Home Colunas Anderson Alves O mito dos Bad Boys como garantia de títulos

O mito dos Bad Boys como garantia de títulos

862
49
SHARE

Quantas vezes temos escutado, como no áudio viral do aplicativo de mensagens, que o Flamengo precisa de jogadores com perfil de Bad Boys? Quantas vezes “o Flamengo precisa de um jogador vibrador, um fio desencapado como Felipe Melo”? “Tem que atrasar salários” etc. Pense bem, você concorda com isso? Pense duas vezes!

É bem verdade que o time atual é formado por mocinhos. Jogadores predominantemente de grupo, caseiros e que não aparecem em páginas policiais, mas o que isto quer dizer? NADA! Em várias colunas tanto eu, como outros colegas colunistas temos chamado a atenção para este engano. A dicotomia sucesso/fracasso não está diretamente ligada a esta característica.

Existe um grave problema na população brasileira: a falta de memória. Veremos nas eleições do ano que vem como isto é facilmente comprovado. Sem falar em lados, outra patologia da sociedade, podemos constatar essa assertiva na eleição de Collor, por exemplo. Pensa que isto é uma peculiaridade da política? Não é. O futebol reflete isto de forma concreta e em períodos muitas vezes menor.

É lógico que haverá exemplos em que times de mocinhos fracassarão, como também times de Bad Boys que terão sucesso, mas o o oposto igualmente, e talvez bem mais. Não é uma ciência.

Na nossa história no futebol já passaram Bad Boys que naufragaram no Flamengo. Romário, Edmundo, Vampeta e muitos outros sofreram derrotas acachapantes e pouco ganharam aqui. No mais recente Maracanazzo o elenco possuía Willians e Ayrton, ah e atrasava salários também. “Pera lá. Então quer dizer que esta prática e os Bad Boys também não são garantia de títulos”? Lamento. Não quer.

O contrário também é observado.

Consegue pensar um bad boy no tricampeonato do sp, do cruzeiro bicampeão? Difícil. O que ganha campeonatos é bola no gol. Não podemos confundir mocinhos com falta de brio, muito menos raça com violência. Futebol exige um conjunto de normas implícitas e explícitas que punem violência e descaso de formas semelhantes. A diferença é que um recebe cartão, outro antipatia que pode levar ao ostracismo.

De forma que a prática mais comprovada que gera títulos é a formação de um elenco qualificado. Entendo esse ímpeto por DNA rubro-negro, mas o que vai fazer o time ser campeão aqui é a qualidade do Renato Augusto, por exemplo, mais que um código genético. Se o que importa é DNA, tragam Digão e Frauches de volta.

Alea Iacta Est!

Anderson Alves, O otimista.

Comentarios

comentário

  • Diego Bastos

    Não estamos falando de jogador violento ou mau caráter! Falamos de jogadores raçudos… Willians era cabeça de bagre, porém não lhe faltava raça. Charles Guerrero era um bom jogador, mas lhe sobrava raça. Josemar era um cabeça de área que sobrava em comprometimento… E por aí vai…

    • Léo Mengão

      Isso é verdade. Inclusive sempre que alguém me falava que Márcio Araújo era o nosso pitbull eu citava o Williams. Que era ruim ofensivamente mas que de fato era um excelente cão de guarda ao contrário do enganador Araújo.

      • Anderson

        Não há o que falar sobre isso! Nem precisa ser profissional para ser melhor xD

    • Anderson

      Diego, não é bem isso também. O que eu demonstrei é que por mais que Willians fosse raçudo, com ele em campo fomos vítima para mim da maior vergonha recente que foram os 3×0 para o América do México. Charles Guerreiro esteve no título de 92 e depois ficou sem sucesso até sair. O objetivo não pode ser esse único título. Tem que ser uma fila

  • Gerson Francisco de Azevedo ne

    Sabe nada!!! A raça conquistou a maioria das libertadores para os argentinos e uruguaios!! Não somos cruzeiro nem Santos ou são Paulo!! flamengo é sinônimo d RAÇA

    • Léo Mengão

      Era pra ser. Mas não somos.

