Home Destaque Eduardo Bandeira ganha prêmio de Presidente do ano pela Fenaclubes

Eduardo Bandeira ganha prêmio de Presidente do ano pela Fenaclubes

602
90
SHARE

Comentarios

comentário

  • Johann Schreiber

    Estão aí os títulos que essa gestão ganha.

    • Eurico Gestão Inteligente

      Verdade, isso dá muita raiva, Roberto de Andrade assumiu a Gambazada no início de 2015 e vai ser bicampeão brasileiro e tem 1 título do paulista, os caras estão quebrados mas ganham títulos.

      • Carlos Henrique Caetano

        Pode também torcer para o curintians, se quiser.

        • Eurico Gestão Inteligente

          Sou flamenguista e não Bandeira FC ou CR Bandeira, EBM e seus capachos são fracos no futebol, isso é fato consumado

          • Carlos Henrique Caetano

            Flamenguista com foto do Eurico???

          • Eurico Gestão Inteligente

            Eurico é flamenguista

          • Carlos Henrique Caetano

            kkkkk

          • DENOR CABELUDO

            ESSE CARA DEVE SER O FLAMENGUISTA QUE VOTOU À FAVOR DO EUMICO.

          • Carlos Henrique Caetano

            Deve ser… kkkkkk

      • DENOR CABELUDO

        VAI TORCER PRA GAIVOTAS. SAÍ DA PÁGINA DO MENGÃO.

    • Carlos Henrique Caetano

      Já deu seu recado, agora pode voltar para o lixo da gama e festejar a eleição do Eurico.

      • Eurico Gestão Inteligente

        Eurico afundou o Va2co, tem que ser celebrado por todos os flamenguistas. Eurico no futebol é pior que EBM e olha que isso é quase impossível

        • Carlos Henrique Caetano

          Eu celebro porque quero o lixo da gama no fundo do poço, você celebra porque é viceíno.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Eu celebro um Flamengo vencedor e os rivais na lama, e não ficar pagando contas (o que é obrigação) e não ganhar nada

          • Carlos Henrique Caetano

            É obrigação mas ninguém em 122 anos de história fez. Essa administração fez e faz. Títulos só virão com organização administrativo/financeiro. Análises de quero título, não pagamento de contas são para pessoas totalmente fora da realidade. O trabalho é excelente e os resultados virão. Não queremos os aproveitadores de volta.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Espero isso, porém, até agora EBM foi péssimo no futebol

          • Carlos Henrique Caetano

            Apesar de um 2017 não tão bom, fomos campeões carioca invictos (dizem que não vale nada, mas quando perdem o mundo cai), fomos finalistas da CB, estamos brigando por vaga na liberta no brasileirão e temos grandes chances de conquistar a sulamericana. Se ganharmos a sula, o ano de 2017 será péssimo???

          • Eurico Gestão Inteligente

            Flamengo só está na Sulamericana por conta do vexame da Libertadores, é o torneio dos eliminados, porém a Sulamericana vale mais que a Copa do Brasil

          • Carlos Henrique Caetano

            Quem vê você falando pensa que nos últimos 20 anos conquistamos seis libertadores. Tirando a de 1981 sempre protagonizamos vexames na liberta. Temos que aprender a jogá-la. Saímos precocemente pela contusão do Diego, pela expulsão idiota do Berrío e pelo Zé Ricardo. Faz parte, em 2018 estaremos mais maduros.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Década de 90 fomos “bem” na Libertadores, perdemos semifinais para Boca e São Paulo, e a Libertadores nessa época não tinha o peso de hoje em dia

          • Carlos Henrique Caetano

            Está maluco, Eurico, que semifinal que disputamos na década de 90??? Está confundindo as bolas, parceiro.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Bem, posso estar confundindo a fase do campeonato, mas Boca e SP nos eliminaram e foram campeões, eram timaços

          • Carlos Henrique Caetano

            A única vez em que chegamos numa semi-final, se não me engano, foi em 1983 em que fomos desclassificados pelo Nacional do Uruguai em pleno Maracanã. Depois disso nunca passamos das oitavas. Aliás, fomos até as quartas em 2010, quando perdemos para a Universidade do Chile.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Já chega de ganhar Carioca, os 3 patetas rivais são falidos e não ganham nada faz tempo, é hora de olhar pra fora do Rio

      • Johann Schreiber

        Te conheço, meu jovem?

