Home Esportes Olímpicos Vasco vence o Flamengo no primeiro clássico da temporada de basquete

Vasco vence o Flamengo no primeiro clássico da temporada de basquete

227
4
SHARE

Flamengo e Vasco se enfrentaram pela primeira vez na temporada, na Arena Minas, em Belo Horizonte. Pegado desde o primeiro rebote, o encontro trouxe muito contato físico, discussões ríspidas e provocação. No fim, em quarto período alucinante, os vascaínos dominaram e levaram a melhor por 93 a 83 (47 a 32 no primeiro tempo).

Com a defesa agressiva desde o começo, o Vasco chegou a abrir 21 pontos de frente, com David Jackson e Lucas Mariano muito bem, mas viu o Flamengo acordar na segunda etapa com Marquinhos e Rhett, trazendo o jogo para a contagem quase mínima. No quarto, porém, o Vasco controlou e venceu o primeiro encontro do ano.

O jogo foi válido pelo Torneio de MG, garantiu ao Vasco uma vaga na final do torneio, na terça-feira. O Flamengo se complicou de vez, com duas derrotas em quatro partidas. Na final, o Vasco terá pela frente o Minas. O próximo duelo entre as equipes está agendado para o dia 30 de dezembro, no turno do Novo Basquete Brasil, com mando do Flamengo e torcida única rubro-negra.

Ninguém queria perder, é claro. Mas sabemos o propósito nosso na temporada. Se eu te disser que os jogadores não estão chateados, estou mentindo. Mas deixamos eles abrirem muito no começo e depois tivemos que correr atrás. E aí fica muito difícil – conta o técnico José Neto.

 

Comentarios

comentário

  • Vamos Flamengooooo em 2018

    Não adianta contratar jogadores que não tem raça.

    • Victor Ferreira

      Bandeira ta estragando até o basquete do Fla.
      Esse véi tem DNA perdedor, mds!

  • acmpet@gmail.com

    Até nesta modalidade consegem fazer merda!! No mínimo estão contratando SÓ aqueles com oportunidade de mercado também!!

  • Helio T

    Começa a preocupar esta frouxidão desse time SEMPRE que enfrenta o Vascu…

    Já era assim no ano passado quando eles tinham um time de refugos (inclusive vários nossos!) e só fizeram jogos duríssimos contra nós, baseados numa marcação-pressão durante quase todo o jogo, muito contato físico e uma disposição digna de um Alex disputando títulos contra nós pelo Brasília. Ouso dizer que essa postura frouxa contra eles foi um dos fatores que indiretamente causaram a perda do título do NBB e a dispensa de vários jogadores meia-boca no final do ano.

    Agora tanto nós quanto os caras se reforçaram e a situação continua idêntica, com eles jogando a vida em qualquer partida contra nós e nos batendo na raça (??), apesar de ainda termos uma equipe significativamente melhor, pelo menos no papel.

    Se jogarmos amedrontados e/ou de salto alto contra um time inteiro motivado em nos ganhar mais até do que em ser campeão, podemos esperar mais um ano de fracassos em 2018. Com a palavra Zé Neto e a comissão técnica.