    • Anderson

      A raça fracassou entre 92 e 2009! Tendo resultados apenas em 2006

      • Gerson Francisco de Azevedo ne

        Talvez ontem vc entenda o significado d raça com os pratas da casa voando em busca do último prato d comida!! Imagino q vc não tenha a msm por isso não entenda o q é raça! Deve entender d frouxura

        • Anderson

          Acho que você pode estar confundindo as coisas.
          1. Raça e pratas da casa são assuntos distintos.
          2. Não foi a raça que ganhou o jogo quarta.
          3. Um diálogo desce a ladeira quando determinados limites são ultrapassados. Podemos mantê-lo ou deixá-lo. A escolha é sua!

          • Gerson Francisco de Azevedo ne

            Foi raça não? Vc viu a msm pegada na marcação como no jogo contra o SP onde o paqueta se comprometeu sozinho? Ou Vc não sabe o q é raça ou não viu o time frouxo como eu vi a maior parte do campeonato! Desisto

      • alfredo

        2009 campeao brasileiro!!!!!!!!!!com arrancada

        • Anderson

          Então, Alfredo. O que eu disse foi que entre os títulos de 92 e 2009 a raça fracassou, salvo uma copa do brasil em 2006

          • alfredo

            Ah tá!

  • Lucas Costa

    Ótimo texto mas sim precisamos de jogadores com mais raça !! Concordo totalmente na questão da memória curta é capaz de elegeram uma prática Amorim da vida tenho até medo. Srn

  • Matheus Backes Viana

    Concordo mas qualquer elenco campeão tem que ter jogador com coragem que não se intimide nas dificuldades e não tenha medo de cobrança .Não precisa ser bad boy mas não pode ser frouxo.

  • Alvaro

    Muito mais interessante seria ver por que certos jogadores têm “raça” e outros não.
    Jogadores com mais de 30 anos, em regra, não tem raça, salvo se forem da seleção brasileira ou crias do próprio clube.
    Jogadores até 20 anos sempre terão raça, mas nem sempre técnica.
    Jogadores entre 27 e 30 anos só tem raça se todo o time tiver.
    Esses dados que eu sempre quis saber (eu tirei tudo da cabeça, do que eu costumo ver no Brasil)

    • Léo Mengão

      Essas coisas o centro de inteligência deveria estudar mas eles só se preocupam com o fator financeiro, a chamada oportunidade de mercado, deixando mais claro ainda, jogador velho, vindo de lesão e sem mercado.

  • Permita-me companheiro Anderson, há também outro problema no povo brasileiro: querer justificar uma coisa com outra que nada tem a ver. Ter jogadores malucos no elenco, salários atrasados e invasão de ct (aliás da gávea… Tempos atrás não havia ct) não dão garantias de título, ou sucesso. Lembrem-se, ficamos 17 anos na fila do Brasileirão, com todas as maluquices e páginas policiais possíveis, e só saímos graças ao caso. Aliás 2006 também foi acaso e 2005 foi… Não há palavras para descrever a permanência na elite, nessa temporada. É bom não confundirmos as coisas. Há sim jogadores que não merecem vestir nossa camisa. Diego e Guerrero têm que ser cobrados e criticados sim senhor, e como têm. Mas não sirvamos de jogada política, interesse de outros.

    • Thiago Silva

      Perfeito, amigo. Muitos têm memória curta e esquecem o que passamos. O título de 2009 foi o verdadeiro fruto do acaso, pois, sempre passávamos dificuldade no Campeonato Brasileiro, inclusive nesse ano começamos mal. Lembro que muitos não concordavam com a contratação do Pet, entretanto, acabou dando certo e o time jogou bola. Outra conquista assim, é igual ao cometa Halley, só de 75 em 75 anos.

      Gostaria muito que o Flamengo ganhasse todos os títulos possíveis, mas isso não acontece de uma hora para outra. Tenho certeza que se o Flamengo continuar organizado administrativamente e com essa visão empresarial, seremos o Real Madrid da América do Sul.

      Isso é garantia, pois o povo latino-americano é muito desorganizado e trabalhar organizadamente rende frutos. Entretanto, nós flamenguistas somos muito imediatistas; pressionamos demasiadamente, atrapalhando o planejamento.