        • Carlos Henrique Caetano

          Eu acho que não te conheço, pelo menos com esse nome.

          • Johann Schreiber

            Nasci com esse, meu caro. Não sei se posso dizer o mesmo de você, considerando a natureza de seus comentários, que assemelha-se a certos comentários mais conhecidos de certos indivíduos.

          • Carlos Henrique Caetano

            Parceiro, só respondi a sua pergunta que não lhe conheço. Mas meu nome é esse mesmo, se quer saber. Meus comentários são de exaltação à excepcional administração que o FLAMENGO tem e que nos tirou de um estado de falência para modelo a ser seguido. Se ainda não conseguimos refletir dentro das quatro linhas o sucesso fora dela, é questão de tempo, pois o trabalho é excelente. Defendo e defenderei EBM e equipe porque em 122 anos de FLA não tenho notícia de nenhum presidente que fez tanto pelo FLA. Mas você tem todo o direito de ser contra, estamos num espaço democrático, apesar de nosso país não o sê-lo mais.

  • Yan Balduino

    Mais uma grande conquista do CFB

  • Carlos Henrique Caetano

    Se fosse o Eurico, os beócios desse sítio estariam em polvorosa. Parabéns, EBM, continue com o excelente trabalho que os frutos virão.

    • Rafael Rocha

      Não sabemos quando, mas virão

      • Carlos Henrique Caetano

        Colheremos alguma coisa em 2017, carioca invicto, finalista da CB e, se Deus quiser, campeões da sulamericana. Entraremos fortíssimos em 2018 com uma barca de pelo menos 10 nomes e contratações pontuais. SRN.

        • Yan Balduino

          Sério que você exalta o CARIOCÃO?

          • Carlos Henrique Caetano

            Eu exalto qualquer título conquistado pelo FLA. E penso que o carioca ainda tem seu charme. É o tipo de campeonato que quando você ganha dizem que não vale nada. Mas quando você perde, todo mundo manda lenha. Quero sempre estar à frente dos rivais do Rio. Assim, quero o MAIS QUERIDO sempre ganhando o carioca sim. É óbvio que só o carioca não contenta, estamos ficando num patamar que disputaremos todos os campeonatos no topo da tabela. Não ganharemos tudo, ninguém ganha, mas brigaremos em cima, pode escrever.

          • Yan Balduino

            O Flamengo fez uma temporada fraca. Só bateu nos nanicos rivais cariocas e olha que houve muitos empates. Não convenceu em nenhum momento da temporada, não teve um futebol ou resultados regulares, foi eliminado na fase de grupos da Libertadores, chegou à final da Copa do Brasil aos trancos e barrancos, fazendo uma final fraca junto ao Cruzeiro e só cumpriu tabela no Brasileiro, vencendo apenas 3 grandes jogos num total de 16. Na Sul-americana estamos nas semis, é a nossa última chance de levantar uma taça expressiva no ano. O Carioca atualmente pra mim só tem valor quando outro título de importância é conquistado, pois seria uma demonstração de um domínio regional e nacional/internacional naquele ano, mas sozinho é só uma conquista local sem rivais de grande apelo.

          • Carlos Henrique Caetano

            E qual foi a última vez que não fomos eliminados na fase de grupo da libertadores? Temos que aprender a disputá-la. Saímos por conta da contusão do Diego, pela expulsão idiota do Berrío e pelo Zé Ricardo. Caraca, se o finalista da CB é criticado, que dirá do restante que nem chegou à final?? Pelo menos você acha a sula expressiva, pois depois que a vencermos, terão um monte de babacas dizendo que é um campeonato de segunda linha, pode escrever.

