Varejão confirma sondagem do Flamengo, mas diz estar focado na NBA

As próximas semanas de Anderson Varejão serão cruciais para sua carreira. O jogador está prestes a retornar à Seleção Brasileira nos confrontos contra Chile e Venezuela, pela primeira fase das Eliminatórias para o Mundial de 2019, na China.

Porém, o ala-pivô segue sem clube, e por isso, despertou o interesse do Flamengo. Ele é desejo antigo do Rubro-Negro, mas a questão salarial ainda pesa. E apesar dele não ter tido o contrato renovado com o Golden State Warriors, ele disse que ainda sonha em ser aproveitado por alguma franquia da NBA.

O brasileiro ainda afirmou que quer ter a certeza do que pode render em quadra, e espera dar uma resposta a si mesmo ao fim deste mês.

– Como passei tanto tempo treinando e fui convocado para a Seleção, estou focado nesses dois jogos. Depois que eles passarem, tomarei uma decisão. No momento, minha prioridade ainda é a NBA – declarou o capixaba, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, no escritório da NBA, no Rio, sem descartar a chance de defender o Rubro-Negro nesta temporada.

– Tenho muito respeito pelo Flamengo. É um clube reconhecido mundialmente.

Sob o comando do croata Aleksandar Petrovic, o Brasil enfrentará o Chile no dia 24 de novembro, em Osorno (CHI), e a Venezuela, no dia 27, na Arena Carioca 1, na capital fluminense, palco da Olimpíada que Varejão não pôde disputar, em razão de uma hérnia de disco na lombar.

O atleta vem treinando forte nas últimas semanas para alcançar seu auge físico. Ele estava em Cleveland (EUA), cidade onde jogou por 12 anos, mas agora veio para o Rio. E disse que vem mantendo a boa forma em uma academia e fazendo trabalhos individuais com a bola.

Chego 100%. Venho treinando muito. Esta foi uma das férias em que eu mais treinei. Na medida do possível, tentei me manter em ritmo, no 3×3, ou 2×2, para estar mais próximo de um jogo. Tive limitações, tem aquele medo de lesões, então fiquei muito feliz com a convocação. Veio em uma hora muito boa não só para mim, mas para a Seleção, que passa por mudanças; Eu nunca quis ficar fora – disse Varejão, que confirmou acompanhar o que acontece no NBB.

– Tenho acompanhado na medida do possível. Não posso dizer que assisto a tudo. Tenho visto a evolução dos últimos ano. Está mais igualado, com resultados que não se pode prever, como no passado. Isso é bom. Não descarto de maneira nenhuma um retorno ao Brasil – declarou.

3 Comentários
Carregando comentários...