O Retrato da Incompetência

Salve, salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Ontem presenciamos mais um capítulo da incompetência futebolística que assola o Clube de Regatas do Flamengo. Personificado na figura do pior goleiro que já presenciei debaixo das traves do Mengão, uma figura que eu prefiro nem citar o nome!

O que será que acontece com o nosso departamento de futebol? Porque tanta insistência com TODOS os perebas? Será que não percebem que é melhor jogar sem goleiro do que escalar esse atleta incompetente e, pior, abaladíssimo psicologicamente?

No jogo de domingo à noite assistimos a mais um show de incompetência aliada a negligência, indolência e outros adjetivos cujos quais prefiro não citar. Como um cara que está mal há tempos tenta um drible num atacante experiente? Ele é maluco? Talvez… mas com certeza não tem a mínima noção do clube no qual trabalha!

Notei, inclusive, que em dado momento da partida ele sorria. Masmo tendo sido protagonista nos dois gols tomados na partida, os quais decretaram nossa derrota, ele ainda não ficou chateado, levou na “sacanagem”! Isso é inadmissível! Nos mostra o desdém de certos atletas ao trabalho que vem sendo realizado.

Agora lhes pergunto: porque ele ainda está por lá? Porque continua a ser escalado? Como o departamento defutebol ainda não identificou que alguns atletas não têm a mínima condição técnica de envergar a camisa mais pesada do mundo? Isso é o retraro da incompetência, personificado na figura atroz que estampa essa matéria.

Como poderemos evoluir esportivamente aturando tanta incompetência esportiva? Como insistir na escalação destes inúteis? Vocês perceberam a diferença de postura do Réver, do Paquetá, do VJr? O semblante desses caras era de extrema inoperância, de total descontentamento e inconformidade após outra (de tantas) derrotas protagonizadas por atletas tecnicamente aquém do mínimo esperado.

Mas a menor culpa é do dublê de goleiro! Ele não se escala! E o Rueda deve estar sofrendo pressão de algum lado para escalá-lo, não é possível! Isso ficou claro na entrevista coletiva de ontem após a partida. Ele estava constrangido pelo pífio desempenho do guarda-redes, alé de também mostrar-se de mãos atadas para realizar qualquer tipo de mudança.

Ficou claro, para mim, que ele não tem muito o que fazer a não ser continuar o escalando. São forças ocultas que sempre moveram alguns pauzinhos que continuam a existir nos meandros do clube e sobre os quais não temos muitas condições de opinar e nem de saber do que se trata.

Uma coisa é certa: MUITA COISA TEM QUE MUDAR! Não podemos mais aguentar essa síncope no Clube Mais Querido do Brasil. Nós, torcedores, devemos fazer algo para que isso acabe! Não podemos continuar aguentando os desmandos de um departamento de futebol pródigo e inoperante!

Além do prejuízo esportivo, com essas insistências bestas, perdemos em muitas outras áreas (leiam a coluna de hoje do JJ para saber mais sobre esse tema – cliquem aqui). Vamos ver qual o caminho que a diretoria seguirá a partir de agora.

Eu continuo cético, digo que meu ceticismo aumentou consideravelmente, a níveis extremos. Não tenho nenhuma esperança de que algo venha a mudar antes que essa diretoria saia do clube. Podemos dizer que nosso rendimento esportivo é inversamente proporcional ao financeiro, diametralmente oposto.

Mas isso está acontecendo por enquanto. Na medida em que o rendimento esportivo continue a cair, vertiginosamente como está, o financeiro também tende è acompanhá-lo. Ninguém aposta em cavalo perdedor, isso é uma máxima de qualquer patrocinador!

Que a diretoria reflita e passe a gerir nosso futebol como o torcida merece. Que as decisões esportivas sejam muito mais profissionais e menos amadoras como têm se mostrado. Gostaria de ver um Flamengo forte dentro de campo, um time acertado e um elenco livre de perebas e ogadores de péssima qualidade técnica.

Quem sabe um dia, né? Como diz o velho ditado: não se pode querer tudo! Tudo bem, concordo em 100% com isso, mas afirmo peremptoriamente outra máxima: nunca se acostume com a derrota! Isso leva ao comodismo, e a passividade é letal em qualquer área competitiva, seja ela qual for. Vai pra cima deles Mengo!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se: Somos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!

27 Comentários
Carregando comentários...