          • Yan Balduino

            Não é porque fomos eliminados em outras oportunidades, que dessa vez devemos considerar um resultado normal. Nos anos anteriores tínhamos muita expectativa, pois os times eram sofríveis e com pouco investimento. Não fomos eliminados só por esses fatores. A falta de um atacante goleador que já nos fez falta no ano passado, se repetiu em toda a temporada de 2017 e nos dois primeiros jogos da Libertadores não foi diferente. A carta branca da diretoria para as cagadas do ZR foram determinantes, além da renovação de certos jogadores improdutivos. Se levar em conta que na última partida da Libertadores jogamos com Muralha em má fase, Vaz, MA, Arão em má fase, Gabriel de MEIA ARMADOR. Sempre dizia que num clube sério Gabriel jamais disputaria uma Libertadores. Não só disputou, como jogou todos os jogos e teve esse “prêmio” na partida decisiva contra o San Lorenzo. Acho que não nos falta experiência para a competição, até porque o Botafogo raramente se classifica para a Liberta e conseguiram com um time super limitado fazer uma campanha decente. A Chape disputou a sua primeira Liberta e se não fosse a escalação irregular, teria também passado. Falta disputar a competição com seriedade, pôr o Carioca em segundo plano e é claro, reforçar devidamente o elenco nas nossas posições mais carentes, algo que não fizeram nesse ano.

            Sobre a Copa do Brasil, não exalto a campanha justamente por isso. O Flamengo não se portou como um campeão. Como no restante da temporada, não conseguiu se impor contra os outros times e teve trabalho para passar por todos os adversários. Contra o Atlético-GO eu considero a pior partida do Flamengo do ano, pois o nosso time levou um sufoco desgraçado deles, me lembrando aquele trágico 4×2 para o Figueirense na SA do ano passado. O Fla não conseguia acertar nada e toda vez que chegavam ao nosso ataque era um deus-nos-acuda. No finalzinho do jogo, meio que sem querer, o Mateus Sávio fez o gol salvador. Contra o Santos, por mais 5 minutos eles quebravam a nossa grande vantagem que tínhamos após o 2×1 e o placar do primeiro jogo, de 2×0. Contra o Botafogo, duas partidas fracas de ambas as equipes. Se tiveram 4 chances de gol nos dois jogos somados foi muito. Tudo se encaminhava para um segundo 0x0 e consequentemente pênaltis até que o Berrío acertou aquele lance e achou Diego para fazer o gol da classificação.

            Contra o Cruzeiro, novamente, duas partidas fracas. Embora Thiago tenha falhado clamorosamente no jogo do Cruzeiro, tivemos maior posse de bola durante todo o jogo e só conseguimos agredir o Cruzeiro a mais ou menos 20 minutos do segundo tempo, quando MA saiu e Cuellar entrou. Ainda assim, o gol de Paquetá foi irregular e tivemos só mais uma chegada com perigo após o gol. Depois o Cruzeiro empatou naquele lance e o Flamengo tentou desorganizadamente retomar a vantagem no placar. No segundo jogo, os times novamente pouco se atacaram e houve poucas chances de gol dos dois lados. Mesmo sabendo-se da deficiência do Muralha nos pênaltis, o time pouco se esforçou para vencer o jogo nos 90 minutos e quando o jogo acabou, creio que todos os flamenguistas já sabiam do resultado final, mas ainda tinham alguma esperança de ocorrer um milagre.

            Se ganharmos a Sul-americana, ao contrário do que o Mozer disse a respeito do Carioca, aí sim o ano estaria salvo. Tìtulo internacional, só São Paulo e Chapecoense dos brasileiros têm, garante a vaga para a Libertadores de uma vez, o que alivia um pouco a frustação no Brasileiro e dá oportunidade de disputar a Copa Surunga e a Recopa.

