todas as equipes em que eu estive me identifiquei como uma pessoa muito comunicativa. Sempre gostei de ajudar meu time dentro e fora de jogo. A vontade de jogar numa nova posição em que eu pudesse explorar isso surgiu de forma espontânea e a experiência me realizou muito. Portanto, é um prazer mostrar todo o meu potencial nessa nova função daqui pra frente.

Estaremos disputando a Challenger Series para nos prepararmos o suficiente para o segundo semestre. Nosso objetivo é o topo e não darei menos do que o melhor de mim para chegar lá. É um orgulho imenso ter a oportunidade de representar o clube Flamengo, de tanto peso e tradição.

Conto com a torcida de vocês e fica aqui o meu grande agradecimento.

ISSO AQUI É FLAMENGO

#SRN #FlaeSports

“esA” se junta ao caçador Thúlio “SirT” como os ciberatletas já revelados pelo Flamengo para a disputa do 1º Split do Circuito Desafiante de 2018. O time será comandado por Gabriel “Mit”, campeão brasileiro com a Pain em 2015.

O primeiro torneio oficial do Mais Querido no League of Legends será feito na Comic Con Experience, CCXP, n na quinta-feira (7). O adversário será a Ilha da Macacada Gaming. O vencedor deste duelo, que será feito em “melhor de 5 (MD5)”, enfrentará ou a Red Canids Corinthians, ou a Team oNe.

Comentarios

comentário

  • Pedro

    Basquete, remo, ginástica, vôlei etc tudo bem. Agora e-sports é sacanagem.

    Pega o dinheiro e investe no vôlei masculino, no basquete feminino.

    Tão de brincadeira, só pode.

    É pra isso que pagamos ST?

    • Borgerth

      também não sou o maior fã dos e-sports. tudo que é novo traz certa reticência. mas se quisermos ser o clube do futuro, temos que nos adaptar à modernidade. o trabalho na área está sendo bem feito e é necessário.

    • Anderson Gabriel Medina

      É um investimento baixo com grande potencial de retorno futuro. Tem que investir em todas as modalidades, inclusive nas novas.
      Imagina se pensassem como você no no início do século XX, quando uns malucos vieram do Fluminense querendo iniciar no Flamengo a prática de um tal de football, novo esporte inglês sem popularidade na época. Seríamos apenas um bairro atualmente.
      O mundo está cada vez mais tecnológico. Os e-sports tendem a crescer, e o Flamengo não pode ficar de fora. É um ramo que movimenta milhões. Está lotando arenas pelo Brasil, vendendo ingressos a centenas de reais, para um público de bom poder aquisitivo. Caso cresça como está previsto, será um mercado imenso, comparável até ao futebol.

    • tywin lannister

      e-sports está em grande expansão no mundo, é um mercado novo que exige pouco investimento e pode dar muito retorno em visibilidade. o fla ta tentando atrair o povo que não curte futebol pra torcer pro flamengo

    • Bruno Affonso

      Amigão, as verbas provenientes do ST são exclusivamente de uso da pasta do futebol.