      Eu fico puto pra cacete tbm, como vcs. Fico puto com um Pará que entrega o jogo, fico puto com o Márcio Araújo, que é fraco e não merece vestir o manto. Fico puto com Gabriel, Vaz, etc…Todavia, esses jogadores ainda são frutos do pouco dinheiro que tínhamos, reflexo das más administrações passadas.

      Contudo, nos próximos anos esses jogadores serão raridade no Flamengo, pois teremos um poder aquisitivo absurdo, em função da organização implantada por estes tempos. Mas para isso precisamos de paciência, não criando esperança em oposições que só querem sugar o Flamengo. SRN

      • Vale ressaltar a contratação do Imperador em 2009, perfeita obra do destino…

      • Anderson

        Beleza, Thiago. Vou nessa linha aí. O que não significa que não vou cobrar agora e apontar onde estamos errando. Vamos arrumar o carro e chegar ao objetivo

    • Anderson

      Beleza, Vinícius. Na verdade ainda tem muito o que apontar, mas precisamos atacar cada ponto por vez. SRN

  • Junior Vinicius

    Eu vejo muita gente realmente pedindo essas coisas citadas no texto, mas não acho que a galera pede isso porque acha que assim vai vencer, é porque pra fazer um trabalho tão ruim como faz o Flamengo no futebol, tendo tudo que esses dirigentes “meia boca” diziam que era preciso pra vencer (CT, dinheiro, salários em dia) , é melhor sim ter um “maluco” no campo xingando a torcida adversária, torcida invadindo o clube… Isso pelo menos justificaria os maus resultados, mas hoje a torcida tem que engolir que o Fracasso se dá por gente mal intencionada( vai dizer que não há trocas de favores entre Flamengo e empresário do Márcio Araújo?) e incompetente, que se acha no direito de afastar o torcedor do estádio, mandar uma “banana” pra torcida e chama la de “Falso rubro-negro”

    • Anderson

      Entendo, mas não justifica. Precisamos qualificar o elenco ano a ano. E isso, temos feito. O problema são os que vão ficando. Pega a barca desse ano que estão pedindo, a maioria já estava sendo pedida no ano passado. SRN

      • Junior Vinicius

        Não, não estamos nos qualificando ano a ano, vamos terminar 2017 PIOR em quesito pontuação do que em 2016, fomos eliminado pela primeira vez na história do Flamengo 2 vezes seguidas da fase de grupo da libertadores.
        Torcida fora dos estádios, profissionais ridículos comandando o futebol do Flamengo, tudo negativo está acontecendo no DP de futebol

        • Anderson

          Te entendo, Júnior. Mas o Elenco de 2013 foi se qualificando ano a ano, até chegar em 2017 com Guerrero, Diego, Everton Ribeiro, Diego Alves, Rhodolfo. Se no ano que vem tivermos mais três grandes nomes as coisas andarão naturalmente. Mas tudo isso que você falou tem que ser consertado mesmo, inclusive com o elenco que estamos. Defendo uma boa barca! 12 nomes

  • alfredo

    exagero!todos entendem o porque da torcida de quererem um jogador mais vibrante ou até mesmo mais “brigante”

    • Anderson

      É? E qual seria?

  • Luiz Henrique Amorim

    Concordo com a coluna e com as ponderações sobre memória e conclusões precipitadas!!!

    Abraços!

    • Anderson

      Valeu, LH. TMJ, parceiro.

  • Francis Souza

    Continuo achando que o falta pra esse time é futebol
    Pega a escalação do ultimo jogo da Libertadores: Muralha, Vaz, MA, Gabriel de titulares; ainda teve a entrada do Romulo e do Matheus Savio… isso no jogo mais importante do ano

    Copa do Brasil perdeu porque não tinha goleiro, o reserva e o titular fizeram mierda

    Ai com a pressão que virou depois fica complicado

    • Anderson

      É por aí, mas ainda tem outros poréns

    • Pablo Caiado

      e’ por ai mesmo.