          • Carlos Henrique Caetano

            É claro que não se justifica uma desclassificação por não termos conseguido grandes objetivos em outros anos. Mas do jeito que falam, parece que ganhamos 6 libertadores nos últimos 20 anos. Não apaga a decepção, mas não é o fim do mundo. No mais concordo contigo, Zé Ricardo era teimoso e insistia com jogadores sem qualificação. Esses pernas de pau foram contratados no tempo em que não tínhamos poderio, hoje as coisas são diferentes. Nos livramos do Zé, agora falta o Muralha, MA, Rômulo, Mancuello, Vaz, Éderson, Gabriel….

          • Yan Balduino

            É muito pereba ou jogador improdutivo pra se desfazer. A barca teria que ser um titanic, mas se em 2015 mesmo com 19 derrotas no Brasileiro e um time ruim de doer, não houve barca, então acredito que tenha apenas uma canoinha, he he.

          • Yan Balduino

            Li acima que você considera 2013, 2014, 2015 e 2016 como épocas de reconstrução. Isso explicaria muita coisa quanto à divergência de expectativa que eu e você tínhamos do Flamengo em 2017.

            A diretoria já tinha prometido para 2016 um time competitivo, mas ano passado com exceção do Brasileiro fomos um fiasco nas competições. O Brasileiro era para salvar o ano ruim. Demos uma arrancada nele após a troca de técnico por um técnico da casa, como já aconteceu em anos anteriores e em outros grandes clubes do Brasil. Mesmo com um time que eu considerava limitado, ainda mais pelo ZR que tinha uma tara por jogadores ruins, tínhamos um time competitivo e regular. Mas quando o time perdeu as forças, algo que muitos alertavam, o ZR nada fez para o time voltar aos trilhos, nem mesmo contar com as boas peças que deixava no banco para escalar os perebas. Ao final de 2016, as eliminações do primeiro semestre, em destaque a da Copa do Brasil na segunda fase e na Sul-americana, foram desconsiderados e segundo o Rodrigo Caetano e o Bandeira, o ano foi satisfatório por terem garantido a vaga para a Libertadores, pois essa era meta do início do ano, mesmo o time tendo a conquistado por linhas tortas. Consideraram também o elenco qualificado e seria feitas apenas contratações pontuais para 2017.

            Eu achei isso equivocado, pois não tínhamos um ataque qualificado, sem bons finalizadores no elenco, tínhamos peças limitadíssimas que eram titulares com o ZR e que dois deles tiveram erroneamente ocontratato renovado, MA e Gabriel. Não bastasse isso, com exceção do Berrío que eu não conhecia, mas que também não atendeu às nossas necessidades, as ditas contratações pontuais não foram feitas para resolver nossos problemas. Primeiro que Ronaldo e Cuellar foram subaproveitados no elenco no ano passado e foi dito pelo RC que pretendiam aproveitar os gringos e base que pouco jogaram em 2016. Renovaram com MA e ainda trouxeram um volante que praticamente tinha a missão de pôr o MA no banco. Como esperava, só trouxe mais dor de cabeça para a posição.

            Depois anunciaram Conca, contratação de puro marketing, que a torcida se empolgou à toa. Eu, Johny_Fla, rubro-negro, Almir Alburqueque e outros fomos contra á contratação dele, mas a maioria achou boa ideia trazer um jogador vindo de lesão grave (parece que não aprenderam com o caso Ederson), como uma das 4 contratações pontuais, que só jogaria a segunda fase da Libertadores em diante e teria 6 meses para tentar jogar em alto nível após o tempo de recuperação. Isso ganhando 500 mil por mês assim que botasse pela primeira vez o pé em campo.

            Teve ainda o Trauco, que praticamente veio para substituir o Jorge e depois o Renê, que veio para compor elenco. Fui contra a saída do Jorge naquele momento, pois estávamos perdendo um bom titular nas vésperas da Libertadores por uma incógnita, com todo o processo de adaptação de um jogador gringo, por melhor que ele fosse.

