Haja Coração

Saudações Nação Rubro Negra…

Não tá fácil meus amigos, como diria Galvão Bueno “Haja coração”. O torcedor rubro-negro redefiniu os conceitos de “sofrência” este ano, cada partida foi escolhida para ser jogada no modo “hard”, até aquelas que deveria ser “easy”.

Pra quem achou que o ano não poderia ficar ainda mais difícil, eis que durante o jogo contra o Junior Barranquilla, Diego Alves nosso protetor e líder se machuca, e tragicamente desfalca o Flamengo até o próximo ano, era tudo o que não precisávamos, perder a única coisa que nos dava segurança.

A lista de jogadores lesionados que desfalcaram o Flamengo em momentos importantes este ano é enorme, desde o começo do ano com Diego justamente na libertadores, Guerrero por cartão (mesmo não sendo lesão) e Thiago na final da Copa do Brasil, passando também Berrío, Réver, Everton, Ederson e outros que mais que não me lembro agora. E para fechar o ano vamos ter que confiar novamente em Alex Muralha para defender o gol em mais uma decisão.

Sabemos que muitas dessas lesões foram causados por disputas ou pancadas durante o jogo, mas o departamento médico deixou muito a desejar este ano, diferente do ano passado que mesmo com diversas viagens e poucos treinos, foi motivo de comemoração do clube por ter chegado ao final do ano com poucos jogadores no departamento médico.

Então o cenário dos próximos dias do Flamengo será este: briga pelas últimas vagas na libertadores, semifinal da sul-americana, Muralha no gol, tensão nos bastidores do clube por conta da diretoria, expectativa pela saída de jogadores, expectativa pela chegada de contratações. É meus amigos… Haja coração.

E não, eu não confio em Muralha no gol.

Sigam-me os bons! Twitter: 

Siga também o FlamengoCast no Twitter: 

Matheus Gonzaga. SRN!

30 Comentários
Carregando comentários...