Home Destaque Questionado sobre goleiros, Bandeira garante que o ‘planejamento foi ótimo’

Questionado sobre goleiros, Bandeira garante que o ‘planejamento foi ótimo’

339
18
SHARE

Alex Muralha e Thiago não trazem confiança ao torcedor rubro-negro. Por isso, Diego Alves foi contratado. No entanto, o ex-Valência não pôde atuar na Copa do Brasil, por ter chegado após o fim do prazo de inscrições. Assim, a contestada dupla se revezou nas fases finais do torneio. Na finalíssima, diante do Cruzeiro, o problema de planejamento do Flamengo se aflorou: Thiago falhou na primeira partida e Muralha não conseguiu pegar nenhum pênalti no confronto de volta.

Questionado pelo grupo político FLAFUT, o presidente Eduardo Bandeira de Mello negou qualquer erro na montagem do elenco.

“O planejamento foi ótimo!”

Na conversa, Bandeira rebateu outros argumentos, como a escolha de Thiago, de apenas 20 anos, para defender a meta flamenguista, comparando-o com Júlio César, que estreou aos 17.

Confira a íntegra da conversa

FLAFUT: O senhor tem noção que perdemos um campeonato nacional por não termos goleiros?

EBM: O planejamento foi ótimo!

FLAFUT: Que planejamento é este que entra 2017 com Muralha e Thiago? Era ano de Libertadores! Perdemos um torneio nacional por eles não serem do nível do Flamengo. Sugerimos, em dezembro de 2016, a compra de um goleiro para disputar posição com o Muralha.

EBM: Em dezembro de 2016, o Muralha era da Seleção..

FLAFUT: Sim, mas e se lá se mantivesse quem jogaria na sua ausência? O garoto de 20 anos que entregou o gol pro Cruzeiro no Maracanã?

EBM: O Thiago era tido como excelente goleiro!

FLAFUT: Sim, mas é um garoto e nunca tinha jogado!

EBM: O Julio Cesar estreou com 17 anos. Qual o problema?

FLAFUT: Ok, mas não é por causa disso que qualquer goleiro da base pode ficar no profissional, ainda mais em um ano importante como esse.

EBM: Se sentíssemos necessidade, teríamos trazido um goleiro em fevereiro, março. Mas, no momento, não achamos que era necessário.

Comentarios

comentário