            E por último, veio o Berrío. Era nítida a nossa necessidade por um bom atacante de lado, tanto é que em entrevista no início do ano, o ZR admitiu que procuravam um atacante veloz, driblador e finalizador. Só que berrío era apenas veloz. Custou 11 milhões e foi mais uma contratação que não atendeu às nossas necessidades, apesar de achar ele útil.

            Fora isso, quando a sombra de Muralha saiu, não deram atenção à necessidade de contratação de um goleiro nem ZR deu a sequência necessária ao Thiago, que seria o único reserva para a posição. Não houve também ninguém para alertá-lo. Ainda que Muralha não se mostrasse esse frangueiro ao longo de 2017, na Libertadores se ele se lesionasse o Thiago teria que substituí-lo sem qualquer preparo, já que disputamos toda a Libertadores ainda sem ele fazer um sequer jogo oficial pelo clube. No meio do ano disseram ainda que não estavam em busca de goleiro. Só veio porque a torcida fez lobby pelo Diego Alves, que também quis vir. Esse erro no planejamento é semelhante ao problema de zagueiros que tivemos em 2016.

        • Rafael Rocha

          Ferjão, Eliminação da Libertadores, vice da copa do Brasil e 7º lugar no campeonato brasileiro e semifinal Sul Americana, estamos no caminho certo mesmo.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Correto, o ano foi um naufrágio retumbante, não dá pra justificar o injustificável

          • Carlos Henrique Caetano

            Bom foi o do Botafogo, Vasco, Fluminense, Palmeiras, Atlético-MG, Internacional, Santos, São Paulo….

          • Eurico Gestão Inteligente

            Botafogo é pequeno, ir pra Libertadores pra eles é a maior maravilha da história, não dá pra comparar o multicampeao Flamengo com um nanico que nem torcida tem

          • Carlos Henrique Caetano

            E os outros…

          • Carlos Henrique Caetano

            A verdade é que só o curinthians e o FLAMENGO podem conquistar dois títulos este ano. Tirando esses dois, todos os outros fracassaram. Se o Grêmio vencer a liberta, também entra nesse grupo de vitoriosos, ser perder, fracasso.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Palmeiras vem de 2 títulos importantes em 15 e 16, Atlético é pequeno igual o Botafogo, SP tem crise política e apostaram em Ceni inexperiente

          • Carlos Henrique Caetano

            Mas é para voltar dois anos atrás ou estamos falando de 2017? Há dois anos atrás ainda estávamos em processo de recuperação falimentar.

          • Eurico Gestão Inteligente

            Flamengo não ganha nada desde de 2013, se tivesse ganhado algo em 14 ou 15 ou 16 ou 17 estaríamos “satisfeitos”

          • Carlos Henrique Caetano

            14, 15 e 16 foram os anos de recuperação falimentar, não se esperava nada. Ganhamos o carioca dos vices em 2014, se tivéssemos perdido…. Venceremos a sulamericana, pelo menos eu estou torcendo, já você….

          • Eurico Gestão Inteligente

            Va2co é gerido por mim, logo não vai à lugar nenhum

          • Carlos Henrique Caetano

            Ferjão já está explicado. Se os vices tivessem ganho, estariam aqui mandando lenha porque não vencemos o carioca. Vice da CB não é para se comemorar, mas se imaginar que perdemos nos pênaltis e na falha bizonha do Thiago, perdemos por pouco. Semifinal da sula com possibilidades de conquista, eu acredito. Sétimo lugar no brasileiro?! Está com saudade de quando lutávamos para não cair…

          • Rafael Rocha

            Estou com saudades da época que o Flamengo era temido pelos adversários, Época que o Flamengo ganhava títulos e não se conformava com a derrota

          • Eurico Gestão Inteligente

            Também, e o cara comparando o Flamengo com Foguinho monotítulo, Va2co tri-rebaixado e FlorminenC falido

          • Carlos Henrique Caetano

            Mas essa época ficou na década de 80, amigo. Recuperamos a dignidade perdida. O trabalho não é imediatista, leva um pouco mais de tempo.