  • kingDavid

    E porque nosso artilheiro das decisões era o João Danado, e não o João Bonzinho?
    Porque em 1987 fomos campeões com Renato Gaucho, e em 1995 não fomos exatamente porque ele estava do outro lado?
    Porque fomos campeões em 2009 com o Imperador, e em 2013 com o brocador, mas não ganhamos nada importante com o pivô?
    Eu não sei, só queria entender….
    hehehehe

    • Anderson

      Acho que você exemplificou o que eu disse, não? A fórmula é ter uma EQUIPE técnica, não Romário, Sávio e Edmundo e China, Fabão Djair. Assim como o Pivô teve que jogar com Baidu, Gabriel, Vaz, Everton… O time tem que ser forte.

      • kingDavid

        Corcordo Anderson, obrigado pela atenção. Além de técnica, acho que falta um pouco de malicia no pivô. Ele não cava penalties, ao contrário, entra na pilha e faz mais faltas do que recebe. Quem não lembra do drible do Nunes no Silvestre? Foi na malandragem pura. E a arrancada de Renato Gaucho contra o botafogo em 87, quando já parecia que a vaca tinha ido pro brejo? Além de técnica precisa ter um algo mais, a inteligencia de buscar o resultado, muitas vezes em jogadas indiciduais. Ser decisivo! Minha modesta opinião. Abs

        • Anderson

          Verdade, mas defendo que essa malícia tem que vir de jogadores habilidosos. Vinícius por exemplo. Guerrero é visado. Não marcam nem falta para ele, imagina pênalti. Mas ainda gostaria de trocar o centroavante, se possível com uma boa venda para a china

          • kingDavid

            Perfeito amigo, assino embaixo. Abs

  • Ramon

    Sinceramente jogador de hoje tinha que ser o de antigamente que molhava a chuteira antes de por no pè , hoje em dia e muito facil por uma chuteira no pe e passar a mao no cabelo . Perdemos pra times pequeno , fomos eliminados da sul ,minas e rio pra time pequeno que o salario do sheik pagava o elenco , sinceramente gostaria muito de ver os grandes jogadores jogar hoje nos cluber e mostra pra eles que se joga por amor a camisa e nao por amor ao bolso .. E falando mas pode fazer uma fazina nesse flamengo jogador toma gol e da risos entre os dentes ..Sintu falta do Ronaldo Angeliz e Fabio Luciano . VOLTA DONATTI E SAMIR

    • Marlus Soares

      Posso refrescar sua memória? Perdemos a final da CB para o possante Santo André dentro do maracanã em 2004, esquece né? Passamos vexame no carioca de 07 ao perdermos para o Resende. Dica útil, se tiver dúvida de como se escreve uma palavra, pesquisa no google, tem vários dicionários online e páginas com conjugação verbal. Abçs!

      • Ramon

        E tudo e verdade mas para uma pessoa ensinar a outra a escrever nao pode abreviar palavras porque numa redaçao voce esta reprovado se eu quiser aula vou pra faculdade assistir palestras . obrigado e Saudaçoes Rubro Negra ..

  • Agnaldo

    O que acontece no Flamengo é valorizar perna de pau, suportamos quanto tempo o Renato Abreu? Saiu do Flamengo e jogou onde? E igual e ele tem um monte… Pará, Rene, Vaz, Gabriel, Arao, MA, Mancuello e tantos outros que já vestiram essa camisa chegaram com um status de bons jogadores quando na verdade eram de medianos pra baixo, é como comprar um remédio pelo nome mesmo sabendo que um genérico, muitas vezes, tem o mesmo efeito custando menos da metade do preço.

    • Marcelo Reis

      Só discordo quando vc diz que o Arão é perna de pau. De resto concordo 100%

    • DefendaSeuDinheiro

      Pior que Renato Abreu estava jogando muito bem quando saiu, ele era muito melhor que este monte de perebas supracitados!

  • Caio Sá

    O texto tem tantos erros conceituais que nem dá pra dizer que esteja certo ou errado.

    • Marlus Soares

      Enumere-os, por gentileza, não vi isso na minha leitura.

  • Eddy Murphy

    Bom texto. Mas falta malícia nesse elenco… Malandragem, no bom sentido… Tá muito mauricinho. Muito repartição pública esse Flamengo.

  • DefendaSeuDinheiro

    A sorte está lançada!
    Boa análise, é isto ae mesmo!
    Mas existem muitos acéfalos na torcida, assim como na própria administração dos clubes, fato que levam os clubes a cometer tais anomalias!
    SRN

  • wfelipe

    Perfeito…