Home Colunas Em compasso de espera… e contando!

Em compasso de espera… e contando!

2507
0
SHARE
'

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Após o final de melancólica temporada do Mengão, nos deparamos com um impasse que bate à nossa porta e que poderá solapar de vez nossa esperança para que alguma coisa venha a melhorar no ano de 2018: a inimente saída de Reinaldo Rueda para a seleção chilena.

Não vou negar que isso seria um baque tremendo nas pretensões do Flamengo para o ano que vem. Com o planejamento em andamento, idealizado com a participação do colombiano, sofreríamos um tremendo revés com seu desligamento e teríamos que iniciar, ou ainda remodelar, esse planejamento já iniciado.

Se a suspeita se confirmar, após contratarmos um novo treinador, teremos que correr para tentar colocar o trem novamente nos trilhos, e olha que esse trem já dá pinta de querer descarrilhar a algum tempo.

Esse período entre desligamento do antigo e contratação de um novo comandante faz com que o tempo (já curto) para planejarmos o ano que vem torne-se ainda menor para eventuais chegadas ou (principalmente) partidas de jogadores pelos arredores da Gávea.

Aliás, se formos falar de planejamento… esse sim está estagnado. Não vemos notícias animadoras por parte de nosso departamento de futebol. Algumas dispensas já deveriam ter sido confirmadas, como os quatro do apocalipse (Vaz, MA, Gabriel e Mureta) e alguns outros negociáveis, mas forço-me a colocar meu lado torcedor a largo e entender que o silêncio é arma fundamental nessa guerra de contratações.

O que vimos sobre contratações são apenas as costumeiras especulações, inclusive as de empresários sem muita ética querendo valorizar seus ativos vinculando-os ao interesse do Flamengo. E isso tem funcionado, vide Fred e o técnico do Independiente! Uma coisa é certa: estou muito, muito preocupado! E cético!

Sim, esse meu ceticismo já vem de tempos. Essa diretoria é, no mínimo, letárgica quanto à movimentação na contratação ou dispensa de atletas. Não podemos ficar pé no conservadorismo em detrimento ao dinamismo que esse mercado nos impõe. Isso será sentido a médio prazo, mas tem influência precípua no rendimento da equipe ao longo do ano.

Se um clube se demora para tentar adquirir um atleta, outra agremiação, mesmo com as finanças combalidas, mesmo sabendo que não terá como arcar com o investimento, vai lá e contrata-o sem dó nem piedade. Nisso, esse Flamengo blue está se mostrando ser um fiasco. A burocracia na tomada de decisões esportivas flamengas tem nos assolado exemplarmente!

Nossa diretoria está demorando tempo demais para decidir as coisas, são oportunidades perdidas em demasia e essa morosidade faz com que o planejamento seja comprometido para a próxima temporada. Isso tem sido uma constante desde 2013. Nossas melhores contratações foram realizadas ao longo das temporadas, dificultando o trabalho da comissão técnica e alijando a torcida de conquistas mais grandiosas.

Em algum momento isso terá que mudar! Senão, os resultados não virão, ou apenas serão como cometas (de tempos em tempos), como já acontece desde que o Flamengo é Flamengo. Uma boa estruturação esportiva é muito necessária neste semi-árido rubro-negro.

Bom, só nos resta aguardar, como sempre! Nos próximos dias teremos a resposta definitiva de Rueda. Se ficar, melhor para o planejamento já iniciado. Se for embora, teremos que começar praticamente do zero o trabalho de reestruturação da comissão técnica para que iniciemos um novo planejamento.

Para isso é necessário dinamismo, proatividade, ação, energia! E não é o que temos visto dessa diretoria permissiva e ultraconservadora que tomou o Flamengo de assalto. Nas finanças, isso é extremamente necessário e eleva o patamar do clube à excelência, mas esportivamente tende a ser altamente nocivo.

O tempo está mostrando que essa teoria faz todo o sentido. Torçamos para que eles não consigam sepultar nossa esperança. Não deixemos que isso nos abale, nem podemos deixa de apoiar o time, SEMPRE, em campo e fora dele, mesmo não concordando com a descisões tomadas por parte da diretoria.

Por um Flamengo melhor, sempre! Por um Mengão esportivamente forte! Por um protagonismo esportivo que perdure! Pela excelência esportiva do clube Mais Querido do Brasil! Os homens passam, mas o pavilhão continua incólume, viril, sagrado e imaculado! Vai pra cima deles Mengo!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações Rubro-Negras a todos!

Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Sugestões? Críticas? Elogios?
Deixe seu comentário e faça-o com educação e respeito.
O Debate SEMPRE é salutar, mas a ignorância e a falta de educação são os combustíveis dos fracassados!

Comentarios

comentário