          • Rafael Rocha

            Tempo esse que nunca acaba, enquanto não mudarmos o pensamento fracassado e conformista da diretoria, jogadores e torcida, jamais voltaremos a ser campeões.

          • Carlos Henrique Caetano

            Pensamento fracassado??? De onde você tirou isso cara??? O trabalho de reestruturação do FLAMENGO e, por conseguinte, do futebol é elogiado por 100% dos entendidos em futebol. Como você fala uma besteira dessas??? Se o fracasso está no FLA, onde estará o sucesso??? No vasco, flu, são paulo, palmeiras, atlético-mg….

          • Rafael Rocha

            Dos times que você citou nenhum me interessa, pois eu torço para Flamengo, a mentalidade perdedora do EBM contaminou o Flamengo de tal maneira que até a torcida ficou seca. Falar o que de uma diretoria que prometeu ano mágico e entregou apenas campeonato carioca, estamos no caminho certo, só não sabemos quando seremos campeões.

          • Carlos Henrique Caetano

            Mentalidade perdedora?! Faz-me rir. Como uma diretoria que fez em 4 anos o que não fizeram em 122 anos de história pode ser classificada assim? Ademais, ninguém prometeu um ano mágico, a expectativa foi criada pela torcida diante do excelente trabalho de EBM e equipe. Nem vou citar aqui os grandes feitos desta diretoria, pois não haveria espaço. Pense antes de escrever.

          • Rafael Rocha

            Você está muito mal informado, o ano mágico foi prometido pela diretoria sim, vai buscar as entrevistas do EBM e cia, antes de comentar alguma coisa verifique suas informações.

  • Wellington Rodrigues

    Um dia o FLAMENGO será imbatível, e será por causa do trabalho desse senhor. Prêmio merecido.

    • Eurico Gestão Inteligente

      Concordo, mas faço um adendo, o Flamengo já poderia estar sendo vencedor agora, se não ficasse protegendo perebas

    • Carlos Henrique Caetano

      Exatamente, os frutos do grande trabalho serão colhidos em breve. Pessoas incautas e outras má intencionadas criticam a diretoria por não terem ganho a liberta e o brasileiro 2017. Nem o time de 1981 ganhou tudo dentro de um ano. Por que esse em formação teria que ganhar? O MENGÃO só cresce e continuará nessa curva ascendente com EBM e equipe. Não permitiremos retrocesso.

  • rubro negro

    fez um trabalho financeiro muito bom, trouxe credibilidade ao clube, iniciou é concluiu parte do CT, fez contratações equivocadas, outras boas, algumas ainda não renderam o esperado, criticar depois é muito fácil, quando Berrio e ER7 chegaram todo mundo ficou eufórico, resumindo fez um bom trabalho, não foi excelente por falta de um título expressivo, mas estamos no caminho, se vier outro presidente que siga esse caminho correto das finanças.

    • Yan Balduino

      Ninguém ficou eufórico com Berrío

      • rubro negro

        ah ficou sim, agora é fácil dizer não, mas vlw SRN

        • Eddy Murphy

          Ficou não! Com Everton Ribeiro sim! Berrio não!

        • Eurico Gestão Inteligente

          Berrío era o plano C, os alvos eram Marinho e Vitinho

          • rubro negro

            mas quando veio muitos ficaram felizes, não disse que era plano A.

          • Yan Balduino

            Então você não viu os vários comentários dizendo ser um Cirino Colombiano? A repepção da contratação foi bem dividida. Alguns falavam de ser mais um corredor, outros falavam que era bom porque foi campeão no Atlético Nacional e marcou gols importantes, outros contestavam que só teve uma temporada de destaque na carreira e o restante (me encaixo nesse grupo), ficaram em cima do muro por desconhecer o jogador, mas torcendo para dar certo. A nossa necessidade era por um ponta driblador, veloz e finalizador, visto os nossos péssimos pontas em 2016. Te pergunto: Berrío era esse cara?

      • Eddy Murphy

        Será que ele ficou eufórico com o Berrio?!? Eu hein…

    • Carlos Henrique Caetano

      As contratações são sempre um risco. Às vezes jogadores medíocres dão certo (Brocador) e outros craques não dão (Alex). Vão acertar e errar muitas vezes. Quem diria que o Rômulo seria essa draga??? Ninguém. Faz parte. O caminho é esse, não nos desviemos do caminho da responsabilidade. Força, EBM e equipe.

      • rubro negro

        concordo, o trabalho no geral foi bom.

    • Caio Sá

      Devo votar no grupo que compôs a chapa verde, mas não há como deixar de reconhecer que Bandeira foi fiel no aspecto administrativo e financeiro ao planejado pelo grupo original. A homenagem é justa.

  • wanderpc82

    Premio mais do que merecido. Trabalho excelente

    • Carlos Henrique Caetano

      Parabéns, verdadeiro rubro-negro.

  • Marcio Makaay

    Parabéns mestre dos magos, falta só tirar os encostos na barca do fim de ano, ai os títulos virão em 2018

    • Carlos Henrique Caetano

      Aí eu sinto firmeza, reconhece o excelente trabalho, mas não deixa de criticar os erros. Precisamos de uma barca de pelo menos 10 nomes.

  • Hymerfla

    Isso aí era barbada! E disparado! Excelente trabalho de recuperação de um clube! De tirar o chapeu!

    • Carlos Henrique Caetano

      Excelente, excepcional, primoroso. Levou um time falido, que nem folha de cheque tinha, para modelo de administração. Agora é continuar com o trabalho que os resultados virão.

  • Jorge Pontes

    Voltar 2a., pra que? Ocupar Depto. Médico. Fique lá pelo Peru, cuidando de seus cavalos. Deixe os “burros” no Ninho !

  • Carlos Henrique Caetano

    Essa notícia era para ter 100% de elogios, pois é o reconhecimento de que o trabalho está sendo bem feito e estamos no caminho certo. Não quer dizer que não há erros. Somos humanos e erraremos sempre. Mas não reconhecer o excepcional trabalho de reconstrução do FLAMENGO que, fatalmente, nos trará grandes conquistas, só pode ser coisa de anti rubro-negros.

    • wanderpc82

      Sem dúvida nenhuma. Parabéns pelo comentário.

  • Andre Silva

    Ele é o cara..chega d briga pra não ser rebaixado mais…hj o mengao é exemplo de administração..e os títulos virão naturalmente..

    • Caio Sá

      Não digo “naturalmente”, mas concordo que sanear as finanças, melhorar a administração do Clube, é de importância inquestionável e Bandeira é credor de todos os elogios quanto a tal aspecto. Ainda que não tenha sido dele a iniciativa desse projeto, não o traiu e isso deve ser valorizado. Agora, misturar um aspecto (boa gestão financeira e administrativa) com outro (gestão do futebol em si) me parece equivocado.

  • Júnior Morais

    Até que fim um título expressivo! SQN.

  • Luciano Pereira

    Ele ganha prêmios e o Flamengo ganha ferro. Parte financeira e administrativa são boas, entretanto, na mais importante…

  • Luiz Carlos Conte

    Claro, uma MAE para os outros clubes, não ganhamos de ninguém !!!!!!!!

  • Luiz Gustavo

    Pra que Brasileirão ou Libertadores? Esse era o título que todo flamenguista queria pra 2017. Chupa essa quem sempre fala mal do EBM!!

  • Vamos Flamengooooo em 2018

    Parabéns para você Bandeira. Quanto ao time fica nos meus pêsames.